Artigos Anteriores

NEUROCIÊNCIA

ANO XIV - Nº 007/14 -

BUSCA DO ESCLARECIMENTO

Nesta minha incessante busca do entendimento sobre o comportamento absolutamente passivo do povo brasileiro, principalmente nas questões econômicas, me deparei com alguns artigos acadêmicos escritos pelo neurocientista britânico da Universidade da Califórnia, Peter Whybrow.

AMERICAN MANIA

Por ter aprofundado seus estudos na sociedade americana, Whybrow sustenta que os seres humanos são neurologicamente inadequados para serem americanos modernos. Como escreveu no seu livro - American Mania -, o cérebro humano evoluiu durante centenas de milhares de anos em um ambiente definido por escassez. Não foi, portanto, projetado para um ambiente de abundância extrema.

NÚCLEO DO LAGARTO

Daí os seres humanos serem possuidores de cérebros limitados, segundo Whybrow. Ou seja: temos o núcleo de um LAGARTO COMUM. Somos programados para adquirir o máximo que podemos de coisas que percebemos como escassas, especialmente sexo, segurança e comida.

BOLO DE CHOCOLATE

Exemplo: mesmo uma pessoa de dieta, que evita se aproximar de uma fatia de bolo de chocolate, terá dificuldade para se controlar se a fatia de bolo chegar até ela. Os donos de confeitarias sabem disso e a neurociência, idem, diz Whybrow. Naquele momento, como o valor do bolo excede o valor da dieta, ninguém quer pensar no futuro.

DISFUNÇÃO FISIOLÓGICA

O que estamos fazendo como esta expansão desmedida do crédito em relação a nossa renda per capita ainda muito pequena, por exemplo, é exatamente isso. Estamos minimizando o uso da parte do cérebro que os lagartos não têm, informa Whybrow. Criamos a disfunção fisiológica. Perdemos a capacidade de autocontrole, em todos os níveis da sociedade.

FUNDO DO POÇO

Como termina tudo isso? Do jeito que os americanos estão vendo, certamente. Whybrow crê que embora muita gente saiba que estas aventuras econômicas não se sustentam no prazo longo, O POVO PREFERE VER O FUNDO DO POÇO.Quando nos recusamos a nos controlar, os únicos reguladores passam a ser o nosso ambiente e as privações que ele nos impõe. Para que ocorra uma mudança significativa precisamos que o ambiente nos ministre o nível de dor necessário.

INSOLVÊNCIA DE SERVIÇOS

Se muita gente no mundo está preocupada com o nível de INSOLVÊNCIA FINANCEIRA dos seus bancos e governos falidos, a nossa preocupação deveria se voltar para a nossa impiedosa INSOLVÊNCIA DE SERVIÇOS PÚBLICOS. O que diria a NEUROCIÊNCIA sobre isto? Gostaria de saber a opinião de Whybrow após ser informado que pagamos a maior carga tributária do universo sem receber 10% em troca. Creio que o neurocientista vai surtar...

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • PRAZER EM SER ROUBADO
    O povo brasileiro adora ser roubado. Passivo, não se incomoda em ver o Congresso dar mais R$ 1 bi para ONGs. Fontes de irregularidades no primeiro ano do governo Dilma, entidades devem receber R$ 3,4 bilhões em 2012. Pode?Com as emendas parlamentares aprovadas pelo Congresso, os gastos com as ONGs poderão alcançar R$ 3,4 bilhões - 42% mais em relação à proposta original de R$ 2,4 bilhões.
  • IGP-M
    O IGP-M registrou, no primeiro decêndio de janeiro, taxa de variação de -0,01%. Em dezembro, no mesmo período de apuração, a taxa foi de 0,04%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem do primeiro decêndio de dezembro para o primeiro decêndio de janeiro: IPA, de -0,16% para -0,23%, IPC, de 0,33% para 0,56%, e INCC, de 0,71% para 0,10%.
  • RECOMPRA DE AÇÕES
    O Conselho de Administração da Gerdau aprovou a realização de um novo programa de recompra de ações da própria companhia. As operações serão realizadas nas bolsas de valores de São Paulo e de Nova York, a preços de mercado, entre os dias 12 e 20 deste mês. O objetivo é atender exclusivamente aos programas de incentivo de longo prazo da empresa e suas subsidiárias. Conforme fato relevante divulgado hoje, serão adquiridas até 2.693.000 ações preferenciais, sendo 1.393.000 sob a forma de ADRs (recibos de ações negociados no exterior), o que corresponde a aproximadamente 0,31% dos papéis preferenciais em circulação.
  • CICLO DE CINEMA
    Amanhã, 12, o Instituto de Estudos Empresariais (IEE) inicia o Ciclo de Cinema, Cultura e Liberdade, evento inédito promovido pelo IEE como Warm Up para o 25° Fórum da Liberdade. Serão quatro sessões, em datas distintas, apresentando filmes seguidos de discussão com especialista na área temática proposta e coquetel. A primeira sessão de cinema, nesta quinta-feira, abordará o tema Sistema de Saúde, com a apresentação do filme Sicko: SOS Saúde (2007), do diretor norte-americano Michael Moore. O convidado especial que irá debater o assunto após o filme será o economista Rodrigo Constantino. A sessão inicia às 18h30, no StudioClio, em Porto Alegre/RS (Rua José do Patrocínio, 698 ? Cidade Baixa).

FRASE DO DIA

Um espinho de experiência vale toda a selva de avisos.

James Russell Lowell