Artigos Anteriores

COMPARANDO AS MÍDIAS

ANO XIV - Nº 007/14 -

REPERCUSSÃO

Os meios de comunicação do Brasil, notadamente a mídia aberta, de maior penetração, deram enorme repercussão à visita que Dilma Rousseff fez, recentemente, aos EUA. Boletins de hora em hora explicavam, tim tim por tim tim os passos que a presidenta dava dentro da Casa Branca.

VIAGEM PAGA PELO GOVERNO

Como quase todos os repórteres viajaram às custas de verbas publicitárias de empresas públicas, os jornais se sentiram obrigados em admitir que o encontro Dilma-Obama foi um ato de importante aproximação do governo petista brasileiro com o país considerado maior representante do capitalismo mundial.

ASSUNTO IGNORADO

Pois, enquanto a mídia brasileira fez de tudo para mostrar o seu encantamento típico de babaca, a mídia americana, bem mais transparente preferiu agir de forma bem diferente. Por entender que a visita de Dilma não merecia tanto destaque, a maioria até ignorou o assunto.

WASHINGTON TIMES

Quem, entretanto, fez questão de se pronunciar, e aí de forma clara e bem explicada, foi o jornal Washington Times. No seu editorial da última segunda-feira, 09 de abril, o WT fez questão de expor, em detalhes, o seu entendimento sobre esta estranha aproximação do governo brasileiro, petista, aos EUA.

QUEIMA DE BANDEIRAS

Ora, é pra lá de sabido o imenso sentimento de ódio que os petistas e seus aliados sempre manifestaram em relação aos EUA, maiores representantes do livre mercado mundial. É incontável, inclusive, o número de bandeiras americanas que já foram queimadas em todos os cantos do nosso país.

TRECHO EM PORTUGUÊS

Deixando de lado estas observações, vejam o que diz o editorial do Washington Times, de 09/04, que na íntegra pode ser acessado através do site (http://www.washingtontimes.com/news/2012/apr/9/obamas-brazilian-model). Para facilitar a leitura, eis um trecho traduzido para o português; e a seguir, o mesmo trecho em inglês:\"A Sra. Rousseff é um exemplo da DURA ESQUERDA ANTI-AMERICANA que está se unindo aos PAÍSES EMERGENTES para testar o poderio dos EUA. Uma das principais metas da MISSÃO dela em WASHINGTON é obter a APROVAÇÃO do presidente BARAK OBAMA no que se refere à AMBIÇÃO BRASILEIRA em participar do CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU. O apoio americano para tal seria AUTO-DESTRUTIVO, pois o Brasil votaria CONTRA OS INTERESSES AMERICANOS NO MUNDO. A Sra. Rousseff, sendo EX-GUERRILHEIRA COMUNISTA; APOIA FORTEMENTE governos ditatoriais e ANTI-AMERICANOS, como CUBA dos irmãos Castro e a VENEZUELA de Hugo Chavez. Ela também apoia os esforços do governo IRANIANO para a aquisição de ARMAS NUCLEARES, ao mesmo tempo que lidera um grupo de países que PRESSIONAM OS EUA no sentido do DESARMAMENTO NUCLEAR. Se o planeta está dividido entre aqueles que estão AO NOSSO FAVOR e aqueles que estão CONTRA NÓS, a Sra. Rousseff ESTÁ DO LADO ERRADO!!!\".

TRECHO EM INGLÊS

Ms. Rousseff is an exemplar of the anti-American hard left that is uniting in the developing world to check U.S. power. One of the main goals of her mission to Washington is to get Mr. Obama?s seal of approval for Brasilia?s ambition to acquire a permanent seat on the United Nations Security Council. U.S. support for this scheme would be self-destructive as Brazil would provide a reliable vote against American interests in the world body. Ms. Rousseff, a former communist guerrilla herself, is a strong supporter of anti-U.S. dictatorships such as the Castros in Cuba and Hugo Chavez in Venezuela. She has backed the Iranian mullahs? efforts to acquire nuclear capability while leading a club of nations pressing for U.S. nuclear disarmament. If the planet is divvied up between those who are for us and those who are against us, Ms. Rousseff is on the wrong side.Pergunto: - O WT cometeu algum equívoco? Ou foi a nossa mídia que preferiu silenciar? Creio que o jornal americano cometeu um erro de omissão ao não informar que o partido de Dilma/Lula é membro fundador do Foro de São Paulo, organização comunista latino-americana que tem como inimigo maior os EUA.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • CHINA
    O PIB da China cresceu 8,1% no primeiro trimestre, considerado o ritmo mais fraco dos últimos três anos, frustrando as expectativas de expansão de 8,3%. Esse foi o quinto trimestre consecutivo de desaceleração. Já a produção industrial chinesa cresceu 11,9% em março na comparação anual, superando as estimativas de avanço de 11,2%. As vendas no varejo subiram 15,2%.
  • TÁ NA MESA
    O Tá na Mesa da próxima quarta-feira, 18, vai receber o presidente do conselho curador da Fundação Projeto Pescar, Romeu Edgar Schneider. Tema: Projeto de Responsabilidade Social como fonte de talentos para o mercado. O evento inicia-se às 12h, no Palácio do Comércio, no Largo Visconde de Cairú, 17, no Centro de Porto Alegre.
  • ENCONTROS DO CONHECIMENTO
    O Instituto MC Educação realizará o 1º Encontros do Conhecimento, no dia 23/4/2012, em Santo Ângelo, RS, com a temática - Direito Eleitoral e suas Implicações. O evento objetiva ampliar o conhecimento do Direito Eleitoral e suas implicações na vida dos cidadãos. São palestrantes: Alzir Felippe Schmitz (Desembargador do TJRS), Antônio Augusto Portinho da Cunha (Diretor-Geral da Secretaria do TRE/RS) e Cláudio Lamachia (Presidente da OAB/RS). As inscrições podem ser feitas na OAB Seccional de Santo Ângelo (fone: (55) 3312.6399 ? e-mail: presidencia@oabsan.org.br) e no Instituto MC Educação Social (fone: (51) 3276.8699 ? e-mail: contato@institutomceducacaosocial.com.br).
  • DIREITO DESPORTIVO
    O Instituto Nacional de Estudos Jurídicos e Empresariais (INEJE) oferece o Curso de Especialização em Gestão e Direito Desportivo. Regulado pelo MEC, o curso é voltado para profissionais ligados à área desportiva, como agentes da FIFA, educadores físicos, advogados, contadores e administradores. A carga horária é de 360 horas-aula, distribuídas em quatro semestres. As aulas terão início em 13 de abril de 2012. Vagas limitadas. Mais informações: 51 3388 8023 ou secretaria@ineje.com.br.

FRASE DO DIA

Um relato honesto se desenrola melhor se o fazem sem rodeios.

William Shakespeare