Artigos Anteriores

NÓS AMAMOS SER ENGANADOS

ANO XIV - Nº 007/14 -

PERDIDOS NO ESPAÇO

Quando vejo as contundentes manifestações diárias, vindas de todos os setores da sociedade brasileira, onde são despejadas as iras contra as altas taxas de juros, câmbio apreciado e impostos exagerados, percebo, com grande clareza o quanto adoramos viver enganados e perdidos. O Brasil, como todos sabem, têm muitos problemas. E todos eles originados pelo excesso de direitos concedidos, constitucionalmente, ao longo do tempo, para determinados feudos sociais cujos preços são, cada vez, mais tenebrosos. Para poderem ser suportados pela sociedade, as nossas taxas de juros precisam ser mesmo muito altas. Assim como a carga tributária precisa ser também muito elevada.

MAIS UMA VEZ

Volto a tocar no assunto que, só neste ano já tratei mais de cinqüenta vezes. ano. E não devo desistir jamais de chamar sempre a atenção do quanto a nossa sociedade se equivoca em fazer as manifestações. Por isto, e de forma reiterada, afirmo que, enquanto as causas não forem efetivamente atacadas, estes efeitos, sempre reclamados por todos os setores, não tem como serem debelados definitivamente. Sem reformas adequadas e suficientes, jamais vamos deixar de ser terceiro-mundistas. E nunca entraremos para o bloco das Nações sérias que pretendem ter uma economia forte e um povo bem educado.

QUESTÃO DE LÓGICA

Uma andorinha só não faz verão. Felizmente acabo de encontrar outras companhias que estão dizendo a mesma coisa. Embora cedo para festejar qualquer resultado, espero que estejamos um pouco mais perto do convencimento dos reclamantes. Eles, equivocadamente, só choram as conseqüências, quando, e tão somente, só deveriam criticar fortemente as causas que levam os juros e impostos ao patamar muito elevado. O que é preciso ficar bem claro é que, uma vez atacadas as causas, aqueles efeitos cessam. Simplesmente deixam de existir. É uma mera questão de lógica, gente.

INVESTMENT GRADE

Na semana passada, o principal executivo da área de crédito da Moody?s, uma das maiores agências internacionais de classificação de risco de crédito, disse que para o Brasil chegar ao importante Investment Grade tem que superar duas pesadas graduações. E, para tanto, só com reformas sociais e econômicas que infelizmente relutamos em fazer. As nossas melhoras, que têm sido razoavelmente boas, ainda deixam muito a desejar se comparadas com países que já fizeram a lição que nós sempre adiamos ou não queremos.

ASSUNTO ÁRIDO

Este assunto é, com certeza, muito árido. Por isto não há muita gente disposta a entender o problema em que estamos metidos. O que explica a razão de muita gente ficar mais satisfeita com a adoção de soluções sempre mais simplistas, tipo canetada de governos. A sociedade vive, assim, um velho círculo altamente vicioso: a imprensa nunca se mostra interessada em conhecer e divulgar onde começam as doenças econômicas e sociais assim como os remédios efetivos para a cura delas. E a sociedade, muito mal informada por esta mesma imprensa, acaba se interessando mais por futebol, que aparentemente é mais fácil de compreender.

APARENTEMENTE

Repito: aparentemente. Até porque, com tanto espaço destinado a este esporte, pouca gente sabe que gol anulado é coisa que jamais existiu na regra do futebol. E mesmo assim, os comentaristas, repórteres, dirigentes, e torcedores fazem sempre esta afirmação. É muita burrice. Só para entender: a bola até pode entrar no gol, mas se houve alguma infração antes dela entrar, não houve anulação do gol. Houve, isto sim, a constatação da infração, local onde a bola reinicia o jogo. Digam isto para o Malão Bueno e todos mais.

BANCO SIM

O presidente do Banrisul recebe o governador do Estado e a Imprensa, na terça-feira, 25, para a apresentação do Banco SIM Banrisul, o banco para a população não-bancarizada. O encontro, durante café da manhã, será às 9 horas, no quarto andar do edifício-sede, na Rua Caldas Júnior, 108.

LÍDERES E VENCEDORES

Os vencedores do 11º Prêmio Líderes & Vencedores serão anunciados em entrevista coletiva à imprensa na próxima segunda-feira, dia 24 de outubro, às 10h, na Federasul, em Porto Alegre.

HAPPY PIZZA

Na segunda-feira, 24, o lançamento do Happy Pizza, o Happy Hour da Forneria Dado Bier, produzidas em autêntico forno à lenha.

PALESTRA

No dia 27, 5ªfeira, das 19h às 22h, com o tema - Reforma Tributária: Uma visão Federalista -, o economista-chefe da Federasul, Alfredo Marcolin Peringer, também Membro do Conselho Consultivo do Instituto Federalista ? IF ? Brasil fará uma palestra. Na Assembléia do RS.

TECNOLOGIA IP

A Semana de Tecnologia IP, que acontece de 24 a 28 de outubro, mudou de local e se realizará na Sede da SOFTSUL (Padre Chagas, 79, conj. 702 ? Moinhos de Vento). Composta de cinco cursos, a Semana tem como objetivo apresentar os principais serviços e aplicações que empregam a tecnologia IP, descrever cada serviço de forma prática e objetiva além de oferecer atualizações de conceitos e tecnologias.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

O SOBERANO SEMPRE PROCEDE MAL AO FALAR COLÉRICO.

N.Bonaparte