Artigos Anteriores

FIÉIS AO ATRASO

ANO XIV - Nº 007/14 -

PAIXÃO PELO SUBDESENVOLVIMENTO

O Brasil, ao longo de seus 509 anos, é um país que sempre se destacou pela sua fidelidade ao atraso. Como a grande maioria do povo brasileiro não tem origem local, a obediência e a paixão pela estupidez e pelo subdesenvolvimento vieram para cá com um propósito: permanecer eternamente.

VENENO

Tenho a impressão de que a condição imperial imposta àqueles que viessem a se tornar habitantes do país, passava por receber uma picada de um terrível inseto, dotado de um veneno incurável com poder de destruir a mente, os olhos e qualquer reação dos ingressantes.

NOVOS GOVERNANTES

Ora, com um povo desprovido da visão, do raciocínio e da total capacidade de reação, os primeiros governantes poderiam fazer o que bem quisessem. O problema é que com o tempo, os novos governantes acabariam por sair do núcleo dos envenenados, o que mostrou ser um efeito descomunal.

EFEITO COLATERAL

Acontece que o tal veneno, embora terrível, mostrou um perigoso efeito colateral: ao chegar ao poder, os escolhidos ganhavam, imediatamente, forte esperteza e enorme propensão para a enganação e locupletação junto aos seus liderados.

DENTRO DA LEI

É lógico que estou empregando uma metáfora, mas ainda assim a impressão não é muito diferente. Basta observar, que ao chegar ao poder, os políticos aprovam leis inexplicáveis, sem os mínimos princípios da legitimidade e da honestidade, só com o propósito de obterem os benefícios dizendo que estão dentro da lei.

PERMISSÃO

Mesmo com o desenvolvimento da ciência, os políticos brasileiros impedem estudos que nos levem a uma eventual descoberta de uma droga que reverta o efeito do veneno. Por isso é que entra eleição e sai eleição e o povo continua estúpido. Como se no DNA de todos os cidadãos tivesse tão somente uma permissão: chorar. Nada mais.

EXEMPLO

Uso como exemplo para explicar o absurdo que reina no seio da sociedade, o que a Justiça do RS decidiu com relação aos funcionários da Assembléia do Estado: quem ganha acima do teto deve continuar recebendo. Aí ninguém faz abaixo assinado. Muito menos os defensores do MST. Pode?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • NOVO CALOTE
    Ontem, o presidente Lula aprovou o financiamento do BNDES para a construção e reforma dos estádios para a Copa. Ficou estabelecido que o BNDES emprestará até R$ 400 milhões para cada estádio, com prazo de 12 anos e carência de 3 anos. O financiamento cobrirá até 75% da obra, com juros de TJLP mais 1,9% ao ano. Vem aí mais um calote?
  • EXPO MONEY
    O evento sobre Educação Financeira e de Investimentos ? a Expo Money, irá encerrar o circuito 2009 em Porto Alegre, nos dias 4 e 5/12. Serão mais de 50 palestras gratuitas que irão abordar temas como Crise e Investimentos Pessoais na Bolsa; Será que a crise acabou?; A Cultura do Endividamento ? o consumo exagerado no período do natal; Viciados em Bolsa, Corra o Risco de Ficar Rico, entre outros que falam, sobretudo, sobre educação financeira. A exposição de dois dias acontece no Centro de Eventos da PUC/RS.
  • EXPOCARGO
    O comércio exterior brasileiro após a crise financeira internacional, será o tema do Fórum paralelo à Expocargo 2009 (10ª Feira de Comércio Exterior e Logística), que acontecerá dias 3 a 5 de novembro, das 15h às 22h, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre (RS).
  • ELO VERDE
    Uma iniciativa da Somar - Sociedade Mineradora tornará mais fácil o replantio de mudas nativas nas margens do Rio Jacuí, RS, pelo menos para os proprietários de terras interessados em recompor a mata ciliar. Apresentado pela mineradora de areia ao Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Baixo Jacuí, o projeto Elo Verde foi aprovado e já começa a ganhar forma. Para participar: telefone (51) 3731-3744 ou do e-mail baixojacui@yahoo.com.br .

FRASE DO DIA

MUITA GENTE CONFUNDE MÁ ADMINISTRAÇÃO COM DESTINO.

E. Hubbard