Artigos Anteriores

DECISÃO DESASTRADA

ANO XIV - Nº 007/14 -

ESTADO FALIDO

Decididamente, o RS é um Estado FALIDO. E, por incrível que possa parecer, as leis (federal e estadual) estabelecem e propõem um forte estímulo para o aumento da catástrofe, já considerada sem fim pelo efeito dos DIREITOS ADQUIRIDOS. Pode?

DÉFICIT ORÇAMENTÁRIO

Mais: os Poderes Legislativo e Judiciário, como se nada tivessem a ver com o problema, simplesmente dão as costas, não só para a inegável inexistência de recursos no Caixa do Tesouro do Estado, como, principalmente, para o constante crescimento do brutal déficit orçamentário.

NECESSIDADE DE RECURSOS

Infelizmente, diante da necessidade de recursos para atender aquilo que a própria Justiça determina, como é o caso do pagamento EM DIA dos salários dos servidores (ativos e inativos), o governo acabou decidindo vender boa parte das ações ordinárias e preferenciais do Banrisul. 

GRAVE ERRO

Ou seja, ao invés de formar um FUNDO DE ATIVOS, como sugeri dias atrás em dois editoriais, cujos rendimentos seriam direcionados para contribuir com o pagamento de despesas ordinárias (folha de salários, naturalmente), o governo Sartori, pressionado por decisões do Judiciário, acabou cometendo o pior dos erros: vender patrimônio (INVESTIMENTO) e usar o dinheiro para atender DESPESAS. 

MÓRBIDO

O detalhe mórbido é que as DESPESAS com a FOLHA DE SALÁRIOS DOS SERVIDORES se repetem mês a mês. E o agravante é que a FOLHA DOS INATIVOS cresce de forma incontrolável, o que complica ainda mais a caótica situação das contas públicas do RS. 

CONVERSA FIADA

Em última análise, para que todos entendam (isto parece impossível, infelizmente), o RS só conseguirá respirar quando a sociedade gaúcha decidir que DIREITOS ADQUIRIDOS ganhem alguma flexibilidade e a ESTABILIDADE DE EMPREGO dos funcionários públicos deixe de existir. O resto é conversa fiada!

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IPC-FIPE

    O IPC-FIPE subiu 0,02% na leitura de setembro, em linha com a expectativa do mercado. O resultado representa uma inflação mais fraca que o observado no fechamento de agosto (0,10%). Em setembro, registraram desaceleração os grupos Transportes (de 1,58% para 0,65%) e Habitação (de 0,72% para 0,18%). Por outro lado, o grupo Alimentação ganhou força (-1,33% para -0,81%). Com isso, o índice acumula alta de 1,09% no ano e de 2,25% no acumulado em doze meses.
     

  • EUROPA E EUA

    Na Zona do Euro foi divulgado o PMI de serviços referente a setembro, que ficou levemente acima do esperado, ao registrar 55,8 pontos, ante expectativa de manutenção em 55,6 pontos. 

    Nos EUA, o indicador ADP mostrou adição de 135 mil novos postos de trabalho no país em setembro, ante criação de 228 mil vagas em agosto (número revisado para baixo, de 237 mil divulgado anteriormente), e em linha com a expectativa do mercado

  • MÉRITO POLÍTICO

    Ontem à noite, a Federasul e a Assembleia Legislativa entregaram o troféu Magis, produzido pela artista plástica Ângela Pettini, aos agraciados com o Prêmio “Líderes & Vencedores” 2017. Para minha satisfação, o deputado estadual e pensador, Marcel Van Hattem, recebeu a distinção - Mérito Político-. Parabéns, Marcel!  

  • OUTUBRO ROSA

    A rede Bourbon Shopping e o Moinhos Shopping participam, pelo sexto ano consecutivo, do Outubro Rosa, movimento de conscientização e luta contra o câncer de mama. Os empreendimentos Bourbon Shopping Country, Bourbon Shopping Wallig e o Moinhos Shopping terão suas fachadas iluminadas por luzes em tons de rosa até o fim do mês.

FRASE DO DIA

NÃO HÁ PORQUE FAZER-SE CONCESSÕES INJUSTIFICÁVEIS.