Artigos Anteriores

COM LEVY, A ECONOMIA PODE MELHORAR?

ANO XIV - Nº 007/14 -

A GRANDE PERGUNTA

Depois de anunciada, finalmente, a equipe que deverá (?) comandar a economia do nosso cada dia mais pobre país, a grande pergunta que muitos estão fazendo nas mais variadas rodas de conversas é: com Joaquim Levy na área econômica do governo as coisas podem realmente melhorar?

PRATICAMENTE NULA

Pois, da mesma forma como me manifestei, quando Dilma Neocomunista Rousseff foi eleita para seu primeiro mandato, a minha resposta é simples: esta possibilidade é praticamente NULA. O máximo que se pode esperar, se tudo der certo, é que a situação apenas deixe de piorar. 

LÓGICA DE RACIOCÍNIO

As razões que me levam a tal convicção, mesmo admitindo o risco de ser, mais uma vez, chamado de pessimista (como os ingênuos preferem) se enquadram na lógica do raciocínio:  este governo, por ser neocomunista-bolivariano, não tem a mínima pretensão de propor reformas necessárias para que o país atinja um razoável nível de crescimento econômico. Simples assim.

TAXA DE INVESTIMENTO

Para atestar a minha convicção começo pela insignificante Taxa de Investimento que o nosso pobre país ostenta: ridículos 17,4% como foi noticiado nesta manhã. Ora, nenhum país do mundo consegue ver a sua economia crescer com Taxa de Investimento inferior a 23/25%. Abaixo desse nível, o máximo que se pode obter é uma estagnação econômica.  

LIBERDADE

Assim, as esperanças que muita gente está depositando na pessoa do economista Joaquim Levy, que decididamente não é um Super-Homem, dependem de reformas capazes de destravar a economia. Mais: isto só seria possível com um grau mínimo de liberdade, coisa que, seguramente, não está nos planos da Dilma- Interventora-mor, e muito menos do PT.

PROJETO BRASIL-BOLIVARIANO

Vamos convir que a escolha de Joaquim Levy, que de antemão tem tudo para não ser digerido pelo PT, está mais para uma nova maquiavélica tentativa petista de reconquista da confiança do empresariado.

Enquanto os investidores se entretém com a escolha -surpreendente- de Levy, a presidente e seu partido ganham espaço e tranquilidade para levar a frente o projeto Brasil-Bolivariano. 

MILAGRES

Uma coisa, por mais certa  que seja, precisa ser dita sempre: milagres e/ou mágicas são atos de ilusionismo. Portanto, o emprego de Contabilidade Criativa e/ou os mais diversos truques e leis que o governo Dilma usa para mascarar as contas públicas, não conseguem mais esconder a sua má administração. Assim, se Joaquim Levy conseguir suportar os desejos do PT, o que já é muito, o máximo que pode conseguir é evitar que tudo piore.    

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • TAXA INFAME

    O PIB do 3° trimestre, que subiu 0,1% ante ao trimestre anterior e declinou 0,2% na comparação com o mesmo período de 2013. Já o PIB industrial cresceu subiu 1,7% ante ao 2° tri, mas registrou queda de 1,5% na base anual. 

  • PÍFIO

    A formação bruta de capital fixo, indicador de investimento, cresceu 1,3% no terceiro trimestre em relação ao imediatamente anterior, mas caiu 8,5% comparada ao mesmo período de 2013, segundo dados do IBGE.

  • INDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL

    A Gerdau S.A e a Metalúrgica Gerdau S.A., pela nona vez consecutiva, foram selecionadas para integrar a
    carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BMF&Bovespa. As empresas listadas no ISE são reconhecidas por sua sustentabilidade corporativa, baseada em eficiência econômica, equilíbrio ambiental, justiça social e governança corporativa.

    O índice irá vigorar entre 05 de janeiro de 2015 e 02 de janeiro de 2016. A carteira do ISE reúne 51 ações de 40 empresas, que representam 19 setores e somam R$ 1,22 trilhão em valor de mercado.
    O equivalente a 49,87% do total do valor das empresas com ações negociadas na BM&FBOVESPA,
    com base nas cotações de 24 de novembro de 2014.
     

  • BRILHA PORTO ALEGRE

    O lançamento da campanha acontecerá nesta noite no Shopping Total, com a realização do Natal de Estrelas. O evento inicia às 19h e contará com apresentações teatrais, coral e o tradicional rapel do Papai Noel na chaminé do shopping, que será iluminada com projeções e fogos de artifício. O Brilha Porto Alegre, uma parceria entre o Sindilojas Porto Alegre, CDL POA e o Sindicato da Hotelaria e Gastronomia de Porto Alegre (SINDPOA), com promoção do Grupo RBS, tem o objetivo de resgatar o espírito do Natal nos porto-alegrenses para tornar a cidade mais atrativa. Conheça a programação completa no site www.brilhaportoalegre.com.br.

  • DESAFIOS

    O SIMECAN reuniu seus associados para o evento de confraternização anual na última quinta-feira (27), em Canoas. O presidente Roberto Machemer, em sua saudação, lembrou da capacidade de superação da classe industrial, principalmente diante dos desafios impostos pela carga tributária e falta de um planejamento para fortalecer e desenvolver o setor produtivo.

FRASE DO DIA

O que entre homens honestos é amizade, entre desonestos se torna cumplicidade.

Salústio