Artigos Anteriores

ARGENTINA: O AUTO-ISOLAMENTO

ANO XIV - Nº 007/14 -

VIZINHO COMPLICADO

Além de se revelar como uma caloteira contumaz, a Argentina está fazendo questão de mostrar ao mundo que não tem muita vontade para sair da encrenca em que está metida. Faltam recursos para investir no país, faltam recursos para pagar as dívidas, falta compreensão para o povo entender que só a credibilidade pode reverter a situação, etc... Falta muita coisa. Sobra o que? Sobra discurso bobo de Kirchner, sobra intervenção na economia com proibição de entrada de produtos brasileiros e sobra muita malcriação com o FMI. Estão entrando num legítimo auto-isolamento que só tende a piorar as condições de vida dos argentinos. Os empresários argentinos, os mais capitalizados e cheios de cuidados, já estão encaminhando recursos e projetos de investimentos em outros países. E o povo, cada vez mais ignorante, crê que insultando e expulsando o representante do FMI vão melhorar as coisas por lá. Que coisa, hein? Viva o Mercosul.

ÓDIO

À distância, mas fortemente influenciados pela nossa imprensa ideológica, pelo cinema (Fahrenheit) e por outras formas mais, muitos bbrasileiros pensam que Bush já era. E que Kerry já ganhou e tem o apoio de todos. Só que isto não é verdade e a convenção republicana que está acontecendo em N.York prova isto. O governo brasileiro, há muito tempo inimigo declarado dos EUA, ainda é bastante ajudado pela Rede Globo, que não faz outra coisa senão demonizar Bush e jogar todos contra ele e o povo americano. Até nas Olimpíadas de Atenas foi possível constatar tal ódio para com eles. Quando havia uma disputa, e os atletas dos EUA se saiam mal, passavam a ser criticados e contemplados com adjetivos de baixa qualificação. Apesar de terem recebido mais medalhas e seus atletas terem sido preparados todos nos EUA, ao contrário de muitos que lá se apresentaram (inclusive brasileiros), mesmo assim eram odiados ou desconsiderados. Quanta inveja, gente.

CHEIO DE PERDÃO

Concordo que seria muito difícil para o Brasil receber o que nos devem o Gabão, Bolívia, Moçambique e outros países pobres e mal administrados. Porém, ao ficar anistiando dívidas, como Lula tem promovido nos encontros que vem mantendo com os representantes destes países, merece um pouco de atenção. A soma dos valores já é expressiva e está tirando alguma capacidade de negociação dos valores com outras nações. Para quitar dívidas maiores, geralmente se coloca alguma carne de pescoço para obter alguma vantagem no negócio. Até na compra de imóveis ou veículos isto acontece. O nosso Parlemento não deveria discutir estas benevolências?

SACO DE BANDADES

Depois de um período de elevação de tributos, o governo Lula está começando a tirar alguns impostos aqui e ali. O efeito mercadológico que vem conquistando é fantástico. Dá uma impressão, para os menos avisados, de que só vem fazendo bondades. Só que o resultado das renúncias fiscais é insignificante em relação ao que aumentou na receita. Mesmo assim, vale o registro, pois algumas atividades estavam ficando paralisadas. A mais recente bondade é para o desenvolvimento de software, que voltará ao regime antigo, cumulativo, de tributação da PIS/Cofins, com incidência de 3,75%.

GOVERNANÇA CORPORATIVA

Depois do caso Enron, que serviu de modelo para aperfeiçoamento dos mecanismos de administração das empresas, o mercado de capitais anda atento e preocupado com o máximo de transparência. A NYSE (Bolsa de N.York) não quer dar chances ao perigo e definiu regras para a contratação de diretores de empresas que tem suas ações cotadas e negociadas na instituição. Candidato quem tem parente próximo na administração da empresa, que recebe valores muitos altos como consultor, e que seja funcionário de outra empresa que recebe mais de 2% de sua receita ou mais de US$ 1 milhão da empresa na qual o diretor trabalha, poderá ser desqualificado pela NYSE. Maravilha.

VEM COM TUDO

Cheia de cuidados, mas muito determinada, a Brasil Telecom GSM está anunciando o lançamento de suas operações na telefonia móvel. Durante todo o mes de setembro, as coisas estarão acontecendo. As informações e conhecimentos sobre a atuação serão passados para o público ao longo do mes e a partir de outubro a guerra já será para valer. O forte da angariação de clientes será através do chamado \"roubo de mercado\". Segundo a direção da Br.Telecom, os concorrentes deverão perder muitos clientes. A forma encontrada é a sinergia e a convergência fixo-móvel, integrando todo o leque de produtos e serviços do Grupo BRTO, da telefonia fixa e móvel ao acesso à Inernet. Enfatizando que não estão brincando e que é coisa muito séria, os diretores avisaram que até dezembro deverão ter conquistado 400 mil clientes. A conferir.

FESTIVAL DE TURISMO

China, Tailândia, Índia e Japão acabaram de confirmar presença no 16º Festival do Turismo de Gramado. São países que virão não apenas como destino, mas com a participação direta de suas operadoras e agentes de viagem. As organizadoras creem que o número de países participantes aumente ainda mais nas próximas semanas. Além de países do Oriente, confirmaram presença em Gramado a África do Sul, Bolívia, Argentina, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Chile, Estados Unidos, Guatemala, México, Peru, Porto Rico, Cuba, Uruguai, Paraguai. Também países que integram a Comissão Européia de Turismo, como França, Itália, Alemanha, Portugal, Espanha, Suíça, Áustria, Bélgica, Reino Unido e Polônia.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

A ABELHA E A VESPA SUGAM AS MESMAS FLORES,MAS NÃO FAZEM O MESMO MEL.