Artigos Anteriores

O CRESCIMENTO DE 2018 JÁ ESTÁ GARANTIDO

ANO XIV - Nº 007/14 -

SENTIMENTO DE ESPERANÇA

Tudo leva a crer que o sentimento de entusiasmo e esperança que reinou ao longo da semana de Natal ganhará força redobrada nesta semana que termina com o ingresso em 2018, considerado por muitos brasileiros como o ANO DA GRANDE VIRADA.

ROUPA NOVA E SETE ONDAS

Mais do que nunca, pelo clima reinante de norte a sul do país, a maioria do povo brasileiro, senão todos, por óbvio que já tratou de reservar alguma peça de roupa com a cor do novo ano para fazer a confiante travessia. Mais: aqueles que forem para o litoral não deixarão de pular as -sete ondas- fazendo os mais diversos pedidos.

PIB VAI CRESCER EM 2018

Pois, independente dos pedidos de -saúde, dinheiro e felicidade- que 100% das pessoas fazem, em termos da nossa economia uma coisa já é mais do que certa: o crescimento do PIB brasileiro em 2018 já está garantido. No mínimo, se não houver alguma catástrofe, a economia vai crescer em torno de 3%.  Isto é CERTO!

ELEIÇÕES/2018

Entretanto, se as REFORMAS forem recusadas, a mesma confiança positiva que está sendo depositada para 2018 pode dar lugar a uma forte desesperança para o ano de 2019, quando o Brasil passará a ser governado por um novo presidente e um novo Congresso. Ou seja, tudo vai depender das escolhas do povo, nas eleições/2018.

VOOS DE GALINHA

Historicamente, para infelicidade do nosso empobrecido país, o povo brasileiro tem dado enorme preferência para políticos POPULISTAS. Daí a razão pela qual a economia brasileira, nos últimos 50 anos, quando apresenta algum crescimento o fenômeno se assemelha aos VOOS DE GALINHA, ou seja, além de duração curta são sempre rasantes.

CAPITALISMO

Portanto, mesmo que a entrada de 2018 deva ser festejada por tudo de bom que foi conquistado ao longo de 2017, fica aqui o alerta: 2019 corre sério risco fiscal, caso as REFORMAS, notadamente a da PREVIDÊNCIA, não sejam feitas. A musculatura do Estado só ganhará tônus com MEDIDAS DE CONTENÇÃO DE GASTOS PÚBLICOS E/OU PRIVATIZAÇÕES. Resumindo: o BRASIL  só vai se desenvolver, de fato, quando abraçar o CAPITALISMO!

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • VEREADORES DO PENSAR+ - OS MELHORES-

    Peço que leiam esta notícia, que saiu na ZH de hoje, com o máximo de atenção:  entre os 36 vereadores de Porto Alegre, dois deles,  Ricardo Gomes e Felipe Camozzato, que não por acaso integram o Pensar+, foram os mais econômicos nos gastos como titulares da Câmara.

    Enquanto Ricardo Gomes (PP) gastou apenas R$ 2.076,67 (ele assumiu o mandato apenas em setembro, após atravessar boa parte do ano como secretário de Marchezan) foi o vereador com a menor média mensal de gastos. Já Felipe Camozzato (Novo), ao longo dos 12 meses gastou apenas R$ 7.449,81 da verba de gabinete. Que tal?

    Esta é a prova de que escolhendo bons candidatos o Brasil, os Estados e os Municípios tem jeito. Escolham, portanto, os candidatos que integram o PENSAR+ nas próximas eleições. 

  • LISTA COMPLETA

    Vejam a lista completa dos vereadores de Porto Alegre e suas gastanças:
    1) Ricardo Gomes (PP) - R$ 2.076,67
    2) Felipe Camozzato (Novo) - R$ 7.449,81

    3) Marcelo Sgarbossa (PT) - R$ 14.310,75
    4) João Bosco Vaz (PDT) - R$ 15.820,57
    5) Wambert Di Lorenzo (Pros) - R$ 28.264,59
    6) Mônica Leal (PP) - R$ 28.985,23
    7) Professor Alex Fraga (PSOL) - R$ 32.011,64
    8) Fernanda Melchionna (PSOL) - R$ 33.212,00
    9) Aldacir Oliboni (PT) - R$ 36.863,68
    10) Cassiá Carpes (PP) - R$ 39.867,90
    11) André Carús (PMDB) - R$ 40.532,52
    12) Mauro Pinheiro (Rede) - R$ 40.532,72
    13) Pablo Mendes Ribeiro (PMDB) - R$ 40.973,87
    14) Paulinho Motorista (PSB) - R$ 41.603,09
    15) Paulo Brum (PTB) - R$ 43.141,40
    16) Roberto Robaina (PSOL) - R$ 45.014,67
    17) Alvoni Medina (PRB) - R$ 45.224,86
    18) Airto Ferronato (PSB) - R$ 46.580,42
    19) Comandante Nádia (PMDB) - R$ 47.455,76
    20) João Carlos Nedel (PP) - R$ 49.446,53
    21) Valter Nagelstein (PMDB) - R$ 52.022,38
    22) Tarciso Flecha Negra (PSD) - R$ 53.399,45
    23) José Freitas (PRB) - R$ 53.897,69
    24) Cassio Trogildo (PTB) - R$ 55.329,99
    25) Rodrigo Maroni (Podemos) - R$ 58.130,64
    26) Humberto Goulart (PTB) - R$ 64.569,05
    27) Luciano Marcantônio (PTB) - R$ 64.703,75
    28) Sofia Cavedon (PT) - R$ 67.826,89
    29) Moisés Barboza (PSDB) - R$ 69.139,96
    30) Thiago Duarte (DEM) - R$ 71.267,86
    31) Adeli Sell (PT) - R$ 73.737,90
    32) Cláudio Janta (SD) - R$ 81.611,08
    33) Reginaldo Pujol (DEM) - R$ 86.383,67
    34) Idenir Cecchim (PMDB) - R$ 91.840,38
    35) Mauro Zacher (PDT) - R$ 93.859,24
    36) Márcio Bins Ely (PDT) - R$ 117.858,49

  • PRIVATIZAÇÕES

    Diz uma pesquisa da Datafolha que 7 em cada 10 brasileiros são contra as PRIVATIZAÇÕES. Lamentável. A pergunta certa que os pesquisadores deveriam fazer: você concorda em pagar a conta dos rombos promovidos pelas estatais???? Certamente que as respostas seriam bem diferentes. 

  • NATAL NOS SUPERMERCADOS

    Enquanto reorganizam os estoques e as lojas para a semana que antecede o Réveillon, a partir desta terça-feira (26), os supermercados gaúchos contabilizam os resultados positivos, em média 5% superiores ao do ano passado, registrados com as vendas de produtos típicos para as comemorações do Natal. Um balanço divulgado ontem pelo presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, mostra que o calendário deste ano, que proporcionou a concentração das compras de Natal pelos consumidores no final de semana, foi favorável aos comerciantes - cerca de 20% das vendas de dezembro foram realizadas nesta sexta, sábado e domingo.

FRASE DO DIA

O que a maioria das pessoas não entende é que enquanto os liberais querem apenas o legítimo direito de governar suas vidas, os estatistas, à esquerda e à direita, querem o legítimo privilégio de governar a vida alheia.

Roberto Rachewsky