Artigos Anteriores

O ESCUDO PROTETOR

ANO XIV - Nº 007/14 -

PROMISSOR

Depois de um ano difícil para o mundo todo, onde os esforços despendidos foram e continuam sendo enormes para enfrentar os efeitos danosos da crise financeira global, a situação, neste final de 2009, já se mostra promissora.

CRESCIMENTO ENCAMINHADO

Mesmo com as dificuldades que muitos países ainda apresentam, o ano de 2010 deve iniciar carregado de muitas esperanças de que a recessão deixa de preocupar e que o crescimento econômico já está a caminho.

DUAS MEDIDAS

O Brasil, felizmente, conseguiu atravessar o período mais grave da crise mostrando uma economia mais robusta. Graças, principalmente, a duas grandes medidas, que por sinal foram tomadas no governo anterior, mais precisamente pelo craque Armínio Fraga, que estava à frente do BC.

ESCUDOS PODEROSOS

O regime de metas de inflação, junto com o câmbio flutuante, indiscutivelmente, se revelaram como poderosos escudos para proteger o país contra o terrível vendaval financeiro que varreu o mundo. Se outras decisões, também relevantes, como é o caso da forte expansão do crédito contribuíram para atravessar a turbulência, o certo é que aquelas medidas foram determinantes e providenciais.

SEM RECEIO

Tais medidas, somadas a um sistema financeiro solidificado pelo PROER e PROES, fez com que o país começasse a formar reservas internacionais consistentes, que hoje estão acima de U$ 235 bilhões. A partir de então perdemos o receio de sofrer ataques especulativos ao real. Principalmente porque o risco cambial passou a ser do próprio investidor e não do BC.

DESPESAS CRESCENTES

Preocupado em dizer aos quatro cantos do mundo que tudo aconteceu no governo atual, o presidente Lula passou a tomar decisões com o propósito de neutralizar os bons efeitos produzidos pelas mudanças na macro-economia. Foi quando resolveu aumentar as despesas públicas de forma espetacular e crescente.

ROTA DE COLISÃO

Ao se deliciar e se lambuzar com o bom momento que o Brasil desfruta, a sociedade não calcula o quanto as elevadas despesas levarão a nossa economia, daqui a algum tempo, a beira de um abismo. Como a velocidade dos gastos tem se mostrado cada vez maior, impulsionada pelo acelerador assistencialista, quando os freios precisarem ser usados (coisa improvável) a inércia das contas públicas não impedirá o desastre.Esse ponto de ruptura futuro ainda não está muito visível a olho nu, principalmente para quem não tem grande discernimento. Porém, quando a inevitável colisão estiver mais próxima, muita gente vai se surpreender. Gente daqui e, principalmente, do exterior, que jura com os pés juntos que o Brasil é a Bola da Vez. Sem mau agouro, gente.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • LOJA FLORENSE
    A loja Florense Anália Franco, de São Paulo, reinaugura e apresenta a nova coleção com um Happy Hour, no dia 01/12, das 17h às 21h. A loja fica na Rua Eleonora Cintra, 290, Anália Franco - SP.
  • COMEMORAÇÃO
    No dia 02/12 , às 19h, no Leopoldina Juvenil, a EGL Engenharia, de Porto Alegre, comemora a conquista de Incorporadora do Ano no Sinduscon Premium 2009.
  • ANGUS
    A Associação Brasileira de Angus confraterniza e faz a entrega dos prêmios do ranking oficial da ABA, do Troféu Mérito Genético Angus, do IV Concurso de Carcaças Angus e do VI Leilão Nova Era no dia 09/12, às 20h30min, na Associação Leopoldina Juvenil.
  • IGUATEMI
    Até o final do ano, o Shopping Iguatemi Porto Alegre receberá cerca de dez novas operações para agradar todos os tipos de clientes. Entre elas, lojas exclusivas como a Mandi & Co e a Inovathi Acessórios. Na praça de alimentação, delícias como Yogoberry, Sushiaki, Usina de Massas e Greek Donner, complementarão o mix de 300 lojas do Shopping.

FRASE DO DIA

OS GASTOS MACIÇOS DISFARÇAM A EVIDÊNCIA DAS DECISÕES INCOMPETENTES.

Furst