Artigos Anteriores

O RS ESTÁ AFUNDANDO !

ANO XIV - Nº 007/14 -

BANDEIRA MANCHADA

A imagem do RS está repleta de manchas que já não saem mais. E grande parte delas foram obras, ao longo do tempo, do povo que se manifesta de forma equivocada, e ainda vota em estúpidos. A partir desta gente incompetente, que posa de correta mas só tem esperteza eleitoral, o RS está afundando cada vez mais. Como artistas que não sabem pintar, a cada dia mais borram e sujam as telas que identificam a vida e a paisagem gaúchas.

FRUSTRADOS

Na falta de um produto turístico pensado, as formas para seduzir quem vive do lado de fora do RS têm sido calamitosas. Exemplos: a Revolução Farroupilha é contada de maneira enganosa; o turismo de férias, identifica que, no verão as nossas praias são as piores do mundo, o que não convida quem gosta de sol e mar. Já o inverno gaúcho é frio e úmido e jamais neva, o que acaba frustrando quem imagina que isto ainda vá acontecer.

MÁS LEMBRANÇAS

Na paisagem logística, as carroças tomaram conta das ruas da Capital a ponto de impedirem o tráfego normal de veículos. Coisa suficiente para identificar que os motoristas gaúchos sejam muito ruins, se comparado aos dos demais Estados. Esta é a idéia que muitos levam do RS, neste aspecto.

POUCA COMPETÊNCIA

Tem mais: a Segurança Pública não existe. A não ser para estar presente nos estádios de futebol. E mesmo assim mostra pouca competência. Ontem, no estádio Beira Rio, onde estive para assistir o Gre-Nal, fui revistado na rampa de acesso às cadeiras, de cima a baixo, para impedir que entrasse com bebidas, bombas e armas, certamente.

TOLERÂNCIA MÁXIMA

Tão logo me acomodei percebi que para grande parte da torcida do Grêmio, no local a ela reservado, toda preocupação que a Brigada teve ao me revistar, no outro lado não aconteceu. Ou foi totalmente tolerado. Ao longo das estúpidas manifestações de selvageria e vandalismo dos torcedores, que já virou um forte produto turístico gaúcho, o que mais se viu foram explosões de bombas. E todas carregadas e lançadas pelos elementos enfurecidos.

ESTADO FALIMENTAR

Esta parte da torcida que estava travestida de gente, mas que é composta de animais ferozes incontroláveis, fez o que bem quis. E a Brigada Militar, que deveria estar cuidando das ruas, deve ter se dado conta de que a sua estrutura policial já é inferior a dos bandidos. A nossa polícia está definitivamente acuada diante do crime e das manifestações públicas.

NOVO PRODUTO TURÍSTICO

Gente, a situação do RS é falimentar em todos os sentidos: econômico, político, social, de lazer e de desenvolvimento. As instituições gaúchas faliram, como até já ficou provado na semana passada, quando o próprio Pacto pelo Rio Grande deu com os burros n?água e afundou junto com incompetência de todos. Ao menos sobrou um novo produto turístico: a violência urbana.

PACTO

Hoje, 31, às 19 horas, no Teatro Dante Barone, haverá o ato público de apresentação das propostas finais do Pacto pelo Rio Grande - Responsabilidade de Todos. Na ocasião, deputados, candidatos a governador, prefeitos, vereadores, representantes da sociedade civil organizada e comunidade estarão celebrando a conclusão de uma fundamental etapa deste projeto do Legislativo à sociedade gaúcha, que está propondo alternativas para enfrentamento dos problemas estruturais do Estado. Desculpem, mas estou cético.

CONGRESSO

Casos de sucesso de grandes empresas do Estado serão apresentados no XVI Congresso Estadual para a Qualidade Total, que ocorrerá nos dias 23 e 24 de agosto, quarta e quinta-feira, no Hotel Serra Azul, em Gramado. Puras do Brasil, Artecola e Killing são algumas das empresas que participarão do evento. Informações sobre o Congresso, pelo telefone (51) 3593.8550 ou pelo site www.agq.com.br/congresso2006.

EVENTO

A Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação, Software e Internet - Regional RS (Assespro-RS) promove o evento ?Responsabilidade Civil do profissional de TI?. A palestrante Letícia Batistela, consultora jurídica da Assespro-RS e da Sucesu faz a pergunta: Até que ponto somos responsáveis pelo mau uso de Tecnologia da Informação (TI) no ambiente profissional?A resposta poderá ser conferida no dia 8/08, a partir das 8 h no auditório da Assespro-RS ( Avenida Ipiranga, 6681, Prédio 96D, sala 208 Tecnocpuc). Informações pelo e-mail: eventos@assespro-rs.com.br; ou pelo telefone (51) 3252-5180

FÓRUM DA LIBERDADE

Nos dias 14 e 15 de agosto, segunda e terça-feira, o Instituto de Estudos Empresariais (IEE), em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), realiza a primeira edição do Fórum da Liberdade no Paraná. Segundo o CEO do Fórum da Liberdade, Wagner Lenhart, ?trata-se de um primeiro passo no sentido de estender as atividades e os efeitos do Fórum para os demais Estados brasileiros. Tal iniciativa não diminui a importância do Fórum da Liberdade de Porto Alegre, pois o objetivo é fortalecer este evento que nos dias 16 e 17 de abril de 2007, na PUCRS, estará realizando sua XX edição?. O evento será no pavilhão Horácio de Coimbra CIETEP (Av. Comendador Franco, 1341 ? Jardim Botânico, Curitiba/PR). O tema debatido nesta edição será Brasil: como eu posso fazer a diferença?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

A JUVENTUDE SABE O QUE NÃO QUER ANTES DE SABER O QUE QUER.

Jean Cocteau