Artigos Anteriores

LEITURA OBRIGATÓRIA

ANO XIV - Nº 007/14 -

CAFÉ PEQUENO

A leitura (reputo como obrigatória) do livro -Assassinatos de Reputações- do ex-secretário de Justiça, Romeu Tuma Júnior, reforça de forma muito clara tudo aquilo que boa parte da sociedade brasileira já estava convencida: o que levou o Brasil à Revolução de 1964 já é considerado café pequeno se comparado com o que estamos assistindo hoje no nosso pobre país.

SEM JUÍZO

Pois, de antemão, pelas conversas que venho mantendo e, principalmente, através das centenas de mensagens que, diariamente, passei a receber de tantos que leram (ou estão lendo) o livro de Tuma, percebo que a maioria desses fortemente preocupados já não tem mais juízo.

NA CRUZ

Faço esta afirmação porque ao exigir que sejam apuradas as denúncias apontadas pelo ex-secretário da Justiça, essa turma deixa evidente que não percebeu que, diante do Estado Totalitário que o Brasil já vive, quem denuncia ou manifesta descontentamento é que passa a ser não só investigado, mas ao mesmo tempo colocado na cruz.

SINCERICÍDIO

Como bem diz Tuma Júnior, quem se atreve a contar a verdade num ambiente totalitário precisa saber que está cometendo o SINCERICÍDIO. A propósito: como só comento e/ou dou opinião sobre fatos, nunca sobre versões, vejo que diariamente entro de corpo e alma nesta categoria.

MARANHÃO

Bem, deixando de lado o livro Assassinato de Reputações, que prometo voltar a tecer comentários a qualquer momento, vejo que o Estado que não sai das manchetes dos noticiários do país é o Maranhão, governado pela filha de José Sarney, Roseana Sarney.

MÍDIA ABERTA

Pois, pelo que deixa a entender, a mídia aberta (e grande parte daqueles que se deixam influenciar pelos jornais) só enxerga problemas do tipo naquele Estado. Pelos noticiários fica a impressão (falsa) de que os demais estados da federação estão livres dos mesmos (e outros mais) problemas apontados no Maranhão.

RS

Vide, por exemplo, as mazelas que atingem o RS, onde tudo que acontece no péssimo Presídio Central (que não é diferente do presídio do Maranhão) é coisa mínima se comparado com o que o mau governador Tarso Genro está fazendo com as já combalidas contas públicas do Estado.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • FOCUS
    Segundo o boletim Focus, divulgado hoje, o déficit em conta corrente deve fechar 2014 em US$ 71,60 bilhões, ante expectativa anterior de um rombo de US$ 71,30 bilhões, mesmo patamar de quatro semanas atrás. Já para 2015, as previsões seguiram em um déficit de US$ 71,10 bilhões ao final do ano, ante previsão de resultado negativo de US$ 71,60 bilhões um mês antes.
  • INSS
    Os benefícios pagos pelo INSS a partir de janeiro de 2014 serão reajustados em 5,56%, segundo informa o Ministério da Previdência Social. Na edição de hoje do Diário Oficial da União consta que:a partir de 1º de janeiro de 2014, o salário-de-benefício e o salário-de-contribuição não poderão ser inferiores a R$ 724,00 nem superiores a R$ 4.390,24.
  • SELIC
    Analistas da maioria das instituições financeiras acreditam que a taxa Selic será elevada em 0,25 ponto percentual nesta semana. A conferir.
  • ESQUERDA CAVIAR
    Hoje, 13, o pensador Rodrigo Constantino, presidente do Instituto Liberal e autor de diversos livros, participará do primeiro jantar-debate de 2014 do Instituto de Estudos Empresariais (IEE). Na ocasião, abordará o tema -Esquerda Caviar-, título da sua última obra. O evento, fechado para associados do IEE, ocorre às 19h30min, no Novotel Três Figueiras.

FRASE DO DIA

A criança diz o que faz, o velho diz o que fez e o idiota o que vai fazer.

Barão de Itararé