Artigos Anteriores

O ESGOTAMENTO

ANO XIV - Nº 007/14 -

NOBREZA BRASILEIRA

Ainda sobre o editorial de ontem, no qual escancarei a ABOMINÁVEL existência de DUAS CLASSES DE TRABALHADORES E APOSENTADOS que vivem neste nosso triste país, volto ao tema para enfatizar que 97% da população brasileira pertence à SEGUNDA CLASSE. Esta arrasadora maioria de brasileiros, mal sabe que a CARGA ELEVADA DE IMPOSTOS que paga é destinada para o sustento dos 3% da população que compõe a privilegiada PRIMEIRA CLASSE, ou NOBREZA BRASILEIRA.

 



 

INJUSTIÇA SOCIAL

Se até o presente momento esta enorme INJUSTIÇA SOCIAL foi relegada a um plano inferior por absoluto desinteresse (ou ignorância) da sociedade, o fato é que a CORDA finalmente ARREBENTOU, deixando claro e evidente a necessidade de ACABAR DE VEZ com a PRIMEIRA CLASSE DE TRABALHADORES E APOSENTADOS do nosso pobre país.

DIREITOS ADQUIRIDOS

Mais: se algum brasileiro quer, de fato, que a economia volte a crescer, é preciso que exija o fim IMEDIATO do -DIREITO ADQUIRIDO-. Insisto: chegamos no ponto definitivo em que não há mais como sustentar as vantagens que já foram obtidas pelos atuais privilegiados, até que elas desapareçam no tempo. 

INSUFICIÊNCIA TOTAL

Observem com total atenção, que:

1- a arrecadação de impostos chegou ao ponto em que é absolutamente insuficiente para atender a folha dos servidores. No RS, por exemplo, o aumento de ICMS dos combustíveis, energia e comunicações, que entrará em vigor dentro de alguns dias (01/01/2016), mal e porcamente servirá para atender 1/3 do valor da folha do servidores. 

2- O povo precisa se dar conta de que o peso da folha dos servidores – ativos e, principalmente, inativos, não cabe no bolso dos pagadores de impostos.

3- A economia está condenada a piorar cada vez mais, pois não há recurso disponível para consumo de bens e serviços. O que sobra (por enquanto) é entregue ao governo, que por sua vez também não consegue fechar a conta dos gastos públicos.

CEMITÉRIO

Portanto, antes que os gaúchos festejem a decisão do Legislativo, que por unanimidade votou pelo fim do pagamento das pensões aos ex-governadores do RS, é bom que todos saibam que o -DIREITO ADQUIRIDO- dos até então aquinhoados com o estúpido privilégio vai continuar sangrando o caixa do Tesouro até que todos se mudem para o cemitério. Pode?


 

INIMIGO NÚMERO UM

Como se vê, o INIMIGO NÚMERO UM do nosso pobre país atende pelo nome de -DIREITO ADQUIRIDO-. Com o estado de penúria das contas públicas, esta excrescência foi asfixiando brutalmente a garganta-bolso de 97% dos brasileiros. Ou seja, a turma que pertence à SEGUNDA CLASSE.

RESPONSABILIDADE FISCAL

Para finalizar envio, através deste editorial, um recado ao governador José Ivo Sartori, do RS, que manifestou em artigo publicado na ZH de ontem que a Lei de Responsabilidade Fiscal, que deve ser votada ainda em dezembro na Assembleia do Estado: - Diz o governador gaúcho que a LRF determina que PARA CRIAR DESPESAS SERÁ PRECISO COMPROVAR A EXISTÊNCIA DE DINHEIRO e que SERÁ PROIBIDO GASTAR MAIS DO QUE ARRECADA. 

Ora, esta lógica só pode ser festejada com o fim dos DIREITOS ADQUIRIDOS, governador. Afinal, a arrecadação de impostos já é absolutamente insuficiente para atender os gastos com servidores públicos. Ou seja, SEM O FIM DOS DIREITOS ADQUIRIDOS a LRF é capenga e injusta.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IPCA

    A inflação acumulada no mercado doméstico nos últimos 12 meses atingiu 10,48% ao final de novembro, segundo dados divulgados nesta manhã pelo IBGE.

    O IPCA apurado no mês passado ficou em 1,01%, ante alta de 0,82% em outubro. Com isso, o indicador acumula alta de 9,62% no ano, bem acima do teto da meta do governo, que é de 6,5%.
     

  • BRILHA PORTO ALEGRE

    O Sindilojas Porto Alegre lançou uma campanha de decoração das lojas da Capital e de Alvorada com a identidade visual do Brilha Porto Alegre. O objetivo da ação é estimular o clima de Natal no comércio distribuindo gratuitamente kits promocionais para as 1.089 lojas associadas à Entidade que aderiram à ação.

    A iniciativa integra a campanha promocional de 2015 que também desenvolveu materiais para as comemorações de Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Avós e Dia dos Pais, além da Black Friday realizada na última sexta-feira de novembro, dia 27. Aproximadamente 5 mil kits foram entregues gratuitamente aos associados do Sindilojas Porto Alegre ao longo deste ano.

    As lojas receberam móbiles, flyer, cartaz com a programação do Brilha Porto Alegre 2015 e displays de vitrine e de balcão. A quantidade de material é limitada por CNPJ e estará disponível enquanto durarem os estoques.

    Os interessados nas artes de decoração do Brilha também podem fazer o download no site www.sindilojaspoa.com.br. Mais informações pelo telefone (51) 3025.8300 ou pelo e-mail promocao.varejo@sindilojaspoa.com.br.

    Faça o download da arte da campanha.
     

  • VAI QUEBRAR TODO MUNDO

    No olho do furacão, administrando uma das piores crises financeiras da história do estado, o secretário de Fazenda do RJ, Julio Bueno, não usa meias palavras para apontar o único caminho, segundo ele, para evitar “o caos” nos serviços públicos em 2016 ou 2017.

    Segundo o homem das finanças de Pezão, se o governo federal e os governadores não adotarem medidas drásticas, como uma REFORMA PREVIDENCIÁRIA  que adie tempo de aposentadoria, a quebra da estabilidade do servidor público e uma moratória negociada de três anos nos juros das dívidas dos estados com a União, não haverá alternativa para estados como o Rio a não ser o calote. “A previdência é dramática. É absurdamente central fazer isso, e VAI QUEBRAR TODO MUNDO SE NÃO FOR FEITO. (jornal O RIO) Que tal? 

FRASE DO DIA

Deve-se pensar muitas vezes, deve-se decidir de uma só vez.

Publílio Siro