Artigos Anteriores

FOLGA PARA ENTENDER A DURA REALIDADE

ANO XIV - Nº 007/14 -

VOTOS

Faço votos que nesta folga de dois dias que o calendário da Copa do Mundo concede antes do início das quartas de final do torneio, que acontece a partir desta sexta-feira, o povo brasileiro volte a se interessar pelos reais e preocupantes problemas do nosso empobrecido Brasil.

GATO E SAPATO

Um deles, senão o maior, ainda que não seja uma novidade, diz respeito ao legítimo -GATO & SAPATO- que certos e bem conhecidos ministros da Suprema Corte promoveram ao nosso já humilhado e desprezado povo, enquanto torciam desesperadamente para a nossa Seleção.

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

O que se viu, sem tirar nem por, foi uma farta e nojenta distribuição de ALVARÁS DE SOLTURA a bandidos considerados como íntimos. Tais decisões soaram, de forma nua e crua, como mais uma prestação de serviços aos partidos políticos aos quais integravam com orgulho e paixão antes de serem escolhidos -a dedo- para ocupar cargos de ministro do STF.

DEMOCRACIA

A democracia, no nosso enlouquecido Brasil, infelizmente é esta que aí está, onde a cada dia ficamos mais convencidos de que somos absolutamente IMPOTENTES para frear as atitudes de um Judiciário que só sabe livrar e/ou deixar impunes os amigos-íntimos que foram condenados a penas de mais de 30 anos de prisão.  Pode?

ALERTA

Admitindo que além da Copa do Mundo o povo (e a mídia) mostre real interesse nas Eleições, aí vai um alerta que não pode ser desprezado por tudo que aí está: se o próximo presidente e governadores eleitos não estiverem alinhados ideologicamente com a maioria dos ministros do STF, aí a chance de sucesso nas suas pretensões é nula.

QUEM MANDA

Como o inimigo mora nos detalhes, não esqueçam que mesmo que contem com a sempre  eventual boa vontade de seus Legislativos, os Executivos -Federal e Estaduais- não estarão livres para fazer aquilo que o STF não goste e não queira. Pouco importa se é JUSTO ou não. O que importa, infelizmente, é a IDEOLOGIA. 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • RECUO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL

    A produção industrial recuou 10,9% em maio, na comparação mensal dessazonalizada, refletindo os efeitos da paralisação dos caminhoneiros. A abertura dos dados revelou que o desempenho negativo foi disseminado, alcançando as quatro grandes categorias da indústria e 24 dos 26 ramos pesquisados. O destaque negativo ficou por conta da forte retração de 27,4% da produção de bens duráveis (que representa 7,3% na indústria total), refletindo, sobretudo, a queda de 30% da produção de veículos automotores, conforme já sinalizado pela Anfavea.

  • ELETROBRÁS

    A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem, por 226 favoráveis e 48 contrários, o pedido de urgência para o projeto do que governo que viabiliza a privatização de seis distribuidoras da Eletrobrás. Agora vai?

FRASE DO DIA

Quem diz que não pode ser feito nunca deve interromper aquele que está fazendo.