Artigos Anteriores

A VONTADE E O DESCONHECIMENTO

ANO XIV - Nº 007/14 -

REDUÇÃO IMEDIATA

A cada dez brasileiros com quem tenho conversado sobre economia, todos os dez se dizem totalmente favoráveis à redução das taxas de juros no Brasil. Com um detalhe: a redução precisa ser drástica e imediata.

COMPARAÇÃO

Os fundamentos e as convicções que a maioria usa, ao defender uma redução drástica dos juros, se apóiam, basicamente, na comparação das taxas de juros definidos pelo nosso Banco Central, com as praticadas em outros países.

CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Ora, a SELIC nada mais é do que a taxa básica que os investidores tentam obter para remunerar suas economias depositadas no Sistema Financeiro como um todo. É, portanto, a taxa de juros que o governo baliza para a captação de recursos.

APLICAÇÃO DE RECURSOS

O que a maioria da população brasileira, que toma crédito, gostaria é que na ponta da aplicação dos recursos depositados no Sistema Financeiro também houvesse uma taxa básica definida pelo Banco Central. E que esta fosse a menor possível.

FORMAÇÃO DO PREÇO

Ora, aí é que mora o grande desconhecimento e a revolta sem lógica: quem define a taxa de juros na ponta da aplicação é a garantia oferecida pelo tomador somado aos custos de operação da casa bancária. Nesses custos estão, além da folha de pessoal e investimentos tecnológicos dos bancos, a excessiva carga tributária e o percentual de inadimplência admitida pelo mercado. É por aí que o preço dos juros oferecidos aos bons pagadores é formado.

CADERNETA DE POUPANÇA

Agora, o mais curioso: todos aqueles que defendem a redução dos juros são totalmente contra a redução dos juros pagos pela Caderneta de Poupança. Ora, isto significa que esses revoltados não admitem que a Selic fique abaixo de 8 ou 9%.Sim, porque a remuneração da caderneta de poupança, se a inflação for igual a zero (impossível no Brasil) é de 6,17% ao ano só pelo valor do juro. Mais: é isento de IR. Ou seja, sem conhecimento é difícil arrumar o país. Todo mundo quer ganhar e ninguém quer pagar. Pode?

VOLTA A DISCUSSÃO

Mesmo que já tenha escrito sobre este tema entendo como oportuno. Até porque o governo está retomando a discussão sobre a mudança no rendimento da caderneta de poupança. Como a Selic se aproxima dos 10% ao ano, o governo está propondo a substituição dos juros fixos de 6,17% ao ano por um redutor de 20% da Selic mais a Taxa Referencial (TR), que não será extinta. A isenção do IR, no entanto, permanece. Será que os brasileiros vão entender?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • MINÉRIO DE FERRO
    O preço do minério de ferro no mercado spot chinês continua a desabar. Ontem, a tonelada do produto fechou negociada a US$ 138, o que representou uma queda de US$ 5,50/ton em relação a cotação de sexta-feira.Segundo informações do setor, na Austrália já se negocia a matéria-prima a US$ 128 no mercado futuro de três meses. A expectativa é de que o preço do minério neste mercado estabilize a um patamar de US$ 125.
  • CONVENÇÃO SUPERMERCADISTA
    De 26 a 27 de outubro acontece, em Tramandaí, RS, a 43ª edição da Convenção Regional de Supermercados, evento promovido desde 1997 pela AGAS. O evento terá entrada gratuita a supermercadistas e profissionais de setores como lojas de R$ 1,99, farmácias, padarias, açougues, restaurantes, bares, lojas de conveniência, de bazar e de artigos para festas. Serão 88 estandes de produtos, equipamentos e serviços para o comércio em geral, neste que é consagrado como o maior evento do setor supermercadista gaúcho realizado no Interior do Estado, explica o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo.
  • SEMINÁRIO
    Sob o tema: Nova Competitividade dos Territórios, acontece o XXI Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas. Realizado pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) em parceria com o Sebrae/RS, o evento ocorre até dia 28 de outubro no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre.
  • BOURBON
    O Bourbon Shopping Ipiranga foi escolhido para a inauguração da primeira loja Blue Steel no Rio Grande do Sul. A operação faz parte de um novo modelo de negócios desenvolvido pela Renner para a marca, que passa a contar com lojas exclusivas. Inaugurada na quinta-feira (20), a Blue Steel é voltada para o público jovem e oferece um mix de produtos de vestuário com destaque para peças em jeans.

FRASE DO DIA

REALIDADE É O PESADELO DO MUNDO DOS SONHOS.

Esaú Wendler