Artigos Anteriores

GUINÉ DITATORIAL

ANO XIV - Nº 007/14 -

UMA HOMENAGEM E TANTO

Como todos sabem são muitos, e variados, os assuntos que precisam e merecem ser abordados, para que mais e mais brasileiros tenham clara noção das causas e consequências dos nossos males. Os quais, diga-se de passagem, além de não serem poucos são pra lá de complicados.

 

 

 

CONSCIÊNCIA SUFOCADA

Pois, mesmo assim, não é que até a maior festa popular do país - O CARNAVAL -, que por si só já é motivo para mostrar o quanto ele é capaz de deixar muita gente alienada, veio a contribuir, de forma substancial, para que eu escrevesse este editorial tentando esclarecer o quanto os brasileiros, em geral, estão com a consciência totalmente sufocada.
 

ESCOLAS DE SAMBA

Falo (ou escrevo, melhor dizendo), especificamente, sobre o maior espetáculo televisivo que representa o desfile das Escolas de Samba do -Grupo Especial-, que na edição deste ano sagrou-se campeã, como o mundo todo sabe, a Beija Flor, de Nilópolis.

GUINÉ EQUATORIAL

Primeiramente, vale a pena reconhecer que, caso a Beija Flor não tivesse sido a vencedora, o fato de ter homenageado a Guiné Equatorial-, país absolutamente dominado por uma ditadura, não teria despertado interesse algum, tanto por parte da mídia quanto por parte dos espectadores. 

GUINÉ DITATORIAL

Porém, como a Beija Flor ganhou o troféu, só depois de ter sido anunciada campeã é que muita gente teve ideia (ou foi devidamente informada) de que a -Guiné Ditatorial, ou Equatorial- é dominada pelo tirano Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, que está há 35 anos no poder.

DISCUSSÃO ABSURDA

O que está sendo discutido, como propõe o jornal O Globo (somente agora, ou depois da vitória), como se fosse algo vital, é que a Beija Flor teria recebido R$10 milhões de reais do governo do ditador Mbasogo. Ora, o que menos importa, tanto agora quanto no dia em que a direção da Escola se decidiu pela homenagem que resolveu prestar ao país dominado por um ditador, é o fato de ter sido um real ou dez milhões de reais.  

ORIGEM DO DONATIVO

O que importa, como estamos assistindo por todos os cantos, é que os brasileiros (em geral) estão de tal forma com suas consciências sufocadas que não querem saber a origem do donativo (???): o que realmente interessa, infelizmente, é que basta alguém aparecer com disposição de pagar a conta para que todos aplaudam e rendam homenagens. Pode?  

PROMOÇÃO DE DITADORES

Eu não creio que a Beija-Flor de Nilópolis morra de amores pela ditadura que é praticada na Guiné Equatorial. Mas é deprimente que aceite dinheiro oriundo de um país cujo líder que quer se promover a base de dinheiro do povo para eventos no nosso país.

Aliás, em 2006, uma outra escola de samba, a Vila Isabel, também foi agraciada por um ditador. É o caso do Hugo Chávez, então presidente da Venezuela, que deu dinheiro do povo venezuelano para garantir a festa da escola na Sapucaí. Que tal? 
 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • COMENTÁRIO OPORTUNO

    Eis o oportuno comentário, cheio de indignação, feito pela advogada Magda Brossard Iolovitch, filha do ex-ministro da Justiça e ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Paulo Brossard -- à indignação com a nota da OAB em defesa de José Eduardo Cardozo:

    Sou advogada, inscrita na OAB/RS. Votei na chapa que elegeu Cláudio Lamacchia para o Conselho Federal da OAB, depois de uma ótima gestão na OAB/RS. Lamacchia, agora Vice-Presidente da OAB nacional, assina esta nota lamentável, triste, patética. Já me manifestei a ele pelo twitter. Esta nota parte de omissões, de fatos distorcidos, para não dizer falsos. Fala nas prerrogativas dos advogados, ok. Mas aqui não se trata disso. A OAB não pode defender que um Ministro da Justiça, também advogado, receba advogados às escondidas para dizer que uma operação da PF-MPF- Poder Judiciário vai ser amolecida! Uma operação que busca enfrentar a corrupção, um mal que corrói nossas instituições! A nota da OAB trata de uma meia-verdade, e por isto é mais vergonhosa! Acrescento: meu pai, advogado formado há quase setenta anos, foi Ministro da Justiça. Jamais fez coisa semelhante. Sempre teve a noção dos deveres do cargo. Deste, e de todos os que exerceu. Nunca fez nada escondido, e sempre defendeu a coisa pública. Entrou e saiu de cabeça erguida. Estou envergonhada e constrangida pela nota da OAB, que distorce os fatos. Raymundo Faoro, colega de meu pai na Faculdade de Direito, que presidiu a OAB, também estaria envergonhado pelos rumos que tomou a entidade.

    Magda Brossard Iolovitch

  • FIGITAL

    O conceito de varejo “figital” foi uma das tendências vistas na maior feira mundial do varejo, Retail Big Show – NRF, deste ano. A integração do estoque de lojas físicas e virtuais vai dar mais autonomia aos clientes que poderão consultar no site e localizar o estabelecimento mais próximo que tenha o produto desejado.

    Para ampliar as estratégias nesse sentido, o Instituto CDL promoverá a capacitação sobre gerenciamento de estoque nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro.

     Informações adicionais e inscrições podem ser solicitadas através do e-mail: institutocdl@institutocdl.org.br ou pelo telefone (51) 3017.8080.
     

FRASE DO DIA

Para povo desonesto, governante desonesto.

Manúcio