Artigos Anteriores

ESPECULANDO SOBRE O FUTURO DO BRASIL

ANO XIV - Nº 007/14 -

PASSADO E FUTURO

Quem se propõe a vasculhar o passado com o propósito de saber de tudo que já aconteceu, e da forma como as coisas aconteceram, basta recorrer aos mais diversos arquivos onde estão registrados os fatos, notícias e relatos. Já quem pretende saber o que o futuro nos reserva, o máximo que pode conseguir é, através da análise do presente e dos rumos propostos pelo governo, especular, adivinhar e/ou fazer previsões sobre aquilo que, na sua visão imagina como mais provável que possa acontecer.

VIAGEM

O economista e Pensador (membro do PENSAR!), Rodrigo Constantino, em artigo publicado dias atrás, no jornal O Globo, faz uma viagem especulativa ao ano de 2030, com o título: DE VOLTA DO FUTURO. É bem possível que muita gente ache engraçado o artigo escrito por Rodrigo, mas muito daquilo que expõe não pode ser visto como algo tão exagerado ou absurdo.

ALERTA

Rodrigo, com quem conversei ontem na abertura do Fórum da Liberdade, alerta que, do jeito que as coisas estão postas hoje, e a persistir o projeto de governo totalmente baseado na obra de Antonio Gramsci (CADERNOS DO CÁRCERE), o Brasil tem tudo para piorar. Isto, obviamente, na visão de quem desenvolve o raciocínio lógico.

TEXTO DO ARTIGO

Eis aí, na íntegra, o artigo escrito por Rodrigo Constantino, ao desembarcar no BRASIL DE 2030: - Cheguei aqui com minha DeLorean, na esperança de encontrar um país mais próspero e livre. Qual não foi minha surpresa quando dei logo de cara com uma enorme estátua de Lula!Curioso, perguntei a um transeunte do que se tratava. Um tanto incrédulo com minha ignorância, o rapaz explicou que era a homenagem ao São Lula, ex-presidente e PAI DOS POBRES. Havia uma estátua dessas em cada cidade grande do país. Afinal, tínhamos a obrigação de celebrar os 150 milhões de brasileiros incluídos no Bolsa Família.

SUSTO INICIAL

Após o susto inicial, eu quis saber quem pagava por tanta esmola, e se isso não gerava uma nefasta dependência do Estado. O rapaz parece não ter compreendido minha pergunta. Disse que estava com pressa para entrar na fila do pão, e que seu cartão de racionamento ainda dava direito a uns bons cem gramas.Em seguida, vi na televisão de uma loja um rosto conhecido, ainda que envelhecido. Era o ministro Guido Mantega! E pelo visto ele ainda era o ministro. Ele estava explicando o motivo pelo qual sua previsão de crescimento de 5% não se concretizou. A queda de 3% do PIB havia sido culpa da crise em Madagascar. Mas tudo iria melhorar no próximo ano.

PAÍSES BOLIVARIANOS

Notei então o preço do aparelho de TV: 100 mil bolívares. Assustado, perguntei ao vendedor do que se tratava, explicando que eu era de fora. O homem disse que, em 2022, após a inflação chegar em 20% ao mês, o governo cortou três zeros da moeda. Pensei logo no bigodudo. Como isso não funcionou, o governo decidiu adotar o BOLÍVAR, moeda comum do Mercosul.Descobri que os países BOLIVARIANOS chegaram a adotar o escambo, depois que suas respectivas moedas perderam quase todo o valor frente ao dólar. A moeda comum foi uma medida urgente, pois estava difícil efetuar as trocas. O criador de gado argentino precisava encontrar um produtor de soja brasileiro disposto a trocar o mesmo valor de gado por soja. Era um caos!

ORTODOXOS FANÁTICOS

Levantei ainda alguns dados no jornal GRANMA BRASIL (parece que o -controle democrático- da imprensa havia finalmente passado, e o governo se tornou o dono do único jornal no país). A inflação oficial era de -apenas- 30%, mas todos sabiam nas ruas que ela era ao menos o triplo disso. Um centenário Delfim Netto desqualificava os críticos do Banco Central como -ortodoxos fanáticos-.Não havia mais miserável no Brasil, pois a linha de pobreza era calculada com base no mesmo valor nominal de 2010. Mas havia mendigos para todo lado. Um desses mendigos me pareceu familiar. Eu poderia jurar que era o Mr. X! Mas não poderia ser. Afinal, ele era um dos homens mais ricos do país, e tinha ótimo relacionamento com o governo. O BNDES era um grande parceiro seu.Foi quando decidi ver que fim tinha levado o banco estatal. Soube que, após o décimo aumento de capital na Petrobrás (que agora importava toda a gasolina vendida), e vários calotes dos -campeões nacionais-, o BNDES tinha se unido ao Banco do Brasil e à Caixa, esta falida nos escombros do Minha Casa Minha Vida, para formar o Banco do Povo. O símbolo era uma estrela vermelha.O Tesouro já tinha injetado mais de US$ 2 trilhões no banco, para tampar os rombos criados na época da farra creditícia. Especialistas gregos foram chamados para prestar consultoria.Com fome, procurei um restaurante. Todos eram muito parecidos, e tinham a mesma estrela vermelha na entrada. Soube então que era o resultado de um decreto do governo Mercadante em 2018. Em nome da igualdade, todos os restaurantes teriam que fornecer o mesmo cardápio pelo mesmo preço. Frango era item de luxo, e custava muito caro. Continuei faminto.Veio em minha direção uma multidão de mulheres desesperadas protestando. Quis saber o que era aquilo, e me explicaram que, em 2014, quase todas as empregadas domésticas perderam seus empregos por causa de mudanças nas leis. Havia ficado proibitivo contratá-las. Desde então, elas vagam pelas ruas protestando e mendigando, sem oportunidades de emprego. O inferno está cheio de boas intenções, pensei.Um rebuliço começou perto de mim, e uma tropa de choque surgiu do nada e arrastou um sujeito até a cadeia. Descobri que ele foi acusado de homofobia e enquadrado na Lei Jean Willys, pegando 10 anos de prisão por ter dito abertamente que preferia um filho heterossexual a um filho gay. A pena foi acrescida de 2 anos pelo uso do termo gay, em vez de -homoafetivo-.Desesperado com tudo, eu ajustei minha máquina de volta para 2013, decidido a fazer o que estivesse ao meu limitado alcance para impedir um futuro tão maldito para o meu país.Que tal?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • CHUPA, RS
    A BMW e o governo de SC assinaram ontem o acordo que prevê a instalação da montadora alemã no norte do Estado. A BMW, para inveja dos gaúchos, vai investir 200 milhões de euros na construção de uma fábrica que vai produzir até 30 mil carros por ano no município de Araquari.O projeto foi anunciado em outubro, mas o governo catarinense e a montadora aguardavam a habilitação da marca ao novo regime automotivo - o que aconteceu no início de fevereiro - para lançar oficialmente o empreendimento.
  • EXEMPLO
    Ontem, a Câmara Municipal de Curitiba, PR, aprovou um projeto que altera a concessão de descontos no IPTU. Pelo que diz o texto, perdem direito aos benefícios os proprietários de terrenos urbanos em estado de abandono, má conservação, e sujos. Parabéns! Alô Porto Alegre!
  • EDITORIAL ZH
    Envio os meus cumprimentos ao Conselho Editorial do jornal Zero Hora, pelo editorial de hoje que critica o governador Tarso Genro por ignorar o Fórum da Liberdade e dar toda atenção ao Fórum da Igualdade. Vale a pena ler.
  • LOJA SUSTENTÁVEL
    Empenhada em promover a integração do crescimento econômico do varejo com o desenvolvimento responsável, a CDL Porto Alegre lança a segunda edição da certificação Loja Sustentável. Empresas preocupadas com a preservação ambiental e que adotem processos que envolvam a sustentabilidade de recursos podem inscrever ações no programa.Todas as informações sobre o programa e a ficha de inscrição podem ser encontradas no site www.cdlpoa.com.br/lojasustentavel. Informações para lojistas podem ser adquiridas pelo telefone 3017-8000.
  • O FIEL DEPOSITÁRIO É CONFIÁVEL?
    Na sua apresentação no Fórum da Liberdade, Jorge Gerdau manifestou enorme preocupação quanto ao risco que o Estado corre diante do saque dos depósitos judiciais pelo governo Tarso. Há garantias de que o dinheiro volte? De antemão digo que é praticamente impossível.

FRASE DO DIA

O BRASIL FICOU CARO ANTES DE FICAR RICO.

Paulo Bylik, chefe da área de investimentos da Rio Bravo.