Artigos Anteriores

MOURÃO E A PETROBRÁS

ANO XIV - Nº 007/14 -

VISITA DE MOURÃO À PETROBRÁS

Na última sexta-feira, 9, como foi amplamente noticiado, o vice-presidente eleito da República, general Hamilton Mourão, fez uma visita a diretoria da Petrobrás, onde, na companhia do presidente da estatal, Ivan Monteiro, assistiu a um vídeo cujo conteúdo destaca a grande e boa recuperação da empresa.

BEM IMPRESSIONADO

Após muito conversar e querer saber o máximo possível sobre a recuperação da -saqueada- estatal, e receber todas as informações sobre os resultados apresentados no balanço do terceiro trimestre, o vice-presidente declarou que - ficou muito satisfeito e bem impressionado com a atual situação da Petrobrás.

GOVERNO TEMER

Pois, a bem da verdade, gostando ou não do presidente Temer, o fato é que depois que assumiu o governo, a Petrobrás, a Eletrobrás, o BNDES, a Caixa, e o Banco do Brasil, para ficar somente com estas estatais, não só deixaram de ser alvos dos até então costumeiros ATOS DE CORRUPÇÃO, como, principalmente, passaram a ser bem administradas. Isto graças, principalmente, a aprovação da Lei das Estatais.

VENDA E/OU FECHAMENTO

Detalhe importante: - Continuo afirmando, alto e bom tom, que o melhor para o Brasil é a venda de todas as estatais. Aquelas que, por ventura, não forem do interesse de eventuais compradores, o destino é o fechamento imediato, levando os ativos a serem colocados à venda por leilão sem preço mínimo. Isto é, sem dúvida, o melhor para o povo brasileiro.

LEI DAS ESTATAIS

Enquanto somos obrigados a conviver com tantos dinossauros, ao menos podemos festejar a existência da feliz -LEI DAS ESTATAIS-, aprovada em junho de 2016 com o esforço do presidente Temer. A Lei 13.303/16 estabelece, por exemplo, que para nomeação de membro do Conselho de Administração ou Diretoria de empresas estatais, é preciso que o mesmo ateste: 

1- ter experiência profissional de, no mínimo, dez anos, no setor público ou privado, na área de atuação da empresa pública ou da sociedade de economia mista ou em área conexa àquela para a qual forem indicados em função de direção superior; ou

2- quatro anos ocupando pelo menos um dos seguintes cargos: cargo de direção ou de chefia superior em empresa de porte ou objeto social semelhante ao da empresa pública ou da sociedade de economia mista, entendendo-se como cargo de chefia superior aquele situado nos dois níveis hierárquicos não estatutários mais altos da empresa;
3.- cargo em comissão ou função de confiança equivalente a DAS-4 ou superior, no setor público;

4.- cargo de docente ou de pesquisador em áreas de atuação da empresa pública ou da sociedade de economia mista; quatro anos de experiência como profissional liberal em atividade direta ou indiretamente vinculada à área de atuação da empresa pública ou sociedade de economia mista;

5.- ter formação acadêmica compatível com o cargo para o qual foi indicado; etc...

GOVERNANÇA E PUBLICIDADE

Resumindo: - a Lei das Estatais trouxe pontos importantes ao impor requisitos mínimos para nomeação de cargos de governança das empresas públicas e corrigiu o ponto crítico e responsável por todo abalo na economia do país, gerando mais confiança nas empresas públicas.

Mais: determinou limites e regramentos específicos quanto ao vulto das despesas de publicidade, completando o ponto necessário nesse respeito ao que já trazia as Lei nº 12.232/2010 (Licitação e contratação pela Administração Pública de Serviços de Publicidade por Agência de Propaganda) e Lei nº 4.680/65 (Lei da Propaganda).

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • VAREJO

    As vendas varejistas no conceito restrito – que não consideram veículos e materiais de construção – recuaram 1,3% em setembro. Tal resultado reverteu parte da alta de 2,0% observada em agosto. Em setembro, destaque negativo para a queda de 1,2% das vendas nos supermercados, recuo maior que o sugerido pela Abras.

  • BANRISUL -BALANÇO NOVE MESES

    O Banrisul alcançou, nos primeiros nove meses de 2018, lucro líquido de R$ 796,1 milhões, incremento de 48,4% em relação ao lucro registrado no mesmo período de 2017. A rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido médio foi de 15,1%. O desempenho do Banco no período reflete a expansão da margem financeira, o menor fluxo de despesas de provisão para crédito e o aumento das receitas de tarifas e serviços, entre outros fatores.
    O patrimônio líquido atingiu R$ 7,3 bilhões em setembro de 2018, crescimento de 7,7% ou R$ 520,8 milhões em um ano. Os ativos totais apresentaram saldo de R$ 75,8 bilhões, com ampliação de 6,3% em relação a setembro de 2017, proveniente, em especial, do aumento dos depósitos.
    O total de recursos captados e administrados foi de R$ 65,3 bilhões, com expansão de 7,7% em 12 meses. O saldo das operações de crédito do Banrisul totalizou R$ 31,7 bilhões, com crescimento de 4,1% ou R$ 1,3 bilhão nos 12 meses. O resultado é em decorrência, especialmente, da carteira comercial, que registrou saldo de R$ 22,7 bilhões, com aumento de R$ 1,3 bilhão ou 6,0% em um ano.

  • OUTLET DE ARTESANATOS

    Peças de artesanato e decoração de 15 países diferentes estarão no 1º Outlet de Artesanatos Internacionais e Decoração, que acontece no Bourbon Wallig. Até o dia 25 de novembro, o evento reunirá expositores que trarão peças exclusivas, acessórios e móveis de lugares como Tunísia, Índia, Paquistão, Peru, Quênia, África do Sul, Senegal e também de regiões do Brasil. O público poderá conhecer um pouco mais da cultura de cada um desses países e adquirir peças que caracterizam os costumes de diferentes povos. O preço das peças varia entre R$ 5 e R$ 5 mil, incluindo artigos de decoração, objetos de cama e mesa, utilidades domésticas, roupas e acessórios, entre outras opções.
    O evento tem entrada gratuita, mas, quem desejar, poderá trazer brinquedos novos ou usados que serão doados para instituições que promovem o atendimento de crianças em vulnerabilidade social no período do Natal. A feira acontece entre as 14h e as 21h no 4º andar do Bourbon Wallig, junto à Praça de Alimentação.

FRASE DO DIA

A visão do governo sobre a economia poderia ser resumida em poucas frases curtas: 'Se ela se movimenta, taxe-a. Se ela continua se movimentando, regule-a. E se ela para de se mover, subsidie-a'.

Ronald Reagan