Artigos Anteriores

DITADURAS SIMPÁTICAS

ANO XIV - Nº 007/14 -

ALÉM DOS LIMITES

O problema político de Honduras, que deveria ser assunto de interesse exclusivo do povo daquele país, por intromissão da diplomacia brasileira comandada pelo presidente Lula e a decisiva colaboração do tirano Hugo Chávez, já foi muito além do que entendemos como tolerável.

PONTO FINAL

Se num primeiro momento, por desconhecimento da real situação, houve quem imaginasse ter havido por lá um golpe militar, esta hipótese já foi totalmente afastada. O golpista, definitivamente, é o próprio Zelaya. Mesmo que a Globo e outras empresas de comunicação, a reboque dos interesses do governo Lula, continuem dizendo que o governo provisório é o golpista.

CARINHOS E SORRISOS

Se o atual governo brasileiro tivesse um mínimo apreço pela democracia, já estaria aplaudindo a atitude da Suprema Corte de Honduras. Entretanto, por infelicidade nossa, não é bem assim, a considerar os carinhos e sorrisos que Lula dedica aos ditadores de Cuba, Venezuela, Bolívia, Irã, Equador, etc.

ATÍPICO ?

Enquanto o presidente Lula deita e rola em defesa de Zelaya, manifestando o seu total apreço por ditaduras de esquerda, o presidente do STF, Gilmar Mendes, analisa que a indicação de oito ministros da Corte, por um único presidente, é um fato ? atípico -. Eu diria outra coisa sem medo de me equivocar.

INDEPENDÊNCIA ?

Contudo, o que me deixou pasmo mesmo foi quando o ministro Mendes disse que o elevado número de nomeações feitas pelo presidente Lula não reduziu a independência do tribunal nem trouxe risco de partidarização das decisões. Aí caí para trás.

CRITÉRIOS REPUBLICANOS?

Mendes, como se vê, preferiu entrar no caminho político ao invés de usar a toga, quando arrematou dizendo que Lula tem se pautado por critérios - republicanos - em suas indicações. Como, ministro Mendes? O caso da indicação de José Antonio Dias Toffoli é republicano? Ora, ora, ministro Mendes...

NOTÓRIO SABER ?

Como o ministro Mendes estava em Pequim, não foi possível perceber o rubor no seu rosto quando disse que Toffoli tem o - notório saber jurídico - exigido pela Constituição para o cargo. Como, ministro Mendes? Será que o presidente do STF não sabe que Toffoli já foi reprovado duas vezes em concursos para juiz e não possui mestrado nem doutorado?Ora, ora, gente. Vamos deixar bem claro que Toffoli foi indicado por Lula em troca dos serviços prestados às causas petistas. Nada a ver, portanto, com essa história de - notório saber -.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • NOVO SITE FLORENSE
    Nesta terça-feira, a Florense coloca oficialmente no ar um novo site para marcar época. Com layout super arrojado e um novo conceito de navegação, o novo site alia qualidade gráfica com o que há de mais atual em tecnologias web, revitalizando a presença online da empresa e criando novos canais de comunicação com os clientes, de forma dinâmica e interativa.O show fica por conta da casa 3D em movimento, com visão diurna e noturna. Há, ainda, blog, sala de imprensa, localização das lojas pelo Google Maps, a nova revista Florense (com Kaká na capa), muitas fotos, filmes, interatividade total. O objetivo é facilitar a busca pela informação, mas também proporcionar ao visitante uma experiência visual diferenciada e muito agradável. Acesse e navegue: www.florense.com .
  • PARCERIA
    A parceria entre a Gerdau e o Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), iniciativa do Sebrae/RS continua rendendo bons frutos. A segunda reunião de resultados, que será realizada hoje, 29, às 18h, no auditório do Sindimetal em São Leopoldo, mostrará que capacitação e consultorias agregam valor às empresas atendidas pelo projeto.
  • AÇO
    O diretor-presidente da USIMINAS, Marco Antonio Castello Branco, será o palestrante da reunião-almoço da Associação do Aço do RS (AARS), às 12h30min desta quarta-feira, 30, na sede da Fiergs. Tema: A Estratégia da USIMINAS no Mercado de Aços Planos. Informações: fone (51) 3228.3216.
  • CRÉDITO
    Segundo o BC, o volume de crédito do sistema financeiro subiu 1,5% de julho para agosto, para R$ 1,327 trilhão, ou 45,2% do PIB. Em julho, o estoque de empréstimo estava em R$ 1,307 trilhão (44,8% do PIB). Em 12 meses, houve crescimento de 19,5%. No acumulado dos oito primeiros meses deste ano, o avanço é de 8,1%.

FRASE DO DIA

O FUTURO NÃO É UMA EXTRAPOLAÇÃO DO PASSADO.

R. Schonberg