Artigos Anteriores

O QUADRO ECONÔMICO BRASILEIRO

ANO XIV - Nº 007/14 -

ESTAGFLAÇÃO

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, ao ser perguntado sobre a situação econômica do país pelos preocupados membros da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, adiantou que não há crise alguma e que o quadro atual não identifica a existência de estagflação.

INFLAÇÃO

Quanto à inflação, o presidente do BC admitiu que ela precisa ser mais baixa. Sabedor de que a Comissão é composta por senadores pouco ou nada iniciados em assuntos econômicos, Tombini tranquilizou a plateia dizendo que não há descontrole algum.

PREÇOS ADMINISTRADOS

A falta de conhecimento dos senadores é tamanha que nenhum deles questionou sobre a intervenção do governo nos preços do câmbio, da energia e combustíveis, que o governo vem segurando para não deixar a inflação subir.

INDICADORES CLAROS

Ora, todos os indicadores, internos e externos, sem exceção, registram um mesmo quadro : baixo crescimento, inflação alta e uma queda expressiva da atividade industrial. Para quem leu apenas meia página de qualquer livro de economia sabe que o nome disto é ESTAGFLAÇÃO.

RECESSÃO

Se levarmos em conta que mais dia menos dia o governo, irremediavelmente, terá que fazer a correção dos preços administrados (energia e petróleo) assim como liberar o câmbio, aí, meu caro Tombini e senadores da CAE, a ESTAGFLAÇÃO sai de cena para dar lugar à RECESSÃ0.

TAXA DE INVESTIMENTO

Por mais que o governo e seus apoiadores insistam que a economia passa por uma readaptação, onde o nível de consumo passa a ser menor por ter batido no teto da euforia, o fato é que a grande causa disso tudo, A TAXA DE INVESTIMENTO, continua intacta.

REFORMAS

E, para fazer com que a TAXA DE INVESTIMENTO atinja o percentual necessário, para garantir crescimento minimamente aceitável, é imprescindível que o governo, além de gastar menos, faça pelo menos as REFORMAS - Tributária, Fiscal, Trabalhista e Previdenciária.Sem reformas, simplesmente não há possibilidade de crescimento. Pior ainda se gastos públicos continuarem aumentando. Aí a única coisa que o governo garante é a RECESSÃO.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • AUTOMÓVEIS E CAMINHÕES
    A Anfavea divulgou ontem seus números relativos a julho. A produção foi extremamente fraca, tanto para os automóveis quanto para os caminhões, uma vez que as montadoras continuam a ajustar a sua produção em um esforço para se adaptarem a um cenário de demanda fraca, altos estoques e menores exportações.
  • EUROPA
    O Banco Central Europeu reportou sua decisão de política monetária e manteve a taxa básica de juros em 0,15%. Já o Banco da Inglaterra (BoE) também permaneceu com a taxa de juros em 0,5%.
  • COMÉRCIO
    O Sindilojas Porto Alegre apoia a aprovação do projeto de decreto legislativo 31/2013, ocorrida em votação no Senado ontem. O projeto prevê a autorização para que comerciantes cobrem valores diferentes por mercadorias pagas em dinheiro ou em cartão de crédito. - A liberdade de dar o desconto para pagamentos em dinheiro é importantíssima para o varejo, pois quando não há esta possibilidade, todos pagam pelas taxas de administração-, afirma o vice-presidente do Sindicato, Arcione Piva.
  • CARTÕES ZAFFARI
    Os cartões Zaffari Card e Bourbon Card ampliam os benefícios em milhas aéreas oferecidos pelo seu programa Fidelidade Premium, com a adesão do programa Tudo Azul, da Azul Linhas Aéreas, ao seu rol de parceiros. Os programas de milhagens das empresas TAM e Gol também fazem parte dos benefícios oferecidos aos clientes dos cartões. Através das parcerias, os portadores dos cartões podem trocar a pontuação do programa Fidelidade Premium por milhas aéreas nas três companhias. O resgate mínimo é de 200 pontos para qualquer um dos programas, e pode ser transferido pelo titular do cartão para sua conta pessoal. Os fatores de conversão são diferenciados para cada programa, sendo que no Smiles (da Gol), 200 pontos Fidelidade Premium são convertidos para seis mil milhas; no Multiplus (TAM), o mesmo montante corresponde a 5.400 pontos do parceiro; e no TudoAzul (Azul Linhas Aéreas) são oito mil pontos. No mês de lançamento da parceria (até 20 de agosto), a Azul bonificará os clientes dos cartões com pontuação em dobro.

FRASE DO DIA

Não espere que a solução venha do governo. O governo é o problema.

Ronald Reagan