Artigos Anteriores

LULA, O ARTILHEIRO

ANO XIV - Nº 007/14 -

MARCANDO GOLS

Não adianta ficar reclamando e sofrendo. Lula vai, e até deve, tirar o máximo proveito das notícias que dará aos brasileiros neste 2006. Pouco importa se governos anteriores contribuíram para que algumas obras estejam sendo concluídas pelo atual governo. Isto, gente, é igual aos gols marcados no futebol. Na maioria das vezes o que não tem qualquer importância é onde e como nasceu a jogada do gol. O importante, para a torcida, é quem marcou o tento. Mesmo que a bola só tenha sido empurrada para dentro. Portanto, o importante é quem marcou. Ele é quem vai para a galeria dos artilheiros.

INAUGURAÇÕES E COMEMORAÇÕES

A TV Digital, coisa que é esperada com grande expectativa até por aqueles que não terão condições imediatas de adquirir sequer o conversor, deverá ser definida e noticiada nos próximos 30 dias. Aliás, ontem foi noticiado este prazo e em setembro deverá ser inaugurada. Para o mês de março a Petrobrás já está montando a maior festa para Lula anunciar a perseguida auto-suficiência em petróleo. E muito mais, pelo que se sabe e imagina. A oposição, desesperada, vai precisar de muita munição para tentar neutralizar as divulgações que vão ajudar muito nas eleições de outubro.

OS RESPONSÁVEIS

É obvio que deve haver um forte argumento para poder explicar o mau desempenho da indústria gaúcha em 2005. Alias, foi o pior de todos desde 1992 quando foi criado o IDI ? Índice de Desenvolvimento Industrial. A minha convicção, no entanto, para números tão ruins, embora cada assinante/leitor do

RAZÕES

O primeiro, do PT, foi simplesmente destruidor, a ponto de levar o RS a ficar patinando pelos próximos 30 anos. Independente do terrível caso Ford, a expulsão de várias empresas e o desinteresse de outras em continuar por aqui é de assombrar. O segundo, do PMDB, chamado, inexplicavelmente, de -Terceira Via -, até que tentou recuperar alguns investimentos. Mas, por não ter sido ousado acabou mais por iludir seus eleitores. Preferiu culpar a estiagem, mas o que mais prejudicou o RS foi o aumento de impostos para os contribuintes. Alega que as empresas foram beneficiadas, mas na realidade elas acabaram prejudicadas pela renda suprimida aos consumidores.

LIQUIDA-EMPRESAS

O comércio de Porto Alegre está vivendo, mais uma vez, o seu tradicional período de liquidações. São muitas lojas que se juntaram ao chamado - Liquida Porto Alegre -. Porém, para os mais atentos, se percebe que muitos lojistas tentam atrair clientes convencidos de que estão tratando com antas e trouxas. Para estes é bom lembrar que são os próprios consumidores que também fazem o seu - Liquida Empresas -. Deixando de comprar de quem usa de esperteza acima do aceitável, muitas empresas acabam fechando suas portas definitivamente. O mercado, gente, é implacável. Não tem perdão.

O CASTIGO

Nada como um dia depois do outro. Os líderes europeus, exceto o primeiro ministro da Inglaterra, Tony Blair, depois de tudo que os EUA fizeram para salvar a Europa dos nazistas, se posicionaram contra a invasão no Iraque. E não foi só uma questão de ficar contra. Plantaram, com grande sucesso, com a colaboração dos meios de comunicação, um sentimento de ódio que acabou sendo colhido por uma grande parcela da população mundial.Agora, pelo que se tem notícia, o castigo foi maior do que o ódio destilado. Estão apavorados com as reações dos países árabes sobre as charges de Maomé. Que, diga-se de passagem, vão durar por muito tempo. A coisa, que começou na Dinamarca, se espalhou agora por toda a Europa onde muitos países se solidarizaram. Arrisco um palpite: os mesmos que pediram socorro na 2ª Guerra vão se ajoelhar pedindo a intervenção do xerife. Vai custar caro, podem ter certeza.

PAINEL

A revista AMANHÃ realiza na manhã do próximo dia 16 o evento Brasil de AMANHÃ 2006, que traçará as perspectivas políticas e econômicas para 2006. O tradicional painel de debates promovido pela publicação ? que este ano completa 20 anos - reunirá no próximo dia 16, em Porto Alegre, o ex-ministro da Fazenda, Maílson da Nóbrega, o empresário Jorge Gerdau, presidente do Grupo Gerdau, e o presidente do Banrisul, Fernando Lemos.

SELO

O selo que identificará as empresas que integram o Projeto Setorial de Software e Serviços do Rio Grande do Sul, realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio Grande do Sul (Sebrae/RS) e entidades parceiras, será lançado hoje, dia 9 de fevereiro. A divulgação acontecerá durante o evento de celebração dos resultados obtidos pelo programa no ano passado, que ocorrerá às 18h, na sede da Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul (Federasul), situada no Largo Visconde de Cairu, 17, em Porto Alegre.

CELULOSE

As fábricas da Aracruz em Barra do Riacho (ES) e Guaíba (RS) produziram 2,55 milhões de toneladas de celulose em 2005, superando em 2,4% a produção de 2004 (2,49 milhões). Foram 2.134.530 toneladas nas três fabricas de Barra do Riacho, com destaque para o desempenho recorde da Fábrica A, que produziu 551.662 toneladas; e 416.997 toneladas na fábrica de Guaíba. Quanto à qualidade do produto, 97,1% da celulose produzida em Barra do Riacho foi classificada como PE (Prime Export). Em Guaíba, esse índice foi de 94,1%.

CeBIT 2006

A Digistar (www.digistar.com.br) pretende surpreender o mercado de telecomunicações na CeBIT 2006. A empresa gaúcha participa pelo terceiro ano consecutivo da Missão organizada pela SOFTEX, através de seu agente SOFTSUL/RS, e a APEX-Brasil (Agência de Promoção de Exportações e Investimentos). Este ano a empresa destaca sua linha de equipamentos com tecnologia VoIP, que permitem a convergência de voz e dados, trazendo como principal benefício a redução de custo com ligações DDD e DDI. A CeBIT 2006 acontece de 09 a 15 de março, em Hannover, na Alemanha.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

A LIBERDADE CIVIL DEPENDE DA SEGURANÇA DA PROPRIEDADE.

N. Bonaparte