Artigos Anteriores

COMPETITIVIDADE À MODA PETISTA

ANO XIV - Nº 007/14 -

FILME DE HORROR

A cada dia que sai algum relatório produzido por qualquer um dos inúmeros institutos que existem mundo afora, contendo análises e/ou medições comparativas de desempenhos econômico, social, político, etc., mais claro fica o quanto o Brasil andou para trás, de forma dramática, enquanto o PT esteve no comando do país. É como assistir um filme de HORROR!

 

PRAZO E FOCO

Através dos dados pesquisados é possível entender que a tarefa de reconstrução da imagem e de resultados não é uma tarefa fácil. Uma prova de que para melhorar, e com isso ganhar algumas posições no ranking mundial, exige foco total com boa dose de paciência. Mais: o sucesso, pelo tamanho do estrago, não acontece em prazo curto.

TRIBUTAÇÃO, CORRUPÇÃO E INEFICIÊNCIA

Nesta semana, por exemplo, o Fórum Econômico Mundial, em parceria com a Fundação Dom Cabral, divulgou o ranking que mede a COMPETITIVIDADE de 137 países, onde o Brasil aparece na triste 80ª colocação. Mais: além da má colocação, o nosso empobrecido país ostenta uma das PIORES TRIBUTAÇÕES DO MUNDO;  uma CLASSE POLÍTICA VISTA COMO CORRUPTA; e um ESTADO EXTREMAMENTE INEFICIENTE. Que tal?? 

VOLTANDO A CRESCER

Vejam que em 2012 o Brasil estava na 48ª posição no ranking. Desde então, quando o mundo percebeu, definitivamente, o quanto de maldade estava contido no projeto Bolivariano-Petista, a maionese desandou de vez. Felizmente, como mostra o estudo, no último ano, já com o governo Temer, o Fórum Econômico admite que o Brasil encerra, enfim, uma longa tendência de queda e dá sinais de recuperação econômica e de competitividade. Diz o relatório: “O País avança comparativamente a outros em pontos chaves para retomada do crescimento e desenvolvimento".

MENOS COMPETITIVO

Mesmo que esta afirmação mais otimista feita pelo Fórum Econômico nos deixe mais entusiasmado, o fato é que o Brasil continua sendo a economia menos competitiva entre os países que compõem o BRICS. Mais: somos menos competitivos que Irã, Romênia ou Albânia, por exemplo.

ÚLTIMO COLOCADO

No aspecto POLÍTICO, o brasileiro é quem menos confia em sua classe de representantes públicos. Em 2008, o Brasil era o 122º entre 134 economias. Em 2013, ocupava a 136ª posição de um total de 148 países avaliados. Em 2017, o Brasil é o ÚLTIMO COLOCADO entre 137 países.

Agora a cereja do bolo: no que se refere a desvio de recursos públicos, o País está entre os três piores no ranking. Já no critério sobre eficiência dos gastos governamentais, aparece entre os quatro piores. (Estadão)

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • NOVO

    O ex-presidente do Banco Central, Gustavo Franco, irá presidir a Fundação Novo, que é órgão responsável pela criação do programa de governo do partido Novo para 2018. 

  • BR DISTRIBUIDORA

    O conselho de administração da Petrobrás autorizou o pedido de abertura de capital da Petrobrás Distribuidora
    na CVM assim como a alienação de 25% a 40% da participação acionária detida na subsidiária.
    A BR Distribuidora, por sua vez, vai pedir a adesão ao Novo Mercado, nível mais elevado de governança corporativa da B3. Em comunicado, a Petrobrás informa que realização da oferta está sujeita à aprovação dos órgãos internos da Petrobrás e da Petrobrás Distribuidora e à análise e aprovação dos entes reguladores.

  • IGP-M E INCERTEZA DA ECONOMIA

    1- O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou nova alta em setembro, de 0,47%, acima do avanço de 0,10% em agosto, informou a FGV. 

    2- O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) caiu pelo terceiro mês consecutivo em setembro, em 10,8 pontos em relação a agosto, passando de 130,1 pontos para 119,3 pontos, informou a
    FGV. Com o resultado, o indicador atinge o menor nível desde abril deste ano (de 118,8 pontos).

  • NOTA

    O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, lamentou no início da madrugada desta quinta-feira, 28, a não aprovação do projeto do Executivo que tinha o objetivo de implantar o IPTU real em Porto Alegre. Ok. Entretanto,  meu caro prefeito,  não preciso emitir nota para dizer que fiquei satisfeito com a NÃO APROVAÇÃO DO MONSTRENGO. 

  • MÚSICA NA PRAÇA

    O projeto Música na Praça, que tem como objetivo apresentar shows de talentos gaúchos da música aos frequentadores do Bourbon Shopping e Moinhos Shopping, chega nesta sexta-feira (29) à nona semana de agenda. A iniciativa, realizada desde agosto, já promoveu 65 shows de artistas da cena local.

FRASE DO DIA

Para quê preocuparmo-nos com a morte? A vida tem tantos problemas que temos de resolver primeiro.

Confúcio