Artigos Anteriores

FATOS NOTÓRIOS

ANO XIV - Nº 007/14 -

FATO 1

Fato 1- As recentes pesquisas de opinião pública atestam, sem mínima chance de erro, que o povo brasileiro está insatisfeito e pra lá de indignado com tudo que está acontecendo no país.
 

FATO 2

Fato 2- O espantoso crescimento desse explícito desencanto, se deu num curtíssimo espaço de tempo, pois os manifestantes resolveram dar um basta ao governo Dilma poucas semanas depois que ela foi reeleita.
 

FATO 3

Fato 3- A impaciência que o povo manifesta com a pretensão de ver suas reivindicações atendidas com rapidez, identifica, infelizmente, o quanto é insignificante a sua capacidade de discernimento quanto aos mais diversos pleitos que estão sendo exigidos.
 

FATO 4

Fato 4- Vê-se, por exemplo, com muita clareza, que as insatisfações manifestadas, tanto as mostradas no dia 15 de março, de forma presencial, nas ruas, quanto aquelas que de forma incessante e contínua circulam nas redes sociais, atacam, basicamente, as CONSEQUÊNCIAS. 

Com a cabeça bastante confusa, o povo está, mais uma vez, deixando livres as CAUSAS, ou seja, tudo aquilo que levou o país a esta situação lamentável. 

 

FATO 5

Os principais pleitos que estão relacionados dizem respeito:

1- ao baixo crescimento da economia;

2- à corrupção;

3- ao pedido de impeachment de Dilma; e,

4- embora menos frequente, uma intervenção militar no país.

Como se vê, todos não passam de CONSEQUÊNCIAS.

FATO 6

As verdadeiras CAUSAS que levaram o país a este estado de coisas estão ligadas, exclusivamente:

1- à enorme IMPUNIDADE;
2- à falta de LIBERDADE;
3- às INTERVENÇÕES do Estado na economia;
4- à falta das REFORMAS (corretas) nas áreas Trabalhista, Fiscal, Tributária e Política entre outras; e,
5- à existência de empresas estatais, que precisam, urgentemente, ser PRIVATIZADAS.
 

PARA MELHORAR DE FATO

Como se observa, nada do que consta aí acima tem a ver com expectativas. São, exclusivamente, fatos.

Como faltam duas semanas para o dia 12 de Abril, data marcada para as próximas -Manifestações de Rua-, sem prejuízo da ânsia que o povo precisa mostrar para detonar este lamentável governo, sugiro que façamos uma corrente pela eliminação das CAUSAS. Só assim a indignação poderá fazer o Brasil melhorar de FATO.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • A GALOPE

    A nova projeção do PIB deste ano, segundo o Boletim Focus, divulgado hoje, deu um pulo: saiu de -0,83 (semana passada) para uma retração de 1% . Isto que a recém estamos fechando o primeiro trimestre de 2015. Que tal?

  • IPCA E IGP-M

    Já o IPCA a projeção se manteve praticamente inalterada: 8,13% (bem acima da meta). Enquanto isso, a FGV divulgou o IGP-M de março, que subiu de 0,27% no mês anterior para 0,98% em março. A corrida para o abismo continua firme, não?

  • ALÉM DO ROUBO, O ROMBO

    A insistência do governo em controlar os preços dos combustíveis desde o fim de 2010 até recentemente, agravando a defasagem ante o praticado no mercado internacional no período, teria custado R$ 80 bilhões à Petrobras. Esse é o valor informado pela revista Veja, na edição desta semana.

  • RIO GRANDE DO SUL

    É notória e preocupante a situação financeira do Estado do Rio Grande do Sul, não? Pois, mesmo assim, não se ouve falar em PRIVATIZAÇÕES. Não é possível entender como os gaúchos insistem em manter o Banrisul, a CEEE, a Cesa, a Corag, a EGR e outras tantas mais, nas mãos do Estado. Pode?  

FRASE DO DIA

Para ser intolerante é necessário ser extraordinariamente forte ou louco.

Nicolas Chamfort