Artigos Anteriores

O QUE DIZEM AS PESQUISAS

ANO XIV - Nº 007/14 -

BRASIL DIVIDIDO

O resultado das últimas pesquisas de avaliação do governo Lula identificam claramente um Brasil dividido: um grupo, representado pela maioria da população, está muito satisfeito com o desempenho do presidente. E outro que entende que este governo é ruim, carregado de corrupção e incompetência.

SEM CLIMA PARA MUDANÇA

Todas as explicações para melhor entender o que dizem os consultados são válidas, mas o mais importante é perceber que não há clima para grandes mudanças no país a curto prazo. Enquanto a grande maioria da sociedade não receber educação, não tiver discernimento e não for devidamente esclarecida, não vai mudar de opinião.

CALEJADO

Portanto, mesmo que tomem conhecimento dos movimentos que estão indo às ruas, os pobres de raciocínio não vão aderir à coisa alguma. Lula, por ser calejado no assunto, sabe muito bem disto. E usa uma arma importante e perigosa que funciona muito bem para ganhar mais credibilidade junto à maioria dos brasileiros: atribui aos ricos e brancos a insatisfação e as vaias.

TODOS OS PODERES

Na realidade é óbvio que o Executivo não é o responsável sozinho por tudo que está estimulando os insatisfeitos. São todos os Poderes Constituídos, pelas inúmeras injustiças que impõem a toda a sociedade. Daí a importância das reformas que poderiam beneficiar, principalmente, aos menos esclarecidos.

LEIS DESONESTAS

Os enormes privilégios, os desmandos, a impunidade, a falta de ética e muitas outras coisas precisam ser corrigidos para que haja justiça e que todos tenham as mesmas oportunidades. É uma questão de justiça humana que os tribunais não aceitam porque as leis não propõem decisões honestas.

REFORMAS

Se o Brasil vai bem nas questões macro-econômicas, por outro lado vai muito mal nas questões que envolvem a micro-economia. A falta de reformas explica esta dificuldade. Isto está bem claro e evidente na elevada carga tributária, no tamanho da informalidade e no rombo da Previdência Social, por exemplo.

O REINO DOS CÉUS

Mas isto, infelizmente, a parcela da sociedade que, segundo as pesquisas, apóia o governo, não sabe e não entende. Para esta parcela do povo ainda há a crença de que Deus reservou este destino para os brasileiros. Muitos repetem diariamente que os pobres terão acesso ao reino do céu. Aí é difícil mudar alguma coisa, não?

CPMF

No Congresso, todas as atenções estão voltadas para a votação da prorrogação da DRU e da CPMF na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. E aí? Vamos deixar assim mesmo, não?

REFORMA?

Na terça-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se reúne com os membros do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) para discutir a proposta de Reforma Tributária que será encaminhada ao Congresso Nacional. De acordo com o ministro, o envio será feito no final de agosto ou início de setembro. Só para esclarecer: a tal reforma é do ICMS e não uma reforma tributária. Vamos deixar assim?

PESQUISA

Eis os números: 48% dos entrevistados consideram o governo ótimo ou bom. O resultado é o mesmo verificado em março deste ano. Entre março e hoje, a taxa de ruim/péssimo subiu de 14% para 15%.

POSSE

O Sindicato das Indústrias de Papel, Papelão e Cortiça do RS ? SINPASUL ? empossa nesta terça-feira (7) a sua nova Diretoria para o triênio 2007/2010, liderada pelo empresário Júlio André Ruas Tedesco. A solenidade será realizada às 20h, no Salão de Convenções da Fiergs.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

TODA INDULGÊNCIA PELOS CULPADOS ANUNCIA UMA CONIVÊNCIA.

N. Bonaparte