Artigos Anteriores

A TURMA É SÉRIA?

ANO XIV - Nº 007/14 -

DUAS CARAS

Em certos momentos o presidente Lula dá claras demonstrações de que não é minimamente autêntico. E, em muitos momentos Lula mantém as suas reais características e mostra quem sempre foi. Ontem, por exemplo, além de se apresentar como o Lula verdadeiro, autêntico, ainda caprichou na imbecilidade.

LULA AUTÊNTICO

Foi quando afirmou ao primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, que a direita faz as crises e depois obriga a esquerda a fazer cortes nos salários que eles não fizeram. Taí, gente. Este sim é o Lula que todos conhecemos. O Cara, não é mesmo? Em bom português, Lula está convencido de que a Grécia é vitima e não protagonista do seu próprio caos.

CONSULTA

Depois desse papo ridículo, George Papandreou, o ingênuo, demonstrou interesse em conhecer as medidas adotadas pelo governo brasileiro, entre 2008 e 2009, durante a crise econômica global. Ora, se o grego fosse minimamente capaz e inteligente, esta consulta deveria ser feita ao ex-presidente Fernando Henrique. Alguém discorda?

ACORDO SÉRIO?

Mudando para o assunto Brasil-Irã, antes de fazer qualquer comentário pergunto: alguém que tenha um mínimo discernimento acredita, realmente, que o acordo firmado pelo Irã, Turquia e Brasil é algo realmente confiável? Sinceramente, gente, alguém acredita que os líderes são sérios assim como o acordo?

MANOBRA

Ora, mesmo àqueles que não aceitam as manifestações contrárias que vem sendo emitidas por líderes de vários países sabem que a reunião Brasil-Irã foi uma manobra diversionista. De forma clara e muito descarada, o Irã usou o acordo para tentar se esquivar da pressão contrária ao seu programa nuclear.

SIMPATIA

Como o governo brasileiro já mostrou o quanto simpatiza com a ditadura do Irã, da mesma forma como sempre manifestou enorme predileção pelos ditadores latinos (Cuba, Venezuela, Equador, Bolívia, etc), o ministro Celso Amorim só fez o dever de casa. Um dever, aliás, repleto de prazer por se mostrar ao mundo como adorador de facínoras.

CARÍCIAS

Chamo a atenção que estas atitudes lamentáveis e perigosas, que infelizmente não são levadas em consideração no dia a dia das empresas, da economia e dos negócios, estão sendo, todas elas, colocadas no cálculo da formação do Risco-Brasil. Até porque um dos ingredientes que é levado muito em conta na formação do risco de qualquer país é a democracia. E, do jeito que o governo brasileiro acaricia ditadores, mais claro fica qual o regime que mais lhe agrada.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • Senac-RS
    As Faculdades Senac de Porto Alegre estão com inscrições abertas para o Vestibular de Inverno 2010. A prova única de redação ocorre no dia 4 de julho (domingo), das 14h às 17h. Serão 710 vagas para oito opções de cursos superiores.
  • CONVÊNIO
    Os presidentes do Conselho Superior do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade, Jorge Gerdau Johannpeter e do Conselho Diretor, Ricardo Felizzola, e a governadora do Estado do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, realizaram, ontem a assinatura de Convênio para dar continuidade ao Projeto de Modernização da Gestão Pública. Na ocasião Jorge Gerdau Johannpeter, foi homenageado pela governadora Yeda Crusius com a entrega da Medalha Mauá.
  • RECURSOS
    O Banrisul e o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung) assinaram convênio operacional que disponibiliza recursos de R$ 100 milhões para capital de giro, investimentos e reestruturação financeira das instituições de ensino superior associadas à entidade. A Comung é integrada por 12 universidades: Unisc, Feevale,Univates, PUCRS, Unisinos, UCPel, Urcamp, UCS, Unicruz, Unijuí, URI e UPF.
  • FICHA SUJA
    Ontem, o TSE aplicou mais uma multa de R$ 5.000,00 ao presidente Lula por propaganda eleitoral antecipada. Ora, no meu entender só recebe multa quem comete infração. E quem comete infrações repetidas (é a terceira multa pelo motivo) aí não é mais descuido, gente. É coisa de quem não aceita o cumprimento das regras. Quem faz isto tem Ficha Suja.

FRASE DO DIA

A diferença entre o possível e o impossível está na vontade humana.

Desconhecido