Artigos Anteriores

CONSAGRANDO O MODELO

ANO XIV - Nº 007/14 -

NEOLIBERALISMO CUBANO

Enquanto os petistas, pedetistas e outros istas do Bloco dos Atrasados condenam, de todas as formas, o neoliberalismo, a Ilha de Fidel Castro, cujo regime é comunista pra mais de metro, está entrando de cabeça no modelo que é rejeitado aqui.

REDENÇÃO

Na realidade, esse tal de neoliberalismo que nossos políticos atrasados tanto deploram, sequer foi experimentado no nosso país. Da mesma forma como o liberalismo, que faria do Brasil um vigoroso país de primeiro mundo. A nossa redenção.

MAIS UM PASSO

Pois, para desespero dos seguidores da ideologia do caos, o atual ditador cubano, Raul Castro, para enfrentar a crise econômica da Ilha deu mais um passo na jornada da redução do papel do Estado na economia e no incentivo à iniciativa privada.

AÇÚCAR LIBERADO

Depois de regulamentar a criação de micro e pequenas empresas, assim como do trabalho de autônomos, o ditador de Cuba decidiu liberalizar a venda de açúcar. Após várias décadas subsidiando o preço do produto, um dos seus principais itens de exportação, Raul deu um basta.

CRISE ECONÔMICA

Este, repito, é o mais recente passo que o ditador deu na direção do neoliberalismo. Que, em outras palavras, significa reduzir o papel do Estado na economia e incentivar a iniciativa privada na Ilha comunista, em resposta a uma grave crise econômica.

FRUSTRAÇÃO

Levando em conta que o regime cubano é o modelo a ser seguido pelos membros do Foro de São Paulo, com Venezuela, Bolívia e Equador em estado mais avançado, o grau de frustração e indignação dos ditadores desses países deve ter aumentado muito de ontem para hoje.

O MODELO DEMONÍACO

O curioso é que os principais ocupantes do governo brasileiro são, junto com os irmãos Castro, fundadores do Foro de São Paulo. Que tem como principal objetivo combater o neoliberalismo. Creio, sinceramente, que a partir de hoje a Ilha de Cuba e os irmãos Castro correm o risco de serem expulsos do Foro de São Paulo. Sim, porque foram buscar como saída para a crise, o demoníaco modelo neoliberal. Ou seja: passaram a ser sócios do diabo. Quem diria. Xô,Diabo!

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • SEM DINHEIRO
    Na última sexta-feira, a Câmara de Comércio Estados Unidos-Cuba, com sede em Nova York, afirmou que a venda de alimentos para a Ilha caiu 31% em 2010, especialmente porque o país não tinha divisas para pagar pelas importações. Que tal?
  • REALIMENTAÇÃO DA INFLAÇÃO
    Mais de 40% do IPCA, e do IPC da Fipe, são de produtos ou serviços que, de alguma forma, levam em consideração aumentos da inflação passada em seus reajustes, formal ou informalmente. No caso do IPCA, o peso desses itens é de 46% e no IPC-Fipe é de 44%, segundo informa a Tendências. Em suma: é a pura realimentação da inflação.
  • EXPODIRETO
    Os produtores rurais, clientes do Banrisul, já podem encaminhar os pedidos de financiamento para a Expodireto 2011, que acontece de 14 a 18 de março, em Não-Me-Toque/RS.São R$ 51 milhões disponíveis para aquisição de máquinas, equipamentos e implementos agropecuários.
  • CABECEIRAS ESTOFADAS
    Nas diversas coleções de camas Florense, um item merece especial atenção: as cabeceiras estofadas. São duas coleções básicas: cabeceiras altas, para box spring e para estrados tradicionais, que podem ser lisas ou com costuras quadriculadas; e cabeceiras baixas, exclusivas para as camas Florense, cujas barras também são estofadas. Estruturadas com placas de madeira, as cabeceiras são recobertas com uma camada de espuma e uma manta de fibra siliconada e revestidas com uma capa de tecido, couro ou couro têxtil, com diversas opções de cores e texturas. Nas altas, a fixação à parede é feita com três conjuntos de baionetas metálicas, que proporcionam total segurança.

FRASE DO DIA

Aprender a dominar é fácil, mas a governar é difícil.

Goethe