Artigos Anteriores

O RS É UMA ILHA

ANO XIV - Nº 007/14 -

MITOS E CRENÇAS

Sempre afirmei que viver no RS, particularmente em Porto Alegre, só é possível com muita paixão. Tirando este sentimento resta uma clara confirmação de estarmos sendo enganados a todo o momento. Para tentar esconder as dificuldades crônicas existentes na região construimos alguns mitos e crenças. Nenhum, no entanto, explica, por exemplo, o porquê das distâncias enormes que nos separam de qualquer lugar do mundo.

A DISTÂNCIA EXPLICA

Notem: ninguém quis ficar por perto daqui. Deve ser, certamente, para não sofrer. Isto já explica o porquê de estarmos tão longe de Florianópolis (500 km), Punta de L?este (750 km), Montevidéo (900 km), Buenos Aires (1500 km), São Paulo (1000 km), Rio de Janeiro (1500 km), etc...

MENTIRAS

Perceberam? Pois é: só acreditando em mentiras ou vantagens enganosas é que alguém acaba se decidindo pelo RS e por P.Alegre. Caso contrário não seria possível suportar tanta coisa ruim. Daí a razão para os mitos e crenças, tipo -

aqui tem a melhor qualidade de vida do Brasil

-, ou ?

o RS é o Estado mais politizado do país

-. Tudo Mentira. Tudo muito ridículo, insensato e medíocre.

SINAL FECHADO

Querem mais? Então segurem estas: A violência está fora de qualquer limite admitido; as nossas praias estão entre as mais feias do mundo; a região de Serra promete neve e nunca entrega; o frio é úmido e venta demais; as ruas são muito esburacadas; os motoristas são incompetentes para dirigir; a imprensa esportiva é exigente sem consciência, o restante da imprensa é provinciana; adoramos ser a sede do Forum Social Mundial; Hugo Chávez é o herói dos gaúchos... e por aí vai. Estou convencido: se o Brasil quer crescer, o RS está sempre com o sinal fechado.

SÓ O TRIBUTO AUMENTA

Como se não bastasse tudo isso, o governo do RS é o que ostenta a pior crise financeira entre todos os demais Estados da federação. A única coisa que cresce sem parar é a carga tributária e o número de funcionários públicos, principalmente aposentados. E Porto Alegre, depois de ter sido administrada (o termo é equivocado, certamente) pelo PT, deixou um rombo fantástico nos cofres do município. Um escândalo.

APESAR DA DISTÂNCIA

E sabem o que restará para os condôminos munícipes? Mais tributação, sem dúvida. Ou crêem que há outra maneira de poder pagar a conta? Até teria se houvesse inteligência. Bastaria diminuir os tributos e a economia se encarregaria do resto. Mas, infelizmente, isto nunca foi entendido pelo poder público. Principalmente o gaúcho. Quem pode que trate de se mudar já. Apesar da distância.

SEVERINO

A visita do presidente da Câmara Federal, Severino Cavalcanti, ao RS serviu para mostrar o carinho do povo gaúcho para com o perogoso político. Pasmem, ele foi muito aplaudido em Don Pedrito. Ainda não se sabe qual a razão séria disto. Imagino que é a velha máxima: basta aceitar um convite para vir até o RS e, pronto. Já é considerado alguém maravilhoso e já passar a ser cidadão gaúcho. É dose. .:. MARKET PLACE .:.

ADVB

Presidente da Associação dos Dirigentes de Marketing e Vendas do Brasil - ADVB, Ângela Baldino, reune-se em café-da-manhã com a imprensa, amanhã, 01 de março. Na pauta, a evolução da ADVB em 2004 e os projetos e novidades da entidade para 2005 - incluindo mudanças nas vice-presidências, fomento de parcerias na área de ensino e novos eventos que visam contribuir ainda mais para o crescimento do marketing e das vendas no Estado.*

MAIS FLORENSE

A franquia Florense de Manaus está de mudança. A partir deste mês, a nova loja - com 800 m2 de área - está ocupando parte do novo centro comercial de decoração erguido na capital amazonense. Com esse novo espaço, a Florense dá seqüência ao processo de implantação da nova identidade visual da marca e da reformulação dos espaços internos das 90 franquias espalhadas pelo país. A inauguração ocorreu no dia 24 de fevereiro. A próxima é N. York.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

ESTAR CERTO É UMA COISA SOLITÁRIA.

Mary Tyler Moore