Artigos Anteriores

ANTES QUE O IMPEACHMENT VIRE MITO

ANO XIV - Nº 007/14 -

INSATISFAÇÃO POLÍTICA

A maioria dos constitucionalistas diz que o povo, por puro desconhecimento, confunde insatisfação política com a necessidade de um impeachment.

Mais: para que o pedido de abertura de -impeachment- ganhe consistência jurídica é necessário a existência de provas de que o presidente cometeu algum crime comum (homicídio ou roubo) ou crime de responsabilidade –que envolve desde improbidade administrativa até atos que coloquem em risco a segurança do país, explicitados na lei 1.079, de 10 de abril de 1950, conhecida como Lei do Impeachment.

 

NADA CONFUSO

Pois, admitindo que tais juristas estejam absolutamente certos é importante considerar que quando há enorme insatisfação popular, notadamente quando embasada em provas de envolvimento do governo em inúmeros casos de alta corrupção, não há como conter a gritaria, nada confusa, do pedido de impeachment do mandatário.

LIBERDADE

Antes, portanto, que o -impeachment- se transforme em MITO, é importante lembrar o quanto é indispensável o uso da LIBERDADE. Ou seja, todos aqueles que se colocam a favor do afastamento de um presidente, governador ou prefeito, devem ter os mesmo direitos de manifestar o seu desejo da mesma forma como fazem aqueles que não veem razões para tanto.

Repetindo: o direito de quem se manifesta pró impeachment deve ser igual ao direito de quem se coloca contra. 

INELEGIBILIDADE DE LULA

Vale lembrar que o mesmo povo que hoje está pedindo, insistentemente, o afastamento da presidente Dilma só não pediu o impeachment de Lula porque as grossas falcatruas que hoje estão sendo mostradas, provadas e confessadas, não vieram à tona durante o seu mandato de oito anos. Isto,  no entanto, não implica que o povo roubado venha a exigir a inelegibilidade eterna do ex-presidente.

CRIME DE RESPONSABILIDADE

É válido admitir também que, dentro do ambiente de liberdade, alguns insatisfeitos agem de forma emocional, isto é, querem o afastamento da presidente Dilma mais porque não gostam dela nem do PT. Ou mesmo porque votaram em Aécio Neves.

Mas, o que é absolutamente inegável mesmo é que a maioria está convencida, pelas provas e depoimentos, de que Dilma (e Lula) cometeram crime de responsabilidade.

 

 

NADA ERRADO

Respeitando as vontades daqueles que estão contra e daqueles que se colocam a favor do impeachment, que de antemão só pode ser decidido pelo Congresso Nacional, não vejo nada de errado se alguém, ou partido político, venha a protocolar o pedido de impeachment da presidente Dilma. Caso aconteça (espero que seja rápido) proponho que no mesmo pedido seja colocado, com enorme intensidade, o afastamento definitivo do ex-presidente Lula da vida pública. 

QUESITOS IMPORTANTES

Resumindo: nesta questão acompanho o raciocínio do jurista e pensador (pensar+) Ives Gandra Martins: o pedido de impeachment depende de três importantes quesitos, mesmo que não venha a ser aprovado:

1- prova de crime;

2- vontade popular; e,

3- vontade política.  

No meu entender já não falta mais nada. Postergar é dar ainda mais força para os bandidos.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • DESEMPREGO EM ALTA

    A taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas ficou em 6,2% em março, ante 5,9% em fevereiro. O resultado foi o maior desde maio de 2011 (6,4%), de acordo com o IBGE. 

    Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou alta de 1,07% na terceira quadrissemana de abril. O número representa uma aceleração em relação à segunda leitura do mês (quando apresentou avanço de 0,88%). 

  • FLORENSE VITÓRIA

    Na próxima semana, dia 6 de maio, às 19:30h, acontece a reinauguração do showroom da Florense Vitória, com apresentação da AWA Collection. A loja Florense está situada na rua Humberto Martins de Paula, 140 - Enseada do Suá, Vitória, ES.
     

  • FEBRAVAR

    O presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, juntamente com o presidente da Febravar, Ronaldo Sielichow, promove coletiva de imprensa para apresentar as novidades da 3ª edição da Febravar - Feira Brasileira do Varejo. Será no dia 05 de maio, às 9h, no Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 - Bairro Três Figueiras, Porto Alegre).


    Na ocasião serão apresentados:

    - Expectativa de negócios que a Feira deve impulsionar;
    - Novidades e tendências para o varejo;
    - Congresso Brasileiro do Varejo - palestrantes e temas abordados.
     

  • VIAGEM EM FAMÍLIA

    O Moinhos Shopping irá realizar o sonho de uma viagem em família neste Dia das Mães. A promoção, que ocorre de 22 de abril a 11 de maio, sorteará uma viagem inesquecível em que as mães podem escolher o destino de sua preferência e levar toda a família para aproveitar. O vencedor também ganha um photo book exclusivo para registrar os momentos da viagem.

    Para participar da promoção “Dia das Mães, Viagem de Família”, é preciso apenas trocar comprovantes de R$ 500,00 em compras por um cupom para concorrer ao sorteio do prêmio. Até o dia dois de maio, os clientes também recebem cupons em dobro. O sorteio será realizado no dia 12 de maio, às 14h, e o regulamento completo da campanha pode ser acessado pelo site www.moinhosshopping.com.br

  • CORRIDA PARA VENCER O DIABETES

    A Corrida Para Vencer o Diabetes do ICD chega a sua 17ª edição no dia 24 de maio, com o tema Gre-Nal. O objetivo principal da Corrida é captar recursos para o benefício de 3 mil crianças e adolescentes atendidas hoje pelo ICD. A entidade trabalha há mais de 10 anos para prevenir as complicações decorrentes da doença e já apresenta o índice de 91% de redução de internação hospitalar dos pacientes, graças a um programa de educação continuada em diabetes, tratamento adequado com recursos a novas tecnologias e também à Assistência Social oferecida às crianças e adolescentes.

    Neste ano, a temática do evento gira em torno das conquistas diárias de milhares de crianças e jovens que enfrentam o diabetes. Para ilustrar as vitórias dos nossos pequenos heróis, as camisetas da Corrida foram estampadas com a águia – símbolo do ICD – imitando os gestos imortalizados por dois ídolos dos gaúchos: Hugo de León, levantando a Taça Libertadores de 1983, e Fernandão, erguendo o troféu do Mundial de 2006.
    O percurso da Corrida inicia na avenida Goethe. Dali, os participantes seguem até o cruzamento das avenidas Silva Só e Ipiranga, fazem o retorno na rua Felipe de Oliveira e voltam pelo mesmo caminho. A distância total é de quatro quilômetros e durante o evento serão distribuídas frutas e água aos corredores.
    Para participar da prova é necessário comprar a camiseta da 17ª Corrida para Vencer o Diabetes, que custa R$ 15,00. Quem quiser apenas contribuir com o ICD, sem correr, também pode adquiri-la.
    Todos os participantes da corrida ganharão medalhas como agradecimento pela solidariedade, uma vez que é com a venda das camisetas que o ICD arrecada fundos para seis projetos no benefício dos pacientes. Àqueles que efetivamente participarem da corrida irão concorrer ao sorteio de dois tablets ao final da prova, desde que estejam usando a camiseta e a medalha entregue na conclusão do percurso.
    O Instituto da Criança com Diabetes atende a pacientes com idade entre zero e 20 anos, em duas modalidades: o Hospital-dia e o Ambulatório. Além disso, oferece aulas diárias de Educação em Diabetes, uma linha telefônica para esclarecimentos de dúvidas, orientações e casos de emergência para pacientes e familiares, Oficinas de Nutrição, Programa de Incentivo a Prática de Esportes e Projeto Bombas de Infusão, entre outros.
    A 17ª Corrida para Vencer o Diabetes tem o patrocínio de Panvel, Medtronic, Sanofi Diabetes e Roche Accu-chek. Banrisul e Lilly, apoiam o evento. Parceiros, GHC, Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Hospital Moinhos de Vento, Zaffari e 21 Mobile.

    As camisetas estão à venda nas lojas Panvel . Mais informações no telefone do ICD: (51) 3341-2450 ou no site www.icdrs.org.br.
     

FRASE DO DIA

Todo mundo conhece a lei do retorno, mas só os brasileiros conhecem a lei do desvio.