Artigos Anteriores

ENTRE GASTOS E ROMBOS

ANO XIV - Nº 007/14 -

R$ 30 BILHÕES

Os brasileiros em geral, insuflados pela mídia, não param de mostrar o quanto estão revoltados com os R$ 30 bilhões que o governo está gastando para a realização da Copa do Mundo.

MEGA-ROMBO

Pois, enquanto se preocupam com os R$ 30 bilhões, que certamente trata-se de um gasto excessivo, deixam de se preocupar com algo realmente bem mais sério: o MEGA-ROMBO promovido pela Previdência Social em 2013, que, infelizmente, a mídia não ajuda no esclarecimento.

QUATRO VEZES MAIOR

Detalhe importante: o ROMBO da Previdência, só em 2013, foi mais de QUATRO VEZES MAIOR do que o GASTO público para realização da Copa. Ou seja: o rombo da Previdência se repete ano após ano, enquanto os gastos com um Mundial, só a cada 50 ou 60 anos. Vejam:

ROMBOS

1- O déficit (rombo) do INSS, ou seja, o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) foi de R$ 51,6 bilhões (1,07% do PIB). 2- O déficit (rombo) do setor público federal, ou seja, pelo Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) foi de R$ 61,3 bilhões (1,27% do PIB).3- O déficit (rombo) total, das duas previdências (PRIMEIRA E SEGUNDA CLASSE), só no ano 2013, atingiu R$ 112,9 bilhões (2,34% do PIB). Que tal?

TURMA DA SEGUNDA CLASSE

Em 2013, a RECEITA PREVIDENCIÁRIA obtida pelo INSS, ou Regime Geral de Previdência Social (RGPS), foi de R$ 306,5 bilhões (6,33% do PIB), em contribuições de 67,1 milhões de pessoas físicas, sendo 53,8 milhões de empregados. Já a DESPESA PREVIDENCIÁRIA dos benefícios pagos aos 27 milhões de aposentados e pensionistas de SEGUNDA CLASSE, com salário médio de R$ 899,30, foi de R$ 358,1 bilhões (7,40% do PIB), fazendo com que o resultado previdenciário tenha sido negativo em R$ 51,6 bilhões (1,07% do PIB).

TURMA DA PRIMEIRA CLASSE

Em 2013 a RECEITA PREVIDENCIÁRIA do INSS, pelo Regime Próprio de Previdência Social da União (RPPS) das contribuições dos 1.262.028 servidores ativos do governo federal (907.267 civis e 354.761 militares), com salário médio mensal de R$ 8.841,59, foi de R$ 26,7 bilhões (0,55% do PIB). Já a DESPESA PREVIDENCIÁRIA dos benefícios pagos aos 1.023.541 servidores aposentados e pensionistas do governo federal (PRIMEIRA CLASSE) (728.233 civis e 295.308 militares), com salário médio de mensal de R$ 7.164,67 foi de R$ 88,0 bilhões (1,82% do PIB), fazendo com que o resultado previdenciário tenha sido negativo em R$ 61,3 bilhões (1,27% do PIB).

LOUCO DE RAIVA

Antes que me xinguem e/ou fiquem revoltados comigo por escancarar este mega-absurdo, deixo bem claro: os números acima são oficiais, fornecidos pelo Ministério da Fazenda, como informa o Pensador (PENSAR+) Ricardo Bergamini. Mais: como este governo é campeão mundial em rombos, quem se dispuser a fazer a soma vai ficar louco. Louco de raiva de ser brasileiro.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • EM ALTA
    O IGP-M de março ficou em 1,67%, ante alta de 0,38% em fevereiro. O indicador veio acima da mediana prevista pelo mercado que era de 1,54%. O indicador acumula alta de 7,3% em 12 meses.
  • ESTATIZAR
    Como é praticamente proibido falar em privatização da Petrobrás, que seria a sua salvação, faço um pedido: que, ao menos, seja estatizada. Que tal?
  • GRACINHA
    A péssima e desatenta presidente da Petrobrás é Maria das Graças Foster, não? Pergunto: - Graças para quem, afinal?
  • WORKSHOP
    Proteção de Marcas e Patentes como Estratégia de Competitividade Industrial é o nome do workshop promovido pelo Sistema FIERGS, por meio do IEL-RS, dia 4 de abril, a partir das 9h, na sede da FIERGS. O evento busca refletir e discutir sobre assuntos ligados à propriedade intelectual que impactam diretamente nos negócios e na competitividade da indústria.

FRASE DO DIA

É MUITO MELHOR TER INIMIGOS DECLARADOS DO QUE AMIGOS VELADOS.

N. Bonaparte