Artigos Anteriores

CONTRIBUINDO COM O 4º SETOR

ANO XIV - Nº 007/14 -

CIDADANIA AUTÊNTICA

A cidadania deveria ser uma resultante da conjugação de duas situações: maturidade e discernimento. A primeira é conquistada, formalmente, pela idade. A nossa Constituição prevê a chegada da maturidade, ou responsabilidade, aos 18 anos. Até então o indivíduo é dependente de outro cidadão. Já o discernimento é mais complicado e não exigido por lei, apesar de ser mais importante. É com o discernimento que as pessoas adquirem a lógica, a capacidade de escolha e o entendimento da probabilidade das ocorrências, definido por risco. Quem não tem discernimento não poderia, por exemplo, votar, dirigir automóvel, cuidar de pessoas, etc...

PARCELA SUFICIENTE

Pois, no Brasil, o que mais existe são pessoas sem a mínima capacidade de saber o que fazem, entender textos lidos e as conseqüências de seus atos. Tudo por falta de saúde mental e educação suficiente. Pois, são exatamente estas pessoas que, pelo número fantástico registrado, decidem os nossos destinos. Gente, elas contribuem com a parcela suficiente para que o pior seja aprovado. São muito fáceis de serem manipuladas e cooptadas e se encantam imediatamente com chaveirinhos, espelhinhos, bonés e camisetas.

PLEBISCITO DEFINIDO

Antes, estas pessoas eram procuradas. Hoje, já se oferecem dizendo o que gostariam de ganhar. Se nada do que é solicitado está disponível, com algumas balas de goma tudo se resolve. Como esta massa de atrofiados mentais mais se diverte vendo novelas na TV basta alguns atores dizerem o que devem fazer e o bando já fica excitado e concorde. É por isto que o plebiscito já está definido. Alguém duvida? A falta de discernimento confirma

CONTÍNUO CRESCIMENTO

Este estado de coisas explica o enorme e contínuo crescimento do 4º Setor, ou seja, o Setor Crime. Enquanto os envolvidos com o 3º Setor - Organizações Não Governamentais - dizem que se dispõem a fazer aquilo que o 1º e o 2º Setor não se interessam em fazer, suas providências, chamadas ridiculamente de Responsabilidade Social, mais ajudam a desenvolver as falcatruas, os crimes organizados, os crimes desorganizados, as contravenções, a informalidade, a pirataria e tudo mais.

PAPEL CORRETO

Uma ONG séria seria aquela a usar o tempo disponível para tratar realmente da maior, senão a única Responsabilidade Social: exercitar a pregação para uma diminuição de impostos. Este o grande papel ainda não desempenhado.

COMPLACENTES

Até parece que a sociedade brasileira ainda não aprendeu que os políticos zombam constantemente de todos nós. Corporativos indecentes vivem se aproveitando das vantagens de um poder, assegurado e conferido por eles próprios, para continuar sugando o sangue do povo. Sabem que o povo aqui é passivo e pacífico e que se satisfaz mais em gritar sem jamais escalpelar. É por isto que eles querem um povo desarmado. Para evitar que, em algum momento deixemos de ser complacentes.

GREVE DE FOME

A greve de fome que o bispo, dom Luiz Flávio Cappio, está fazendo por ser contrário ao projeto de transposição das águas do Rio São Francisco, merece observação. Tem todo o direito o sacerdote de ser contra a transposição. Ninguém lhe tira este direito. Mas, no meu entendimento, se ele quer morrer pela causa que assim seja. Afinal, quantos estão morrendo por falta de água que pode ser resolvida com a obra? Isto o bispo não leva em consideração? O que ele está fazendo é a prova do egoísmo sem virtude.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • ERRO
    Na coluna de ontem cometi um erro, ao confundir José Serra, prefeito de São Paulo, com o governador Geraldo Alckmin. Peço desculpas pela falha, que embora corrigida ontem mesmo na capa da Home Page, não foi possível retificar a informação na web-letter que já havia sido enviada aos leitores. Lamento o equívoco.
  • SENAFOR
    Acontece amanhã e sexta-feira, em Porto Alegre o 25º Senafor - 9º Conferência Internacional de Forjamento/Brasil e 8ª Conferência Nacional de Chapas.O evento é promovido pelo Laboratório de Transformação Mecância (LdTM), do Centro de Tecnologia da UFRGS, com o objetivo de promover o debate sobre as mais novas tecnologias em forjamento, conformação de chapas e estampagem. No Centro de Convenções do Sesc, em PA. Informações sobre inscrições através do site www.ufrgs.br/ldtm/25senafor
  • AÇÃO EDUCATIVA
    Na próxima 2ªfeira, 10, acontece o segundo dia de encontros entre a Ação Educativa da 5ª Bienal do Mercosul e os professores das redes públicas e privadas de ensino. Os encontros serão às 8h30min e às 14h, no Hotel Plaza São Rafael PA, RS. As inscrições pelo telefone (51) 3226-3337. As vagas são gratuitas, mas limitadas.
  • NEGÓCIOS EM PAUTA
    A próxima edição do NEGÓCIOS EM PAUTA DA ADVB terá como palestrante o presidente da Calçados Azaléia, Antônio Britto. Tema: Os desafios das empresas no Brasil de hoje. Dia 13, às 19h30, no Auditório 219 do Prédio 1 na ULBRA CANOAS-RS. Participação gratuita mediante inscrição no negociosempauta@advb.com.br

FRASE DO DIA

NÃO HÁ LEIS POSSÍVEIS CONTRA O DINHEIRO.

N.Bonaparte