Artigos Anteriores

FORTES EMOÇÕES

ANO XIV - Nº 007/14 -

MUITAS EMOÇÕES

Se o final de 2017 carrega grande expectativa quanto à votação da Reforma da Previdência, o ano de 2018, a considerar que o TRF4 definiu a data de 24 de janeiro para julgamento do ex-presidente Lula no caso do triplex Solaris, no Guarujá, já inicia prometendo ter muitas emoções. Isto sem falar que 2018 é ano de eleições.

ANO DA VIRADA

Vale registrar que 2018, por tudo que se viu nesses últimos anos, já está de posse da grande credencial para se tornar o ano da grande transformação do nosso empobrecido Brasil. Quem vai decidir esta vontade de fazer do Brasil um país melhor e bem mais decente é tão somente o eleitor. Tomara que desta vez use ao máximo o senso de responsabilidade ao escolher seus representantes.

REGIME DE EMAGRECIMENTO

Pois, enquanto grande parte dos brasileiros aguarda a decisão da Câmara, quanto a importante e necessária REFORMA DA PREVIDÊNCIA, e a decisão do TRF4, no que diz respeito à prisão do maior bandido que o Brasil já teve, volto a insistir: o Brasil só ganhará boa musculatura econômica e social na medida em que o Estado iniciar um forte regime de emagrecimento. 

MONTANHA ENORME

Portanto, não se iludam. Por mais que as conquistas que foram obtidas até agora, com o firme propósito de tirar o Brasil do ATOLEIRO DA CORRUPÇÃO e da PESADA RECESSÃO ECONÔMICA têm tudo para ser festejadas, o fato é que a montanha de problemas que precisam ser atacados e removidos é muito grande.

PLANOS ECONÔMICOS DESASTRADOS

A propósito de problemas antigos que só agora estão sendo resolvidos, em parte, um deles diz respeito ao acordo para pagar os poupadores que -ENTRARAM NA JUSTIÇA- buscando recuperar as perdas com PLANOS ECONÔMICOS DESASTRADOS das décadas de 1980/1990. 

JUÍZO

Ainda faltando a homologação por parte do STF, o que deve ser muito lamentado é que o ACORDO só vai beneficiar aqueles que ENTRARAM NA JUSTIÇA. Ora, a JUSTIÇA EFETIVA só acontece se todos os poupadores prejudicados forem atendidos e não com aqueles que resolveram entrar com ações, como foi decidido.  O mínimo que se pode esperar é que o STF tenha JUÍZO e decida que todos os poupadores sejam atendidos.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • BEM FEITO!

    Ontem, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul concedeu liminar à Ação Direta de Inconstitucionalidade (processo 0383599-55.2017.8.21.7000), apresentada pelo Diretório Metropolitano do PDT de Porto Alegre, por iniciativa do seu presidente, vereador Mauro Zacher, na segunda-feira (11). Bem feito!

  • JUROS X INFLAÇÃO

    A queda da inflação teve não só repercussão de permitir a recuperação da economia, mas também a redução da taxa básica, segundo o presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn. "O BC foi capaz de reduzir a taxa de juros para menos da metade, que é o nível mínimo histórico dentro do regime de metas de inflação", disse. A Selic está em 7% ao ano, partindo de 14,25% em outubro de 2016. "Considero que uma inflação nesse patamar e uma taxa de juros tão baixa compõe um ano positivo", resumiu. (Valor)

  • COLEÇÃO EXCLUSIVA

    A Cia Zaffari está apresentando uma novidade para o público feminino nesta primavera-verão. Acaba de lançar três coleções exclusivas, em edição limitada, de sandálias e toalhas de algodão criadas em parceria com as marcas Ipanema e Karsten.

    Seguindo as tendências da moda contemporânea que combinam os motivos florais e botânicos em cores leves, elegantes e femininas, as coleções são apresentadas nas versões de estampas chamadas Natural, Romântica e Aquarela. Sandálias e toalhas podem ser adquiridas separadamente, podendo formar conjuntos graças às variações de desenhos de cada coleção.

FRASE DO DIA

Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional.

Roger Crawford