Artigos Anteriores

COMPETIÇÃO GLOBAL

ANO XIV - Nº 007/14 -

NOS BOXES

Enquanto vários países do primeiro mundo estão parados nos boxes para troca de motor, aerofólio, pneus e abastecimento de combustível, a Índia, China e Brasil, principalmente, desfilam na pista ganhando posições na corrida econômica internacional.

EXPLICAÇÃO

Cabe dizer que no Grid de Largada o Brasil nunca apareceu como favorito em todos os certames nem esteve nas primeiras filas. Assim, o nosso (bom) desempenho econômico apresentado nesses últimos períodos, tem uma explicação: É que vários acidentes envolveram os mais bem preparados fazendo com que abandonassem a pista indo para os boxes em busca de sérios reparos e importantes reformas.

TURBINADO

Isto, portanto, não fez o BRASIL ser mais veloz e/ou competitivo, capaz de ganhar as corridas daqui para frente. É verdade que o nosso motor foi turbinado e ganhou força. Mas isto também tem explicação: foi graças a uma overdose de crédito de alta octanagem.

ESTRUTURA RUIM

Queiram ou não, o fato é que o BRASIL, mesmo sendo muito aplaudido só porque está na pista, não possui estrutura suficiente para aguentar o ritmo desta e de outras corridas. E, com a aceleração imprimida, o motor não demora vai fumar.

REFORMAS

Pior: caso a estrutura como um todo não passe por grandes mudanças (reformas), com substituição de peças e vários sistemas por outras mais leves e eficientes, o motor vai explodir. Com isso a nossa participação estará comprometida e o rebaixamento praticamente assegurado.

FELICIDADE

É natural que muita gente esteja vibrando e curtindo o bom momento. Ademais, as chances de chegar ao pódio nesta edição têm o poder de massagear a alma e propor um sentimento de grande felicidade. Isto ninguém duvida, obviamente.

A COMPETIÇÃO NÃO PARA

Entretanto é imperioso lembrar que a competição é longa e não para. E que muitos países, por enquanto, estão fora da competição. E quando recuperarem a robustez e confiança vão voltar, naturalmente, a ocupar as primeiras filas.PIT STOP - Vejam que a quantidade de crédito injetado na nossa economia já precisou ser reduzida para evitar que o motor pare de funcionar. Como os pneus também estão muito gastos, para que o carro permaneça mais tempo na pista a troca exige um urgente pit stop.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • GRÉCIA
    A agência Moody\'s rebaixou hoje as notas de risco de crédito da Grécia de B1 para Caa1, o que reforça receios de agentes financeiros sobre a insolvência do país europeu. E colocou, também, os ratings soberanos - em moeda local e estrangeira - em perspectiva negativa, indicando a possibilidade de novo rebaixamento no curto prazo.
  • GOLPE DUPLO
    Dilma, finalmente, se rendeu àquilo que os petistas chamam de neoliberalismo: privatizará aeroportos e abrirá capital da Infraero. Que tal? Pois é, gente. Este foi um golpe duplo e certeiro na cabeça ideológica petista, não?Primeiro, porque para o PT, privatizar é demonizar, ou seja entregar a alma ao demônio; segundo, porque a decisão significa dizer que Lula é muito incompetente, uma vez que ao longo dos oito mandatos nada fez para melhorar a arruinada infra-estrutura do país.
  • POSSE
    Nessa segunda-feira, 06, acontece a posse da diretoria 2011/2012 do Instituto de Estudos Empresariais (IEE). Às 19h30min na Associação Leopoldina Juvenil, Porto Alegre.
  • FLORENSE 10 ANOS
    Muito antes de sustentabilidade tornar-se uma preocupação mundial, a Florense já se engajava com força na luta pela preservação do meio ambiente. E, há 10 anos, transformou esse compromisso em documento, com a certificação ISO 14001.Concedido pela Det Norske Veritas e homologado no Brasil pelo Inmetro, o certificado incrementa ainda mais essa responsabilidade, e a resposta vem em forma de números ? que a Mãe Natureza agradece: - Plantio de 2.324 árvores para compensar as emissões de CO², através do engajamento no programa Carbon Free;- Redução de 67% no consumo de água;- Redução de 65% na geração de resíduos líquidos industriais;- Redução de 64% no consumo de lâminas de madeira, com menor desperdício, pela evolução da tecnologia;- Redução de 25% no consumo de tintas, também pela melhor tecnologia;- Redução de 12% no consumo de energia;- Redução quase total da emissão de gases na atmosfera;Pioneira nessa conquista na América do Sul, dentro do mercado moveleiro, a marca gaúcha comemora uma década dessa conquista com o lançamento de um hotsite para apresentar todas essas e outras ações realizadas dentro desses 10 anos de trabalho. Muito lúdico e interativo, a página Florense Verde (www.florenseverde.com.br) mostra ao público toda a preocupação que a marca tem com o meio ambiente e todos os avanços alcançados com este trabalho. Além disso, o usuário poderá fazer um quiz que dirá como é seu perfil dentro do quesito responsabilidade ambiental ? e compartilhá-lo nas redes sociais. Essa e muitas outras novidades estarão no ar a partir do dia 06 de junho ? semana de comemoração do dia mundial do meio ambiente.
  • FEIRA DE INVERNO
    Durante 5 finais de semana a partir de 18 de junho até de 17 de julho, Flores da Cunha é palco de um dos maiores e mais tradicionais eventos comerciais do estado do RS. A 22ª Feira de Inverno reúne mais de 70 expositores de malhas, confecções, artigos de cama, mesa, banho, móveis, vinhos, artesanato e artigos para o lar. Completa o evento a farta gastronomia italiana, produtos coloniais e uma programação artística e cultural. Dentro as atrações a Feira de Inverno com o apoio cultural de Florense, Keko e Sec. de Educação trazem o espetáculo Circo de Bonecos com o grupo Tholl no dia 02 de julho. Informações pelo site www.feiradeinverno.com.br .

FRASE DO DIA

O objetivo da argumentação, ou da discussão, não deve ser a vitória, mas o progresso.

Joseph Joubert