Artigos Anteriores

ALVARÁS, LICENÇAS E DIPLOMAS

ANO XIV - Nº 007/14 -

PAÍS DOS CARTÓRIOS

Como vivemos no país dos cartórios, para abrir um negócio ou fazer qualquer coisa, antes disso é preciso apresentar às autoridades federais, estaduais e municipais uma série de documentos, devidamente carimbados, que levam o nome de licenças, diplomas e/ou alvarás.

NA PRÁTICA

Na prática, como revelam as tragédias diárias do trânsito em todo o país, assim como o recente incêndio da boate Kiss, em Santa Maria, o fornecimento desses documentos atende, exclusivamente, uma ordem legal ou protocolar.

POR A+B

Ora, está provado por A+B que são pouquíssimos os motoristas que reúnem condições para terem obtido licença para dirigir veículos automotores. Da mesma forma, são raros os estabelecimentos que têm olhos voltados para a segurança de seus clientes, de forma adequada. Todos, porém, possuem alvarás e licenças.

DIPLOMA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Como a mídia e os governos estaduais e municipais, depois da tragédia de Santa Maria, passaram a cobrar mais cuidado nas concessões de alvarás, além de verificar a situação daqueles já emitidos, penso que é hora de ampliar esta exigência: presidente da república, governadores e prefeitos deveriam portar diploma (alvará) de administração pública.

NO RS

Inúmeros casos de tragédias evidenciam esta regente necessidade. Vejam, por exemplo, o caso do RS. Tarso Genro, pelo desempenho que vem mostrando à frente do governo gaúcho, está promovendo um enorme tragédia inigualável nas contas públicas. E ninguém, até agora, perguntou se o governador possui o indispensável alvará de administrador.

PRIMEIRA COBRANÇA

O mais curioso nisso tudo é que esta primeira cobrança não é feita em lugar algum. Nem por parte da mídia, sempre muito exigente; nem do CRA (Conselho Regional de Administração) que se compromete a fiscalizar e proteger os profissionais; e muito menos da Assembleia Legislativa e o Tribunal de Contas, que deveriam exigir documentos comprobatórios de capacidade gerencial dos administradores públicos.

PEDIDOS DE BOA SORTE

Mais curioso ainda é que o CRA exige a assinatura de um administrador em qualquer contrato empresarial. Não exige prova de conhecimento, mas tão somente o diploma do indivíduo. Como se vê, os problemas estão na origem e não quando a tragédia acontece. Afinal, quem desconhece a lei das probabilidades não tem outra escolha senão viver de rezas e pedidos de boa sorte. Como se vê, nem a sorte aguenta o RS. Deu as costas e saiu correndo.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • CAUTELA
    O Comitê de Política Monetária voltou a manter a taxa básica de juros da economia brasileira em 7,25%. No entanto, o comunicado que acompanhou a decisão foi substancialmente alterado, sugerindo que a autoridade monetária pode mexer na Selic nas próximas reuniões.
  • A GALOPE
    O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) do mês de fevereiro apresentou variação de 0,17%. Com este resultado, o indicador acumula alta de 6,94%, nos últimos 12 meses.
  • PARAGUAI
    Está claro porque o Paraguai foi -expulso- do Mercosul: o atual governo está ELIMINANDO todos os VALES E BOLSAS ASSISTENCIALISTAS. Coisa que os países bolivarianos não param de conceder para ganhar votos.
  • PRÉ-SAL
    O Congresso Nacional derrubou os vetos da presidente Dilma Rousseff à lei que redistribui os royalties do pré-sal. A sessão durou cerca de quatro horas e a apuração foi concluída às 4h30 da madrugada.

FRASE DO DIA

NÃO É A POLÍTICA QUE FAZ O CANDIDATO VIRAR LADRÃO. É O SEU VOTO QUE FAZ O LADRÃO VIRAR POLÍTICO.

Sabedoria da roça