Artigos Anteriores

O MELHOR É DEIXAR A COPA ACONTECER

ANO XIV - Nº 007/14 -

ÀS VÉSPERAS DO MUNDIAL

A avassaladora maioria dos brasileiros, pra lá de sabido, pouco ou nada sabem a respeito de economia e política. Entretanto, não há um brasileiro que não saiba que praticamente 4 meses nos afastam do início da Copa do Mundo no Brasil.

GRAU DE IMPORTÂNCIA

Isto prova, por -A+B-, o quanto o futebol é considerado como algo importante e/ou essencial no nosso pobre país. E, da mesma forma, o quanto, lamentavelmente, tudo mais deixou de ter grande importância.

ESCOLHA DO BRASIL

O que precisa ser levado em conta é que desde o momento em que o Brasil foi escolhido como país-sede da Copa de 2014 já se passaram mais de 6,5 anos. E desde a escolha das cidades, praticamente 5 anos.

RECORDANDO

Só para recordar: no dia 30 de outubro de 2007, a FIFA ratificou o Brasil como país-sede da Copa do Mundo de 2014. E no dia 31 de maio de 2009 foram anunciadas as sedes oficiais da copa do mundo: Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Natal (RN), Recife (PE) e Salvador (BA).

SORTEIO DE GRUPOS

Assim, conforme ficou definido em 06/12/2013, no sorteio de grupos, todos os jogos, em princípio, foram programados, e acertados, para serem disputados nas 12 cidades-sedes escolhidas para realização do Mundial no Brasil.

CONSIDERAÇÕES

Considerando, portanto: 1- que os brasileiros adoram o futebol acima de tudo;2- que as obras da maioria dos estádios assim como dos acessos aos mesmos estão em fase de finalização (exceto infraestrutura, obviamente);é de se estranhar que muita gente só resolveu sair às ruas se manifestando contra a COPA NO BRASIL depois que as obras já estavam quase prontas.

TENHO O DIREITO DE ESCOLHA

Ora, o momento de tentar evitar a realização do caríssimo evento já passou. Como a gastança enorme de dinheiro público já foi feita, o melhor que pode acontecer, no meu entender, é a realização do evento. Entendo mais: que os equívocos cometidos com a estúpida conquista que levou o Brasil a ser sede da Copa de 2014 não podem ser resolvidos com mais equívocos. De novo: desde o primeiro momento, lá em 2007, me manifestei exaustivamente contra a realização da Copa no Brasil. Os motivos, não preciso repetir, estão registrados em vários editoriais desde então. Ah, por gostar de futebol pretendo assistir o maior número de jogos. Mas deixo bem claro que tenho o direito de escolher a Seleção que gostaria de ver campeã do mundo. Adianto, desde já, que a minha favorita não é a do Brasil. Tenho este direito, não? Entretanto, como as obras já foram feitas, quero mais que ela se realize. Esta é a minha opinião.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • JANET YELLEN
    Em seu primeiro depoimento diante do Congresso americano, Janet Yellen, nova presidente do Federal Open Market Committee (FOMC, o Copom americano) disse o que o mercado queria ouvir. Para ela, a economia dos EUA apresentou fortes avanços no segundo semestre de 2013. O crescimento anualizado do PIB subiu de 1,75% nos dois primeiros trimestres de 2013 para 3,5% nos dois trimestres seguintes. Mais do que isso, a inflação permanece sob controle e o nível de desemprego caiu para 6,8%, o menor desde setembro de 2008, antes do pior momento da crise.
  • MAIS AFETADOS
    No entanto, enquanto seu discurso animava Wall Street, o longo relatório de 58 páginas enviado ao Congresso trazia notícias ruins para os países emergentes. Segundo a avaliação do Fed, desde abril do ano passado, os investidores internacionais revelaram-se menos propensos a investir em ações e em papéis de renda fixa de países com economias consideradas -frágeis-. Embora a fuga de investidores dessas economias tenha sido motivada por fatores comuns a todos eles, Brasil, Índia, Indonésia, África do Sul e Turquia foram os mais afetados, diz o relatório.
  • TOP OF MIND
    Na próxima quarta-feira (19/2), serão reveladas quais são as marcas mais lembradas pelos consumidores da capital gaúcha, conforme a pesquisa Top of Mind Porto Alegre, realizada pela Revista Porto Alegre é TOP, editada pelo Grupo Amanhã, em parceria com a Segmento Pesquisas.
  • FEBRRAVAR
    Foi lançada ontem, 11, a 2ª Feira Brasileira do Varejo, que acontece de 15 a 17 de setembro. Promovida pelo Sindilojas Porto Alegre, a segunda edição da Febravar irá apontar novas tendências para o setor, promover debates sobre o varejo bem como oportunizar a realização de novos negócios, capacitação e a troca de experiências. A Feira é tida como um dos mais importantes encontros de lojistas e fornecedores do Brasil. A expectativa é de que 5 mil pessoas visitem o evento.

FRASE DO DIA

A diferença entre a inteligência e a estupidez é que a inteligência é limitada.

Roberto Campos