Artigos Anteriores

GRÉCIA E BRASIL - NA MESMA ROTA

ANO XIV - Nº 007/14 -

GOVERNO FROUXO

A Grécia, o mundo todo sabe, chegou à beira da falência por uma única causa: o governo grego, além de muito frouxo se mostrou extremamente gastador do dinheiro público. Pois, para desespero de quem tem algum discernimento, o governo brasileiro, por questões ideológicas, está trilhando a mesma rota do mal experimentado pela Grécia. Basta observar a irresponsável gastança pública.

NA CONTRAMÃO

Enquanto o governo brasileiro não se convence de que dirige criminosamente na contramão, o que antecipa a existência de uma forte colisão mais à frente, o governo da Grécia, por pura necessidade, já anunciou que precisa mudar de rota.

REDUÇÃO DO DÉFICIT PÚBLICO

Ontem, por exemplo, o governo grego adotou uma imposição necessária de desemprego técnico para 30.000 funcionários públicos até o final de 2011, numa drástica tentativa de reduzir o déficit público no país.

AQUI, JAMAIS

Tão logo li esta notícia lamentei que esta importante atitude jamais será tomada no Brasil. Primeiro, por absoluta falta de coragem. Segundo, porque servidor público jamais é demitido no Brasil. E, terceiro, porque também é proibida a redução salarial.

O FATOR DESEMPENHO

Os gregos, não por vontade, mas por pura necessidade, se deram conta de que a economia tanto pode crescer como encolher. Dependendo do desempenho das atividades, admissões ou demissões se impõem, pouco importando se no setor privado ou público.

NEM AÍ

Mesmo sabendo disso, os governantes brasileiros não estão nem aí: mesmo que a economia entre em recessão, a responsabilidade é entregue, exclusivamente, ao setor privado, aos consumidores e aos contribuintes em geral. Que tratem de renunciar ao consumo, pois os salários dos servidores, e seus fantásticos aumentos conquistados em movimentos grevistas corporativos, precisam ser pagos. Com detalhe cruel: os prêmios não são entregues só aos servidores que estão na ativa. Os aposentados, abrigados pela injusta lei da integralidade salarial, também recebem proventos com todos os aumentos obtidos pelos que estão na ativa. Pode?

EMPREGO DE UM...

Isto tudo, mais uma vez, significa o seguinte: para que um funcionário público se mantenha empregado (com supersalários e seus efeitos de encadeamento) vários empregos da iniciativa privada precisam, necessariamente, ser sacrificados. Não importa quem paga a conta de quem.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • OUTUBRO ROSA
    Lançada ontem, no Rio de Janeiro, a edição deste ano da mobilização mundial conhecida como Outubro Rosa, para alertar sobre os riscos do câncer de mama, pretende chamar a atenção para a importância de as mulheres fazerem regularmente a mamografia. A campanha espalha a cor por pontos turísticos de diversas cidades, entre outras ações. O exame, que pode diagnosticar precocemente o surgimento de um tumor, contribui para aumentar as chances de cura e reduzir as mortes causadas pela doença. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), este ano devem ser registrados cerca de 50 mil novos casos de câncer de mama no Brasil.
  • RELATÓRIO SOCIAL
    O Grupo Zaffari acaba de lançar o relatório social de marca referente ao ano de 2010. Esta é a segunda edição da publicação intitulada ?Ser?, que anualmente descreve a participação do Grupo Zaffari em projetos culturais, sociais e de sustentabilidade. Além da versão impressa, o relatório possui uma edição online disponível à comunidade, pelo site www.grupozaffari.com.br.
  • EXPANSÃO
    O Banrisul anuncia amanhã, 06, às 11 horas, a expansão da Rede Banricompras, com o ingresso da bandeira Visa. O Banco será o mais novo credenciador da Visa, que proporcionará à Rede Banricompras iniciar, em breve, a captura de transações dos cartões de crédito, débito e pré-pago Visa.
  • CURSO
    Nos dias 18 e 25 de outubro, a Associação dos Bancos no Estado do Rio Grande do Sul (Asbancos-RS), em parceria com a FBM Consulting, das 9h às 18h, realiza em sua sede o Curso Basileia III, voltado para analistas e gerentes das áreas financeiras, gestão de riscos, contabilidade, compliance, controles internos e áreas afins. Informações pelo e-mail asbancos@asbancos.com.br .

FRASE DO DIA

A DÚVIDA É O PRINCÍPIO DA SABEDORIA.

Desconhecido