Artigos Anteriores

CONFIANÇA EMPRESARIAL NO PT

ANO XIV - Nº 007/14 -

FORD

Muitos gaúchos (não sei se tantos assim) que se dizem tristes e inconformados com a expulsão da Ford, promovida com grande festa pelo magnífico governo Olívio Dutra e seu partido, ainda estão convencidos de que a estúpida decisão tirou, exclusivamente, aquela indústria do RS.

POLO AUTOMBILÍSTICO

Pois, para deixar bem claro, a fatídica decisão do exterminador Olívio Dutra significou a expulsão daquilo que representaria um grandioso POLO AUTOMOBILÍSTICO do Estado. Sim, porque centenas de pequenas, médias e grandes empresas que formam um POLO , deixaram de se instalar no RS. Vale lembrar, portanto, que a vinda da FORD era do interesse da GM, que na mesma ocasião só não foi também defenestrada porque já estava com 90% da sua planta concluída. Com as duas montadoras no RS, o Polo Automobilístico estaria garantido.

SANTA CATARINA

Pois, de olhos bem abertos, o atento Estado de SC começou a construir o seu POLO AUTOMOBILÍSTICO. Iniciou conquistando a fábrica de motores da desconfiada GM, e, mais recentemente, a importante montadora de veículos BMW. Agora (semana passada) a GM anunciou que Joinville receberá também uma moderníssima fábrica de transmissões.

STATE OF ART (ESTADO DA ARTE)

Ela será construída onde atualmente já está sendo finalizada a fábrica de motores e entrará em operação em 2014, com capacidade de produção de 150 mil transmissões por ano em sua primeira fase. Que tal?Mais: nesta fábrica será produzida a transmissão -state of art- de seis marchas, com maior capacidade de torque. Metade do que for produzido em Joinville ficará no Brasil, substituindo as importações e o restante será exportado para a Europa.

A GM JÁ CONHECE OS CABOCLOS

Estão vendo só? Enquanto o RS petista (antes e hoje) desiste de empresas, o vizinho Estado de SC faz de tudo para não perder negócios. A partir de agora, com estas fábricas os catarinenses já podem festejar a existência de um POLO AUTOMOBILÍSTICO. De novo: com a colaboração da própria GM, que está preferindo investir fora do RS. Ou seja: A GM já conhece bem OS CABOCLOS.

INVESTIDORES DESCONFIADOS

No âmbito internacional, a ministra-petista-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que abriu, em Londres, na última sexta-feira, o seminário sobre planos de investimento em infraestrutura no Brasil (Road Show), teve dificuldades para convencer a seleta plateia. Motivo? Ora, os investidores sabem o que acontece onde o PT governa. Exemplos: 1- sabem bem que, no RS, as estradas concedidas estão sendo reivindicadas pelo governo Tarso antes do encerramento do prazo contratual; 2- sabem também que no Brasil todo as empresas de energia foram alvo de uma brutal intervenção, com imposição (sem licitação) para redução de preço.

INTERVENÇÕES

Arguida, durante o Road Show, a respeito da intervenção do governo no setor de energia, a ministra-petista-chefe (cara de pau) da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, respondeu aos críticos dizendo que as medidas adotadas pela equipe econômica foram legais e que o processo estava previsto nos contratos. Mais: indicou que as condições exigidas pelo governo seriam as mesmas em um novo processo de licitação.Ora, se seriam as mesmas, por que não houve a tal licitação? Por óbvio, as preocupações de quem se fez presente no ROAD SHOW foram as seguintes: -E depois do investimento feito no Brasil, o que garante que não haverá novas intervenções? - Não pode haver uma estatização em série, ou intervenções iguais aquelas que atingiram o setor elétrico e/ou as estradas do RS? Esta resposta me parece fácil, não?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • PÁSCOA
    A expectativa da CDL Porto Alegre para a Páscoa deste ano é que a procura por presentes não-alimentícios represente 30% das vendas do período. Em 2011, este percentual foi de 25%. Segundo o presidente da entidade, Gustavo Schifino, além da tradicional busca por chocolates, artigos como roupas e brinquedos devem estar entre os itens mais procurados, com um ticket médio de R$50.
  • LICENÇAS AMBIENTAIS
    Os investidores londrinos ficaram estarrecidos com as dificuldades para obtenção das licenças ambientais no Brasil. Não entendem como o governo quer empresas estrangeiras...
  • PERDAS
    Petrobras e a Vale, duas das maiores empresas do país, perderam R$ 261,9 bilhões em valor de mercado desde dezembro de 2010 , segundo dados recentes da consultoria Economatica. Esclarecendo: este, portanto, é o prejuízo dos investidores, não das empresas.
  • FÓRUM DA LIBERDADE
    O próximo Fórum da Liberdade, que acontece em abril (8 e 9), em Porto Alegre, será trepidante. Yoani Sanches e Eduardo Campos, já confirmados, vão garantir superlotação no evento.

FRASE DO DIA

Continuamos a ser a colônia, um país não de cidadãos, mas de súditos, passivamente submetidos às -autoridades-. A grande diferença é que antigamente a -autoridade- era Lisboa. Hoje é Brasília.

Roberto Campos