Artigos Anteriores

O EFEITO DA BOLHA EM PORTUGAL

ANO XIV - Nº 007/14 -

LISBOA

Antes de voltar ao Brasil fiz um -pit stop- de um dia em Lisboa. Como o domingo foi marcado por protestos do povo português contra as medidas de austeridade e, principalmente, contra ao aumento da TSU (Taxa Social Única), a imprensa do país (RTP) passou o dia todo repercutindo o assunto em todos os noticiários, com direito a diversos debates.

ORÇAMENTO

Como o governo português está disposto, e precisa, fechar o orçamento para não agravar ainda mais a situação econômica do país, em todas as alternativas o aumento de impostos e/ou contribuições se faz presente. Ou seja, se a conta do déficit público não for paga, uma coisa é certa: os manifestantes vão sofrer ainda mais.

IMÓVEIS

Portugal, a exemplo de quase todos os países que passaram pelo boom imobiliário, que se estendeu até o ano de 2007, garantiu um índice de emprego elevado graças, principalmente, aos setores da construção e de intermediação de imóveis.

CONSEQUÊNCIA

Pois, a colheita do estrago promovido pelo estouro da bolha de crédito imobiliário ainda se faz presente, com graves consequências. Para que tenham uma ideia do problema, observem que o número de insolvências, que já foi alto em 2011, praticamente dobrou em 2012. Em 2007, por exemplo, havia quatro mil imobiliárias operando no mercado português. Hoje este número é de pouco mais de duas mil.

DOBROU EM UM ANO

É isto mesmo: em pouco mais de oito meses deste ano já faliram quase tantas empresas do ramo imobiliário como em 2011 todo. E a situação não tem como melhorar, uma vez que o crédito e as facilidades financeiras para aquisição de imóveis simplesmente deixaram de existir a partir de 2008, quando a bolha estourou.

DESEMPREGO

Nos últimos cinco anos, o crédito disponível para habitação já diminuiu doze vezes, segundo informa a entidade representativa do setor imobiliário. Considerando que o ramo da construção foi o mais afetado, pelo tamanho do desemprego no setor a taxa de desemprego do país pode chegar a 20%.

SINUCA DE BICO

Como se vê, o governo português está metido numa grande sinuca de bico. É sabido que o setor imobiliário é extremamente dependente do crédito. E crédito só existe quando o tomador apresenta real possibilidade de amortização. Pelo numero de imóveis já devolvidos por parte dos compradores sem condições de pagar as prestações, já se tem uma ideia do quanto significa o tal estouro da bolha. O Brasil que se cuide...

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • DEBATE
    Amanhã, dia 26, às 10h, no auditório do Margs, a CDL Porto Alegre promove um encontro com os três candidatos melhores colocados nas pesquisas à Prefeitura da Capital. A jornalista Rosane de Oliveira será a mediadora. Adão Villaverde, José Fortunati e Manuela D?Ávila serão questionados sobre assuntos relacionados ao varejo e à economia, entre eles, tributação, lojas de rua, comércio informal e a criação de uma marca para a cidade.
  • 20 ANOS
    Em 2012, o Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP) celebra 20 anos atuando na promoção da competitividade para melhoria da qualidade de vida das pessoas, através da busca da excelência em gestão com foco na sustentabilidade. Para marcar a data, o PGQP integra às ações de comemoração da sua história o lançamento de um projeto inédito, o livro ?Vidas de Qualidade ? Trajetórias de Sucesso nos 20 Anos do PGQP?, previsto para outubro.
  • VALE MAIS
    A quantidade de cupons distribuídos na promoção Vale Mais superou as expectativas do Sindilojas Porto Alegre. Na Vale Mais, o consumidor ganha um cupom a cada R$ 50,00 em compras em uma das mais de 2 mil lojas participantes, para concorrer a 50 prêmios de R$ 5 mil em vales-compras. A promoção acontecerá até o domingo, dia 30 de setembro. Informações no site www.valemaiscompraraqui.com.br .
  • 500 MAIORES
    O Grupo Amanhã realizará nos próximos dias três cerimônias de premiação do ranking 500 Maiores do Sul ? em Porto Alegre, Curitiba e Joinville. Serão homenageadas as 100 maiores empresas de cada Estado, os destaques setoriais e as líderes por indicadores. Nos três eventos, haverá um painel exclusivo sobre o tema ?O que as crises nos ensinam?, com o relato e a experiência de grandes nomes do meio empresarial do Sul do Brasil. Em Porto Alegre, o evento está marcado para hoje, 25, às 19h, no Centro de Eventos do Plaza São Rafael.

FRASE DO DIA

A vida é cheia de perguntas, viver é descobrir as respostas.

Antonio Da Silva Gomes