Artigos Anteriores

O MAU RECADO DAS RUAS E ESTRADAS

ANO XIV - Nº 007/14 -

RUMO PERIGOSO

De alguns dias pra cá muitas manifestações de rua, assim como o fechamento de diversas estradas do Brasil todo, tomaram um rumo muito perigoso. Muitos, simplesmente, resolveram protestar da pior forma possível, colocando em risco as mudanças que precisam acontecer para que a cidadania possa, efetivamente, ser exercitada.

IMBECIL COLETIVO

Como se não bastassem os criminosos bloqueios de estradas e atos de vandalismo e terrorismo, que já se tornaram comuns por todos os cantos do país, a economia do Brasil ainda será mais prejudicada com a greve geral, prometida para o dia 11/07. Lamentavelmente, manifestações deste tipo só servem para mostrar o mais típico comportamento do IMBECIL COLETIVO.

AGREGANDO NOVOS PEPINOS

Pelo andar desta burra carruagem arrisco a dizer, ou antecipar, que estamos mais próximos de agravar ainda mais a situação do país já esfarelado. Até porque, fazendo uso de alguma lucidez é notório que, se atendidos os pleitos desses revoltosos insensatos, vamos agregar novos e maiores pepinos para serem descascados mais adiante.

EDUCAÇÃO

Aliás, não é de espantar que isto esteja acontecendo num país onde a EDUCAÇÃO nunca mereceu atenção e importância pelos nossos governantes, exceto, obviamente, a educação ideológica. Querem um exemplo claro e indiscutível? Eis aí as reivindicações e motivos que levaram os GAÚCHOS a ocupar as ruas de Porto Alegre, segundo pesquisa feita pelo Instituto Methodus:

PESQUISA METHODUS

21,2% dos entrevistados pediam a redução do preço
 da passagem de ônibus;18,8% o fim da corrupção;16,4% o arquivamento da PEC 37;
11,7% exigem melhorias na saúde;
10,3% querem melhorias nos serviços públicos; 8,5% (somente 8,5%) exigem melhorias na educação; e, 
20,3% outras reivindicações.

SEM PROTESTO

Como é possível constatar, a EDUCAÇÃO, que deveria e precisaria estar em primeiríssimo lugar, não é importante para o povo gaúcho. Que tal? Isto explica, claramente, o fato do Governo do Estado do RS ter fechado as escolas públicas na sexta-feira passada e na última segunda-feira e nem por isso sofreu qualquer tipo de protesto.

COLÓQUIO DO GRUPO -PENSAR+!-

Com o propósito de aprimorar o conhecimento e a partir de então produzir conteúdos para expor soluções dos nossos problemas, um grupo de pensadores (grupo PENSAR+!) vai participar do 1º COLÓQUIO PENSAR+!, em regime fechado, durante o final de semana, em Flores da Cunha.Para participar, cada membro do PENSAR+! se obrigou a ler o livro EXPLICANDO O PÓS-MODERNISMO, cuja obra (muito atual) foi escolhida para os debates.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • PETULÂNCIA
    -A deputada federal Manuela D\\\'Ávila (PC do B-RS) considera uma -petulância- o argumento de que os eleitores não saberiam opinar a respeito de temas complexos. Tem razão: os eleitores gaúchos, por exemplo, mandaram Manoela passear no inferno, na eleição municipal de Porto Alegre.
  • JUROS
    Os bancos centrais europeu (BCE) e inglês (BOE) anunciaram a manutenção de suas taxas de juros em 0,5% ao ano, conforme o esperado. O BOE ainda manteve seu programa de compra de ativos em 375 bilhões de libras e, ao contrário do que costuma fazer, divulgou um comunicado após o anúncio da decisão.O BC inglês disse reconhecer que há mais sinais de recuperação no Reino Unido e espera que a taxa anual de inflação do país recue para a meta de 2%.
  • PRATA
    O Sindilojas Porto Alegre, órgão que representa os lojistas da capital e de Alvorada, voltou a receber o Prêmio Qualidade RS, promovido pelo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PQGP). Na 18ª edição do tradicional processo de avaliação, a Entidade conquistou o Troféu Prata.
  • NÃO ACREDITO
    Diante das informações sobre possível manifestação agendada para ocorrer hoje, 04, ao final da tarde em Porto Alegre, o Sindilojas Porto Alegre orienta que o comércio funcione normalmente. A Brigada Militar, por sua vez, informou que irá reforçar o policiamento na cidade, o que não acredito, infelizmente.

FRASE DO DIA

PENSAR É COISA MUITO DIFÍCIL. POR ISSO POUCAS PESSOAS PENSAM.

H. Ford