Artigos Anteriores

ENFIM, OS MOTIVOS

ANO XIV - Nº 007/14 -

PESQUISAS

Ao longo desta semana que está findando, a sociedade tomou conhecimento dos resultados revelados pelas importantes pesquisas (científicas) de opinião, cujos institutos procuraram identificar os reais motivos que estão levando milhares de brasileiros às ruas, para protestar.

CINCO ANOS NAS RUAS

Pois, depois de me debruçar sobre os resultados apresentados fiquei convencido do seguinte: caso as exigências sejam somente estas reveladas pelas pesquisas, e, que o povo só ficará satisfeito caso seja atendido na sua plenitude (se este for o propósito), os manifestantes vão precisar ocupar as ruas por um prazo de cinco anos.

CIENTE

Estou absolutamente ciente que pelo baixo grau de instrução, racionalidade e discernimento do povo brasileiro, muito daquilo que está sendo reivindicado, caso venha a ser atendido, corre sério risco de vir a ser solucionado de forma equivocada, de pouco efeito prático e sem atender o princípio de justiça.

O CRIME É ESTIMULADO

Também não estou nem um pouco surpreso com os atos de vandalismo, cada dia mais presentes nas manifestações de rua. Até porque as leis do país, além de estimulantes para a prática de crimes, ainda contam com um Judiciário cujos agentes têm olhos muito mais voltados às suas demandas corporativas. Privilégios, para ser bem claro.

CLASSE MÉDIA

Concluí, também que, infelizmente, o povo que está ocupando as ruas do Brasil todo pertence à classe média. Mesmo apresentando um enorme contingente não é esta a classe que decide eleições no país. Quem decide são aqueles milhões que foram inebriados pela praga do POPULISMO. Portanto, quem recebe as mais diversas bolsas distribuídas pelo governo está quieta e morrendo de medo de perder as vantagens recebidas.

REFORMA POLÍTICA

Como pode ser constatado, o governo resolveu reagir às manifestações de forma esperta e maquiavélica: não arreda pé do PLEBISCITO (com custo de R$ 500 milhões) para tentar uma REFORMA POLÍTICA. Para quem tem um mínimo de raciocínio, coisa que a maioria do povo nem sabe o que significa, só o REFERENDO caberia. As propostas BOLIVARIANAS, infelizmente, sequer aparecem entre aquilo que também deve ser revogado, como foi o caso da PEC 37.

PENA DE MORTE

Enfim, a situação não é nada boa. As pesquisas também revelam que o simples fato de estar se manifestando já é o bastante para muita gente. São aqueles que acreditam que basta ir às ruas para que coisas boas aconteçam. Falta, portanto, uma agenda forte e bem pensada com pressões efetivas. Vejam, por exemplo, se não é o caso de exigir PENA DE MORTE para a quadrilha que invadiu a casa e fez de seus moradores (família de bolivianos) refém e matou Brayan Yanarico Capcha, de cinco anos, na madrugada de hoje em São Mateus, zona leste de São Paulo. Vejam também, o caso dos dois juízes de direito que depois de serem condenados por crime de corrupção, ainda foram brindados com aposentadoria compulsória. Isto é ou não passivo de PENA DE MORTE?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IGP-M
    Enquanto o PIB decresce, a inflação cresce: o IGP-M de junho registrou variação de 0,75%. Em maio, o índice não variou. Em junho de 2012, a variação foi de 0,66%. Em 12 meses, o IGP-M registrou alta de 6,31%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem de maio para junho: IPA, de -0,30% para 0,68%, IPC, de 0,33% para 0,39%, e INCC, de 1,24% para 1,96%.
  • COMÉRCIO GAÚCHO
    O comércio do RS terá funcionamento normal na próxima segunda-feira, dia 01 de julho. A informação é do presidente da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV) Vilson Noer, que representa mais de 25 mil estabelecimentos comerciais do estado. Conforme o dirigente, a mobilização que vem sendo articulada pelas redes sociais não conta com o apoio das entidades que representam os sindicatos dos trabalhadores e não vai impedir o funcionamento das atividades do comércio gaúcho.
  • TÁ NA MESA
    O Tá na Mesa da próxima 4ª feira (03/07) vai receber o Presidente da IBM Brasil, Rodrigo Kede de Freitas Lima. Tema: Cidades Inteligentes. O evento inicia-se às 12h, no Palácio do Comércio, no Centro de Porto Alegre.
  • TRANSPOSUL
    Nesta segunda-feira, 1º de julho, é o último dia para se inscrever nos paineis e palestras do Congresso Multissetorial e Internacional e da 1ª InterComex, que fazem parte da programação da 15ª Transposul. Organizados pelo SETCERGS - Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado do RS, os eventos ocorrem paralelamente à Feira de Transporte e Logística, de 3 a 5 de julho, no Centro de Eventos da Fiergs. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo site www.transposul.com.

FRASE DO DIA

Antes de ser CRIME HEDIONDO, corrupção tem de deixar de ser crime sem criminoso.

Ricardo Siqueira - Leitor da Folha de São Paulo