Artigos Anteriores

O TRIPÉ BOLIVARIANO

ANO XIV - Nº 007/14 -

TRÉGUA NATALINA

Diante do sempre oportunista governo Dilma Neocomunista Rousseff, que se aproveita ainda mais dos momentos festivos para tirar o máximo de obstáculos possíveis do caminho que nos conduz ao Bolivarianismo, não há como se entregar à -politicamente correta- Trégua de Natal.

FALTA TEMPO

Aliás, se existe algo que deva ser comemorado, neste fatídico 2014, é que estamos a apenas cinco dias do seu encerramento. Ou seja: graças à limitação imposta pelo calendário faltará tempo para o governo Dilma completar a sua grande obra, qual seja a de destruir de vez com a economia brasileira.

TRIPÉ DESTRUÍDO

Através de uma -Retrospectiva-, como sugerem quase todos os meios de comunicação a cada fim de ano, fica claro e evidente que ao longo de 2014 o PT simplesmente derrubou o TRIPÉ DE SUSTENTAÇÃO MACROECONOMICA, criado lá no governo FHC.


 

SUBSTITUIÇÃO

O tripé, que era composto por :

1) METAS DE INFLAÇÃO, com autonomia do Banco Central para chegar lá;
2) CÂMBIO FLUTUANTE; e;
3) RESPONSABILIDADE FISCAL,

foi substituído por um outro, com muito mais presença e força, representado por:

1-MENTIRAS;

2-CORRUPÇÃO; e

2-INCOMPETÊNCIA.
 

MENTIRAS

Ficando apenas com as MENTIRAS ECONÔMICAS, o ministro Mantega, legítimo ventríloquo de Dilma, abriu 2014 prometendo:

1- Crescimento de 4% do PIB;

2- Inflação de 4,5%; e

3-Superávit Fiscal suficiente para pagar os juros da dívida pública. 

REALIDADE

Faltando menos de uma semana para o encerramento do exercício, a realidade é vista totalmente fora da curva:

1- A Economia não deve crescer mais do que 0,2%. Se tanto...

2- A Inflação deve fechar com alta de 6,5%.

3- Quanto ao Superávit, o governo precisou recorrer à alquimia (por lei) para não fechar no vermelho.

4- O Câmbio só não disparou mais devido ao controle do governo (sem livre flutuação, portanto)

CORRUPÇÃO

No item CORRUPÇÃO, este governo já é considerado como -hors concours-. Se em algum momento, por ventura, o PT teve alguma preocupação em propor uma limitação de roubo e safadeza, o fato é que, pelo tamanho que as falcatruas já chegaram, não há similar na face da Terra de algo parecido. A Petrobrás (apenas ela) que o diga.

INCOMPETÊNCIA

Como se as MENTIRAS e CORRUPÇÃO não bastassem, o governo Dilma ainda foi, simplesmente, brilhante em termos de INCOMPETÊNCIA.  

Vide, por exemplo, o papel da figura (horripilante) da presidente da Petrobrás, Graça Foster. Mesmo (pelo que se sabe até agora) não sendo beneficiada pelo roubo, a sua absoluta incompetência para presidir foi mais do que revelada até aqui. Pois, só por isso Dilma faz questão de mantê-la no posto. Pode?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • FLUXO CAMBIAL NEGATIVO

    O fluxo cambial registrou saída líquida de US$ 4,652 bilhões entre os dias 15 e 19 de dezembro, resultado de déficit tanto no fluxo comercial (-US$ 710 milhões), quanto no financeiro (-US$ 3,941 bilhões). Com isso, dezembro tem déficit parcial de US$ 7,063 bilhões, reduzindo o saldo acumulado no ano para déficit de US$ 2,3 bilhões.

  • ESTOQUE DA DÍVIDA

    O estoque da Dívida Pública Federal (DPF) elevou-se em R$ 53,6 bilhões em novembro para R$ 2,2 trilhões. A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) soma R$ 2,1 trilhões. A participação dos investidores estrangeiros no estoque da Dívida Pública Mobiliária Federal Interna (DPMFi) apresentou leve queda de 20,4% em outubro para 20,1% em novembro, ainda não revertendo a alta do último mês. 
     

  • SUPER MERCADOS E VAREJO EM GERAL

    As expectativas dos supermercadistas gaúchos se confirmaram, e as vendas de Natal registraram um crescimento nominal de 5,5%, nas lojas do setor, no RS, na comparação com a mesma festividade em 2013. Segundo a AGAS, o comportamento que mais chamou a atenção neste ano foi a antecipação das compras pelos consumidores, que concentraram suas visitas aos supermercados até a manhã de quarta-feira (24), ao contrário de outros Natais – quando o movimento nas lojas continuava elevado até o fim do dia. O fluxo de clientes em supermercados no dia 23 de dezembro também foi superior ao registrado no mesmo dia do ano passado.

    Já o sentimento de lojistas gaúchos é outro: conforme estima da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV), os negócios do Natal devem registrar 1,2% inferior ao verificado no ano passado. “Apesar do movimento nas lojas de rua (70%) e shopping centers, as vendas de presentes ficaram mais concentradas em produtos com tíquete médio pequeno, de R$ 80,00 em média, embora em maior quantidade. 

  • PEGUNTA DO MACACO

    A Pergunta do Macaco:

    -"Se o Lula, a Dilma e os seus ministros não sabiam do mensalão nem da corrupção na Petrobrás, porque é que os ex-presidentes militares e os seus ministros deveriam saber de eventual tortura em quartel?" 

FRASE DO DIA

A sabedoria começa na reflexão.

Sócrates