Artigos Anteriores

É HORA DE SE INDIGNAR

ANO XIV - Nº 007/14 -

GESTÃO E REFORMAS

Na palestra proferida hoje, pelo empresário Jorge Gerdau Johanpeter, no evento - 2006 - O Brasil de Amanhã -, ele destacou duas coisas importantes e necessárias para que o Brasil possa crescer para valer: Gestão e Reformas Estruturais. Para quem lida com empresa trata-se de uma obviedade. Mas, para quem pretende disputar eleições não quer saber destas coisas. Afinal, alguém acredita que, quebrando ovos, como exige promover boa gestão e/ou fazer reformas adequadas na Constituição, conseguirá ser eleito?

CONSCIÊNCIA

Enquanto a sociedade brasileira não tiver uma correta consciência dos ganhos que o país pode ter, caso venha a atacar o grave problema de gestão pública e das indispensáveis reformas nas áreas - trabalhista, fiscal, tributária e previdenciária -, não vamos crescer o que precisamos. Esta consciência, convenhamos, ainda não está devidamente madura no seio do povo brasileiro, infelizmente. Mas poderá amadurecer, com certeza.

MUITA INDIGNAÇÃO

E para tanto, como disse e repetiu Gerdau, é preciso uma atitude séria de indignação da sociedade. Uma forte corrente, inteligente e crescente de indignação, contra abusos, privilégios, corrupção, discriminação e corporativismo no setor público, coisa que depende de muita informação e educação do povo, pode garantir mudanças. Se a sociedade se organizar, e a imprensa ajudar falando a mesma língua, como já venho fazendo há muito tempo, isto se torna possível. Vamos à luta?

MOBILIZAÇÃO COM CONSCIÊNCIA

A hora, pois, é de mobilização com consciência. Sabendo o que é preciso corrigir para melhorar, sem ficar repetindo as mesmas bobagens, como juros e câmbio, garante uma expectativa espetacular para o Brasil. Eu estou pronto e convencido de que tudo aquilo que é recomendável e cheio de sucesso está proposto no conceito liberal. Se não foi testado é porque ninguém entende que ser liberal é entender que a liberdade tem limite. Ela termina quando passa a comprometer a liberdade do próximo.

ELEIÇÕES DE OUTUBRO

O outro palestrante, Maílson da Nóbrega, apresentou as vantagens e desvantagens que Lula leva para a eleição de outubro. Como vantagens: 1- Concorre no cargo, o que dá exposição enorme na mídia; 2- É um líder de massas, incontestável; 3- Está aproveitando ao máximo a limpeza de caminho que iniciou no governo anterior; e usa o melhor programa brasileiro dos últimos tempos, o Bolsa Família. Este programa, segundo Maílson, não é assistencialista e foca a criança. As crianças pobres representam, hoje, 53% do total de crianças do país

TUDO NA BALANÇA

Como pontos negativos, Lula deverá enfrentar: 1- a Gestão de governo; 2- o Mensalão, como questão de ética; 3- as promessas não cumpridas; e, 4- o fogo amigo. O que vai prevalecer depende muito de Lula, pois, dependendo da capacidade das oposições, que não se mostram muito eficientes, pode se dar bem. A sociedade vai colocar tudo na balança.

CONGRESSO

Alguns dos mais importantes investidores e gestores de fundos do Brasil estarão reunidos em Porto Alegre a partir desta segunda-feira, 20, para alinhar interesses e debater estratégias sobre o tema. O Congresso ABVCAP 2006 - IV Encontro Anual de Gestores e Investidores acontecerá no Hotel Deville e conta com o apoio da CRP, companhia gaúcha pioneira na administração de fundos de investimentos em private equity e venture capital, uma das idealizadoras do evento.A promoção é da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital.

PEDÁGIO VIAMÃO

Atendendo a solicitação do Secretário de Estado dos Transportes, a Metrovias S/A disponibilizará, a partir de 01/03/06, um programa de bonificação para os usuários freqüentes da RS 040 - Praça de Pedágio de Viamão - cujos veículos estão emplacados no município. O programa será implantado pelo prazo inicial de 60 dias durante os quais será avaliada a adesão ao sistema, bem como os seus reflexos na arrecadação da praça de pedágio. O custo da implantação do programa de bonificação, inclusive os descontos concedidos, nesse período, serão suportados exclusivamente pela Metrovias S/A. Passado esse prazo, período no qual o DAER/RS fará as avaliações acerca da possibilidade de qualquer outra solução, as partes deverão reexaminar a questão, com vistas a uma possível solução definitiva. A adesão ao programa far-se-á mediante a emissão de cartão pré-pago e recarregável a ser adquirido na própria praça de pedágio, mediante as condições estipuladas que estarão à disposição dos usuários na Parada Univias. A bonificação que será concedida consiste em: a) isenção do pagamento da tarifa de pedágio, a partir da 25ª passagem paga na praça de pedágio dentro do mês civil de referência - 12 dias, ida e volta e mais uma passagem; b) o valor mínimo do cartão recarregável será de R$ 30,60 (trinta reais e sessenta centavos) equivalentes a seis passagens na praça de pedágio; c) a bonificação é exclusiva aos veículos de passeio, categoria 1; d) demais condições e formulários de adesão ao programa estarão disponíveis na Parada Univias, na praça da RS 040, a partir de 20/02/06; e) todas as isenções já concedidas aos distritos de Águas Claras, Morro Grande, Lombas, Pimenta, Capão da Porteira, Boa Vista e Estiva permanecerão inalteradas.

CAÇA AO JAVALI

Graças as conclusões obtidas em decorrência de estudos realizados por um grupo multidisciplinar composto por técnicos do IBAMA, biólogos, veterinários, sanitaristas e membros de ONGs ambientais o IBAMA irá estimular a caça do Javali.Não é preciso que todos os caçadores de um mesmo grupo estejam autorizados pelo Ibama para a caça ao javali. Basta que o líder esteja com a documentação em dia - ou seja, com a carteirinha de guia-colaborador, documento expedido pelo órgão ambiental para esse tipo de caça.

PROTOCOLO

A prefeitura de Caxias do Sul assinará hoje, 16, às 17h, protocolo de intenções de financiamento com a CaixaRS Fomento Econômico e Social para o repasse de R$ 5 milhões, destinados à conclusão do Centro de Eventos da Festa da Uva. O contrato será feito através do Programa Pró-Urb, com recursos próprios da CaixaRS.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

É NA PRISÃO QUE SE CONHECE O PREÇO DA LIBERDADE

Henri Heine