Artigos Anteriores

CONVERSA MOLE DE INDIGNADOS SEM AÇÃO

ANO XIV - Nº 007/14 -

POSSIBILIDADE

Nos inúmeros encontros que tenho participado, com o propósito de debater e/ou buscar soluções para o já crônico -DÉFICIT PÚBLICO-, que tanto o Brasil quanto, principalmente, o Estado do RS enfrentam, saio sempre e cada vez mais convencido de que 99% dos brasileiros promovem reclamações sem ter a menor ideia do que realmente está ao alcance da nossa diminuta POSSIBILIDADE. 

DESPESAS BLINDADAS

Isto significa que apenas 1% entende, com alguma clareza, que os reais e grandes entraves, que simplesmente IMPEDEM o corte das maiores despesas da União e do RS (folha de servidores Ativos e inativos) estão protegidos (blindados, melhor dizendo) por DIREITOS ADQUIRIDOS e/ou CLÁUSULAS PÉTREAS. Ou seja, algo que, com ou sem reclamação, não tem como ser modificado. 

SEM NOÇÃO

O curioso é que todos, sem exceção, quer por falta absoluta de noção, ou por sentimento de frenética indignação, gritam ao mesmo tempo dizendo que além da necessidade de acabar com tais DIREITOS ADQUIRIDOS é preciso, imediatamente, remover da Constituição as terríveis CLÁUSULAS PÉTREAS. 

IGUAL A ZERO

Ora, fora de uma verdadeira e certeira REVOLUÇÃO, é preciso que todos os brasileiros se convençam, definitivamente, que a PROBABILIDADE que existe, tanto no nosso Brasil quanto no RS, para que os DIREITOS ADQUIRIDOS e as CLÁUSULAS PÉTREAS desapareçam do mapa, ou da Constituição, é simplesmente igual a ZERO.

CABÍVEL

Portanto, o que realmente CABE, ou é POSSÍVEL, gostem ou não, queiram ou não, é a construção e aprovação de mudanças que passem a valer somente para aqueles que forem admitidos a partir de então. Ou seja, a FOLHA DOS SERVIDORES PÚBLICOS atuais, tanto ATIVOS quanto INATIVOS, deverá ser paga, religiosamente, com atraso ou não, até que se mudem, junto com seus dependentes, para os cemitérios. 

ESTOQUE

Em suma: se todos os brasileiros, e notadamente os gaúchos, forem a luta, imediatamente, o tamanho do ESTOQUE que deverá ser pago, com chuva ou com sol, ainda pode ser menor. Quanto mais tempo levar para a aprovação das reformas, maior será o ESTOQUE, recheado de DIREITOS ADQUIRIDOS e CLÁUSULAS PÉTREAS.  O resto, anotem aí, é conversa mole de INDIGNADOS SEM AÇÃO. 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IPC- FIPE

    O Índice de Preços ao Consumidor – Fipe (IPC-Fipe), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,05% na primeira quadrissemana de setembro, ante aumento de 0,10% visto no fechamento de agosto.

  • PMS

    A Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) mostrou que o faturamento real do setor recuou 0,8% em julho na comparação mensal dessazonalizada, interrompendo uma sequência de três meses de expansão. Na leitura interanual, houve recuo de 3,3%, o que representou uma aceleração da queda em relação às leituras de maio e junho (-1,9% e -3,0%, respectivamente). A abertura da pesquisa mostrou que, com exceção dos ‘Serviços prestados às famílias’ (+0,9%), todos os demais segmentos registraram queda entre junho e julho. O destaque negativo, em termos de contribuição, ficou por conta de ‘Serviços profissionais, administrativos e complementares’ (-2,0%). Apesar do resultado negativo de julho, o carregamento estatístico do setor de serviços para o 3T17 está positivo em +0,2%. 

  • OXALÁ!

    O Governo Temer quer cortar um terço das estatais. (Estadão) Com a nova rodada de privatizações das estatais federais, o número de empresas deve cair de 154 para 100 ao final do processo. Em um ano, empresas foram de prejuízo de R$ 32 bi a lucro de R$ 4,6 bi. Oxalá!!!

FRASE DO DIA

Mudar o futuro depende de como se pensa o presente.

H. de Souza