Artigos Anteriores

MANIFESTANTE OU CRIMINOSO?

ANO XIV - Nº 007/14 -

CRIMINOSOS

A mesma imprensa que define como CRIMINOSOS  aqueles que, através de câmeras e microfones escondidos (ou não), praticam atos de desvios de dinheiro público, por razões que ainda desconheço insiste em afirmar que os VÂNDALOS que destroem o patrimônio público ou privado não passam de MANIFESTANTES. Pode? 

ART. 163 DO CÓDIGO PENAL

Antes de tudo sugiro que os profissionais da mídia, para melhor informar seus leitores, ouvintes e telespectadores, leiam com atenção o que diz  o artigo 163 do Código Penal brasileiro. Ali está escrito, claramente, que VANDALISMO é CRIME. Mais:  o AUTOR DO DELITO fica sujeito a PRISÃO E MULTA, por danos ao patrimônio público, sendo que a  pena varia de seis meses a três anos de detenção, além das agravantes.
 

MANIFESTANTES?

Confesso que não sei de onde a mídia tirou que qualquer MANIFESTANTE, ao se posicionar contra alguma coisa que o incomoda, ou por algo que reivindica, garante o direito de quebrar e destruir patrimônio público e/ou privado.  

ALMA REBELDE?

 Vejam, por exemplo, o que acontece com as PICHAÇÕES de prédios públicos e privados: a mídia, em geral, trata os PICHADORES com grande simpatia. Vários colunistas chegam a dizer que estes CRIMINOSOS são ARTISTAS, do tipo que se deixam levar pela ALMA REBELDE. 

LEI ANTIVANDALISMO

Felizmente, dois prefeitos - João Doria, de São Paulo, e Nelson Marchezan Jr, de Porto Alegre - resolveram enfrentar o problema de forma direta e correta, ou seja, deixando claro que VANDALISMO é CRIME e como tal precisa ser tratado.

 

 

CIDADE SUJA

Ontem, ao encaminhar à Câmara de Vereadores o projeto de lei ANTIVANDALISMO, que endurece as penalizações na legislação para quem suja a cidade, o prefeito Nelson Marchezan Jr. ressaltou que a cidade não está limpa, e a culpa é de todos. 

 

PUNIÇÃO

Para o prefeito, todos cometem erros, mas precisam ser responsabilizados. “Pichador vai pagar multa pesada, a Guarda Municipal vai pegar pichador. E quem tem grande patrimônio e suja a cidade também será punido”, disse.

Marchezan lembrou, ainda, que qualquer pessoa poderá colaborar com a prefeitura denunciando quem depreda, picha ou suja as ruas, praças e prédios. “O espaço público não é espaço privado de correntes ideológicas”, citou.

 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • CAGED

    De acordo com os dados do Caged, em abril houve a criação líquida de 59,9 mil vagas de emprego formal. É, certamente, um bom indicador. Entretanto, sem a aprovação das reformas, a situação não vai  melhorar. 

  • NSC ou NOSSA SANTA CATARINA

    Está definido: em breve, a RBS TV em Santa Catarina passará a se chamar NSC (Nossa Santa Catarina). Este foi o nome que os próprios catarinenses escolheram para a emissora ao longo de 13 dias de consulta popular, na qual concorriam ainda DNC e LIG. A revelação da nova assinatura da afiliada da Rede Globo no Estado foi feita ontem, em primeira mão para os colaboradores da empresa. (Diário Catarinense)

  • PELO MUNDO

    Na Zona do Euro, a divulgação final do índice de preços ao consumidor (CPI) de abril confirmou a leitura prévia, ao mostrar aceleração para 1,9% no acumulado em doze meses, frente a 1,5% no mês anterior.

    No Japão, a produção industrial de março recuou 1,9% na comparação mensal, resultado levemente menos negativo que o apontado pela leitura prévia (-2,1%), após crescimento de 3,2% em fevereiro.

    Nos EUA, a produção industrial de abril surpreendeu positivamente, ao crescer 1,0% na comparação mensal frente expectativa de alta de 0,4%, após avançar 0,5% em março. O nível de utilização da capacidade industrial também mostrou crescimento, ao passar de 76,1% para 76,7% (consenso em 76,3%). 
     

FRASE DO DIA

Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito.

Pitágoras