Artigos Anteriores

NOTA ZERO PARA A DIPLOMACIA

ANO XIV - Nº 007/14 -

VIAGENS AO EXTERIOR

A mídia brasileira, no que diz respeito aos resultados obtidos com as viagens do presidente Lula ao exterior, tem se expressado de forma sempre muito positiva, o que nos leva a entender que o Brasil está sendo muito considerado, invejado e bem reconhecido lá fora.

PROTOCOLAR

A repetição constante da frase proferida por Obama, ao dizer que Lula é o cara, dá uma boa idéia ao que estou me referindo. E é nesses casos que se nota a falta de percepção, mais por excesso de ingenuidade, de que o tratamento dado ao Brasil, assim como outros países, é protocolar, ocasião em que os elogios quase sempre abundam.

REVESES

Como já são inúmeras as derrotas colhidas por este governo no campo diplomático, (não na economia) já é tempo dos brasileiros perceberem que a história contada pela imprensa brasileira está repleta de falsidades e equívocos. A prova está nas nossas pretensões internacionais que não param de sofrer tantos reveses.

PARA RECORDAR

Recordemos algumas péssimas atitudes diplomáticas que marcaram o Brasil na paleta: 1- A aproximação perigosa e constante com Hugo Chávez. 2- O interesse recente de querer receber o presidente do Irã, o que acabou não acontecendo por detalhe.3- O inexplicável interesse em querer dar asilo ao criminoso italiano, Cesare Batistti, condenado pelo governo italiano por vários crimes. 4- O rumoroso e intrigante caso do integrante da alta hierarquia da organização terrorista Al Qaeda, que foi preso no Brasil há cerca de dois meses, segundo o Ministério da Justiça.

DERROTA E VEXAME

Agora, além da derrota sofrida junto a OMC na eleição para a vaga no Tribunal Internacional de Haia, a ministra Ellen Grace, indicada para o cargo, também foi vitimada por enorme vexame. Para disfarçar, o pretexto usado para rejeitar a escolha de Ellen Grace foi a sua pouca experiência comercial. Viram como funciona?

PAGAR O PATO

O que vai sobrar do episódio é conhecido: o governo vai gritar aos quatro ventos que o Brasil é perseguido pelos países do primeiro mundo. Para o povo, que tem baixo nível de escolaridade, nós seremos taxados de vítimas. Tal como acontece com o povo cubano, os americanos vão pagar mais esse pato.

PAÍS HOSPITALEIRO

Só para esclarecer a notícia do membro da Al Qaeda, até onde se sabe: O Ministério da Justiça informou que o homem, cujo nome não foi divulgado, já foi solto e que ele não deve ser expulso do país. Entre os supostos motivos para permitir a permanência dele aqui, segundo fontes do Ministério, estaria a comprovação de estabilidade no país, como o casamento com uma brasileira. Brasil: País hospitaleiro. Que tal?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • ENTRADA DE DÓLARES
    O fluxo cambial, que mede a entrada e saída de dólares no país, ficou positivo em US$ 3,086 bilhões nos 22 primeiros dias de maio, segundo dados do BC. Trata-se do melhor resultado desde abril do ano passado, quando entraram no país US$ 6,7 bilhões.
  • PETROBRÁS
    O banco Goldman Sachs inseriu as ações da Petrobrás em sua lista de convicção de compra, de acordo com matéria publicada pela agência Bloomberg, que teve acesso a relatório enviado a clientes.
  • RISCO
    A agência de classificação de risco Fitch Ratings elevou de BBB- para BBB a nota da Vale e da subsidiária Vale Inco para suas emissões em moeda estrangeira.
  • VALE-COMPRAS
    Depois da promoção de dia das mães, que deu três vale-compras de R$ 30 mil, o Iguatemi aposta na mesma fórmula para presentear os namorados no próximo dia 12 de junho. Desta vez estão em jogo R$ 60 mil divididos em dois vale-compras de R$ 30 mil.

FRASE DO DIA

O HOMEM É A MEDIDA DE TODAS AS COISAS.

Pitágoras