Artigos Anteriores

CARDEAL DESINFORMADO

ANO XIV - Nº 007/14 -

CORAJOSO?

Há quem considere o novo cardeal João Braz de Avis, catarinense que na semana passada recebeu o título de cardinalício, um homem corajoso, que não tem papas na língua. Pode ser. Porém, como não o conheço deixo de emitir opinião sobre estas características pessoais que lhe foram apontadas.

A IGNORÂNCIA, POR EXEMPLO

Entretanto, como o cardeal, no seu pronunciamento logo após ter recebido o título, pediu que a Europa e os EUA desçam do pedestal e voltem seus olhares para a América Latina, o mesmo deu a entender que não tem a mínima idéia das coisas que mais afligem os países latinos. A ignorância, por exemplo.

ENGANO, CARDEAL

João Braz de Avis disse que, mesmo tendo mudado nos últimos anos, muitos países da América Latina, Ásia e África continuam pensando que são colônias e/ou de Terceiro Mundo. Engano, meu caro cardeal: a maioria dos países latinos faz de tudo para continuar no atraso. A maioria, inclusive, continua com a idéia fixa de que o comunismo é a salvação do planeta.

AVANÇO DA DITADURA DE ESQUERDA

Além do desinformado cardeal, os latinos precisam saber que o plano mestre dos nossos governantes é fazer com que ditaduras comunistas se instalem o mais rápido possível no maior número de países da América do Sul e Central.Hoje, além de Cuba (original e por isso o maior exemplo), vários outros países, como Venezuela, Bolívia, Nicarágua, Paraguai, Argentina e Equador, estão mostrando um importante avanço em direção ao regime ditatorial de esquerda.

CALAR A IMPRENSA

A mais recente prova do autoritarismo latino, caro cardeal Avis, está sendo protagonizada pelo líder do Equador, Rafael Correa. Como membro do Foro de São Paulo e, portanto, fiel aos ensinamentos de Antoine Gramsci, que constam na sua obra ?

Os Cadernos do Cárcere

-, uma das providências que acelera o processo de mudança para o regime comunista é CALAR A IMPRENSA. Para tanto, Correa já usa a sua força autoritária para levar o diário El Universo à falência. O motivo? Simples, gente: tudo porque o jornal resolveu criticar o presidente equatoriano. Ora, isto, em regimes comunistas, é absolutamente impensável. Que tal?

CLUBE DE OPINIÃO

Pois, como presidente do Clube de Editores e Jornalistas de Opinião de Porto Alegre faço aqui um alerta através de uma lembrança: isto já aconteceu no RS, no governo do petista Olívio Dutra, que lutou de todas as formas para calar os comunicadores contrários às suas idéias e/ou decisões. Observem o detalhe: o PT (leia-se Lula) é membro fundador do Foro de São Paulo, organização comunista latino-americana criada após a queda do muro de Berlim com o propósito de não deixar o comunismo sucumbir.

OLHAR PARA CIMA

Não é possível que o cardeal Avis, por ser catarinense, desconheça tudo isto. Se não sabe deveria estudar mais antes de fazer declarações fantasiosas como aquelas que fez na semana passada. Aqui entre nós, cardeal desinformado: quem precisa olhar para cima são os pobres países latinos.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • CORTE DE IMPOSTOS
    O governo Obama propôs cortar de 35% para 28% os impostos sobre as empresas americanas, numa iniciativa que poderá determinar onde as companhias multinacionais decidirão investir.O plano do governo tornaria os EUA um lugar mais atraente para atividades industriais e de pesquisas, ao mesmo tempo em que imporia um imposto mínimo sobre lucros que as empresas americanas auferem em paraísos fiscais no exterior. As medidas poderiam também ter impacto em empresas dos setores de petróleo e gás, fechando brechas legais que abatem seu recolhimento de impostos. Contem isto para o cardeal Avis para que sugira o mesmo para a América Latina.
  • EMPREGOS
    O Brasil criou em janeiro 118,8 mil empregos formais, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Este número é 21,8% menor que o volume de postos formais gerados em igual mês de 2011.
  • DECISÃO CONTRA SONEGAÇÃO
    Decisão da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) autoriza o Ministério Público a processar criminalmente contribuintes antes do término da discussão administrativa da dívida fiscal. A sentença contraria interpretação feita pelo próprio Supremo em 2009, de que a ação penal só poderia ter início após concluído o processo administrativo.
  • PETROBRÁS
    A decisão do governo, de não admitir ajustes de preços dos combustíveis, uma vez que não leva em consideração a cotação do petróleo no mundo, está provocando prejuízos por todos os cantos: 1- para o acionistas, pois o faturamento da PETROBRÁS ficou R@ 12 bilhões a menos nos últimos dois anos; e, 2-para o Programa do Etanol, que está sendo altamente prejudicado pela necessidade de concorrer no mercado internacional. Contem esta também, para o cardeal Avis.

FRASE DO DIA

Não há pior vilão que o vilão consciente.

Miguel de Cervantes