Artigos Anteriores

APELO DESCABIDO

ANO XIV - Nº 007/14 -

AFIRMAÇÃO TOLA

Confesso que já está pra lá de insuportável ouvir, ler e assistir comentários, sempre muito ásperos e desesperados, cheios de alegações de que a carga tributária no Brasil é muito alta, indecente e insuportável. Esta afirmação, se observadas as legítimas causas do problema, não tem o menor cabimento.

PAÍS POUCO DESENVOLVIDO

O comportamento e o grau de discernimento da sociedade brasileira, desde empresários a empregados, confirmam o fato de o nosso país ter dificuldades para atingir a categoria de país desenvolvido. A prova disto está na grande insensatez, falta de lógica e pouca inteligência mostrada pelo povo quando há alguma reivindicação.

CARREGAMENTO DO CUSTO

A baixa escolaridade do povo explica a enorme dificuldade para entender que, para cada benefício pleiteado e/ou concedido há o carregamento do custo correspondente. Portanto, bem antes de decidir alguma coisa é preciso colocar os ingredientes na balança. Ela vai revelar se o preço a ser pago pela vantagem é adequado e inferior ao seu custo, ou vice versa.

ACEITAÇÃO DO PRODUTO

A grande pergunta, portanto, que precisa ser feita antes de tomar qualquer decisão, é se contribuinte/consumidor aceita e concorda em pagar o preço do que foi prometido pelo governo, e que, infelizmente, nem sempre é entregue. Adicionalmente, uma vez aprovado o projeto, ele precisa saber se há garantia de que o produto é aquele mesmo e não uma daquelas lamentáveis espertezas típica dos maus vendedores.

QUANTOS OS BENEFICIADOS?

É óbvio que pressões sociais existem em qualquer lugar do mundo e que são muito antigas. No entanto, o papel dos governantes, antes de ceder aos pleitos precisa comparar o custo com o benefício a ser concedido. Mais: quantos serão beneficiados? Se for só para poucos, a aprovação é injusta e execrável por se tratar de privilégios. E, se for para todos, o que admite um rateio equilibrado e honesto, ainda assim é preciso que tenha viabilidade.

CONSTITUIÇÃO DE 1988

Salvo as irritantes decisões tomadas a todo o momento pelo governo, que precisam ser evitadas, alertadas e corrigidas o mais rápido possível para evitar desperdícios ou concessão de privilégios, o fato principal, que determinou a existência desta absurda carga tributária está na Constituição de 1988, aprovada com total insensatez e irresponsabilidade.

DESENVOLVIMENTO

Ali estão gravadas, muitas por cláusulas pétreas, as inúmeras e pesadas despesas, que só podem ser suportadas com muito imposto. O curioso é que os reclamantes sequer se coçam para reformar a estupidez que impede o Brasil de ser um definitivo país desenvolvido.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

O PODER SEM MORAL TRANSFORMA-SE EM TIRANIA.

Jaime Balmes