Artigos Anteriores

O QUE MOSTRA O PLACAR, EM TEMPO REAL

ANO XIV - Nº 007/14 -

PLACAR ON LINE

Nesta  guerra mundial, cujo inimigo comum é o COVID-19, o placar -ON LINE- que mostra, minuto a minuto, quem está se saindo melhor na luta contra a pandemia, até o presente momento que escrevo este editorial as PESSOAS FÍSICAS estão dando de goleada nas PESSOAS JURÍDICAS.

OBITUÁRIO

Se o número de PESSOAS FÍSICAS mortas e/ou infectadas no mundo todo é considerado ínfimo se comparado com o total da população, este quadro não é diferente quando comparado país a país. Entretanto, no que diz respeito ao obituário das PESSOAS JURÍDICAS, aí o cálculo é outro, pois empresas grandes (multinacionais) operam em vários lugares, enquanto as pequenas operam localmente.

EQUILÍBRIO FISCAL

No tocante às ajudas governamentais, por mais que placares sejam objetos frios (não entram no mérito das atitudes e estratégias que proporcionam a marcação de pontos), aí se percebe, com muita nitidez, que nos países onde o ORÇAMENTO FISCAL é mais equilibrado, o fôlego para enfrentamento do DESASTRE ECONÔMICO, por mais que esta tarefa deveria ser deixada para o soberano LIVRE MERCADO, é maior.

CAUSA-MORTIS

Já nos países onde impera um já crônico -DÉFICIT NAS CONTAS PÚBLICAS-, como é o caso do nosso empobrecido Brasil, país destruído pelo SOCIALISMO, aí, infelizmente, quanto mais os governantes impedirem o funcionamento das atividades econômicas (CAUSA-MORTIS), aí o enterro se mostra como uma inevitável saída.

MORTE ANUNCIADA

Observem que o público em geral, diante de um placar que mostra empate entre os contendores, pressupõe que o jogo está equilibrado. Já quando há uma goleada, não há explicação que convença que o perdedor jogou bem e que foi prejudicado por isto ou aquilo. Pois, nesta contenda que o COVID-19 está proporcionando entre o salvamento de PESSOAS FÍSICAS e PESSOAS JURÍDICAS, o PLACAR ON LINE mostra que as PJs estão levando uma terrível  GOLEADA.

QUARENTENA VERTICAL

Pois, na qualidade de -comentarista econômico- deste JOGO DE VIDA OU MORTE, dou a seguinte contribuição, no intuito de mudar este  DESEQUILIBRADO PLACAR, ao técnico -que comanda ambas as equipes-:

Considerando que uma QUARENTENA HORIZONTAL (todos ficam em casa) a ECONOMIA  quebra em 2 semanas e isto resulta em desordem total, com a turma de esquerdistas tomando as ruas exigindo a destituição do presidente Jair Bolsonaro, proponho a adoção de QUARENTENA VERTICAL (apenas as pessoas de risco - mais idosos- ficam em casa e as demais seguem vida normal). O resultado desta medida, não apenas faz a economia andar como mantém preservados os empregos.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • ESPAÇO PENSAR+

    A propósito, eis o texto do pensador Roberto Rachewsky -:

    Há dois tipos de desobediência civil que eu antevejo pela frente.

    Um, virtuoso, é a população jovem tomar coragem e começar a colocar as empresas em funcionamento, mantendo os empregos, pagando as contas e criando brigadas de proteção aos idosos para que eles recebam assistência sem precisarem interagir com ninguém correndo o risco de contágio. Fazendo protestos virtuais para que os privilégios sejam suspensos e todos os fundos sejam destinados para equipar hospitais e produzir testes e remédios.

    O outro, deletério, será quando a população paupérrima começar a não ter renda, salário, vendas, dinheiro para a subsistência e resolver saquear shoppings, supermercados, lojas, farmácias e hospitais. Infiltrados, agentes do caos, como vimos no Chile ou em Hong Kong, tentarão derrubar o sistema que já está fragilizado pelo surto autoritário que contagiou prefeitos e governadores por todo o país.

    Há uma terceira opção? Há, o problema é que depende do uso da razão com a objetividade que a classe política no Brasil nunca teve. Já é uma sorte não termos no governo aqueles bandidos que roubaram o Brasil construindo estádios desnecessários; metrôs, portos e aeroportos em países dirigidos por sanguinários, comprando refinarias falidas e falindo estatais que nunca deveriam ter existido.

    O futuro do Brasil depende da sabedoria dos mais velhos e da coragem dos mais jovens, foi assim que países como Inglaterra, Estados Unidos ou Israel venceram todas as guerra que lutaram.

    Cadê a sabedoria dos velhos e a coragem dos jovens no Brasil? Infelizmente, ambas foram sepultadas por governantes socialistas!

  • SEM TIRAR NEM POR

    Eis aí a correta observação feita pelo  economista Ricardo Bergamini:

    - Na visão macroeconômica no “Balanço Consolidado do Setor Público” (União, Estados e Municípios) todas as e medidas baixadas se anulam entre si, ficando apenas o aumento do DÉFICIT FISCAL DA UNIÃO. 

    Nem nas crises os governantes de plantões do Brasil mudam os seus cardápios. São sempre os mesmos, ou seja, baseados nos aumentos dos créditos e dos endividamentos. Não existe uma única medida que atinja o setor público. Toda a conta vai para o SETOR PRIVADO.

    E essa elite brasileira sem vergonha, sem carácter e sem moral se calam e aplaudem as medidas do governo. Cambada de fariseus, vigaristas e pilantras, com as suas ideologias de merda.

     

    ATENÇÃO: ATÉ AGORA NENHUMA MEDIDA FOI BAIXADA PARA ACABAR COM OS PRIVILÉGIOS DO SETOR PÚBLICO. Até quando, MEU DEUS DO CÉU, o Brasil e, principalmente, os brasileiros vão aceitar esta brutal INJUSTIÇA SOCIAL ?? Até quando???

  • REDE ZAFFARI E BOURBON

    Atentos ao momento e tendo em vista garantir a saúde e segurança de todos, as lojas Zaffari e Bourbon vão atender em horários exclusivos para que nossos clientes idosos com mais de 60 anos e os que fazem parte do grupo de risco de contaminação do Coronavírus (COVID-19) possam fazer suas compras em nossas lojas com tranquilidade.

    O fechamento de todas as lojas Zaffari e Bourbon, sem exceção, de segunda-feira a domingo e feriados, vai ocorrer às 20h.

    Confira o horário de funcionamento para idosos e pessoas do grupo de risco nas seguintes lojas:
    Zaffari Ipiranga, Higienópolis, Cavalhada, Menino Deus, Otto Niemeyer, Bourbon Ipiranga, Bourbon Country
    De segunda-feira a sábado, das 7h às 8h; domingos e feriados, das 8h às 9h.

    Lojas Zaffari Protásio Alves, Fernandes Vieira, Rua da Praia, Centerlar, Bordini, Cabral, Anita Garibaldi, Passo Fundo, Marechal Floriano, Fernando Machado, Cristóvão Colombo, Lima e Silva, Total, Ipanema, Boulevard, Hípica, Wallig, Bourbon Canoas, Bourbon Assis Brasil, Bourbon Novo Hamburgo, São Leopoldo, Pompéia e Morumbi:
    De segunda-feira a sábado, das 7h30 às 8h; domingos e feriados, das 8h30 às 9h.

    Zaffari Caxias Centro, Caxias Sinimbu, Caxias Exposição, Caxias San Pellegrino
    De segunda-feira a sábado, das 8h às 8h30; domingos e feriados, das 8h30 às 9h.

    Zaffari Canoas ParkShopping, Hipermercado Bourbon Passo Fundo
    De segunda-feira a domingo e feriados, das 8h30 às 9h. 

FRASE DO DIA

A maior fonte de desigualdade tem sido os privilégios especiais concedidos pelo governo.

Milton Friedman