Artigos Anteriores

A REVOLUÇÃO FARROUPILHA

ANO XIV - Nº 007/14 -

VIVENDO DO PASSADO

Amanhã, 20 de setembro, o RS festeja a sua grande data: a Revolução Farroupilha. O conflito, que teve início em 1835 e se prolongou até 1845, além de sangrento rendeu muitas notícias. E foi considerado pelos demais brasileiros como um ato de bravura.

ESFARRAPADOS

Os revolucionários sul-riograndenses, vinculados ao Partido Liberal, passaram a ser chamados, pejorativamente, de Farrapos ou Farroupilhas, uma alusão à gente esfarrapada. O termo, oriundo do parlamento, com o tempo acabou sendo também adotado pelos próprios revolucionários, da mesma forma como ocorreu com os sans cullote à época da Revolução Francesa.

FESTA DA DERROTA

Os festejos do 20 de setembro, data Farroupilha, são de tal importância para os gaúchos que sequer levam em consideração que, para os revolucionários a Guerra dos Farrapos foi uma batalha perdida. O Tratado de Ponche Verde, que deu por encerrado oficialmente o conflito, foi uma grande armadilha. Jamais foi cumprido ou respeitado. Mesmo assim os gaúchos festejam. Festejam, enfim, uma derrota.

CORAGEM SEPULTADA

Sem entrar no mérito da questão que levou os gaúchos à Guerra dos Farrapos, o que chamou muito a atenção, à época, foi o lado corajoso, o destemido espírito valente e guerreiro do gaúcho. Lamentavelmente, este espírito guerreiro desapareceu em 1845. Foi sepultado com o fim da Guerra dos Farrapos.

SEM REAÇÃO

Como gaúcho que sou, e pelas perseguições que ainda sofro por dizer o que penso, posso falar abertamente sobre o assunto sem qualquer receio. E argumentos não me faltam. Basta observar o que está acontecendo atualmente no nosso país e, particularmente, no falido Estado do RS: o gaúcho está muito amedrontado, acovardado e conformado. Já não reage mais a coisa alguma. Os espíritos dos antepassados guerreiros devem estar tristes de ver no que resultaram as suas bravas atitudes de outrora.

HINO RIOGRANDENSE

Os gaúchos de hoje, salvo algumas exceções, decididamente perderam a coragem e a iniciativa. Vivem da saudade e do orgulho de seus antepassados cantando o Hino Riograndense, embora o que consta na letra nada tenha a ver com a atual realidade do Estado e do país.

LAMENTO

As façanhas dos gaúchos guerreiros do século 19, que deveriam servir de modelo a toda a Terra, cantada em voz sempre mais alta em todas as ocasiões festivas, já não existem. Ninguém mais pega nas armas, ninguém mais grita com força contra a corrupção e safadezas. Enfim, o povo do RS se apresenta hoje totalmente dominado pelas corporações, que simplesmente tomaram conta do Estado. Só restaram as lembranças e a covardia. Lembranças de um momento corajoso distante e que não mais se repete. Para a nossa tristeza e de todos os brasileiros que imaginavam que os gauchos ainda poderiam salvar o país. Lamentamos todos.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • NOVA DIRETORIA
    A Junta Comercial do RS é a pior do Brasil no quesito abertura de empresas. O resultado foi apresentado pelo Departamento Nacional de Registro Civil (DNRC), órgão do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. A pesquisa, realizada entre janeiro e abril deste ano, aponta diversos quesitos de operacionalidade das juntas comerciais, baseada em parâmetros fixados pelo Banco Mundial.Para mudar essa situação e tornar a Junta Comercial do RS -benchmarking- para o Brasil, o Governo do Estado empossou a nova diretoria com o compromisso de modernização do órgão e melhora do seu desempenho, através da implantação de um Contrato de Gestão. Tomara.
  • CURSO
    A Associação de Jovens Empresários de Porto Alegre (AJE-POA) promove entre os dias 24 e 26 de setembro, das 19h às 23 horas, na PUCRS, o curso ?Organização Administrativa e Financeira?. Este módulo do 2º. Programa de Desenvolvimento de Empreendedores da AJE-POA irá transmitir conhecimentos sobre fluxo de caixa, faturamento, custos fixos e variáveis, investimentos, depreciação, entre outros. Mais informações pelo telefone 51 3322-7030 ou pelo e-mail pde@ajepoa.com.br ou ainda no site www.ajepoa.com.br.
  • COMUNICADO OFICIAL
    Apesar de não ter ocorrido a necessária intimação para o cumprimento do julgado envolvendo a praça de pedágio de Viamão,RS, cujo conteúdo, extensão e condições ainda são desconhecidos, a Metrovias S/A Concessionária de Rodovias, que tradicionalmente observa o rigoroso cumprimento das decisões judiciais, visando proteger a integridade física dos seus trabalhadores e as instalações da praça de pedágio, bem como evitar tumultos no local, decidiu abrir as cancelas para os veículos emplacados em Viamão, cujos proprietários residam no município.Ressalta que os Usuários que já estavam cadastrados para a isenção de 50% terão imediatamente o benefício de 100%, ao passo que os que não se cadastraram ficam orientados a fazê-lo, comparecendo à praça de pedágio munidos do comprovante de residência em Viamão, certificado de propriedade do veículo e documentação pessoal. Por fim, esclarece que as presentes condições poderão ser revistas quando ocorrer a publicação integral da decisão do Tribunal de Justiça.
  • ESTUDE DO EXTERIOR
    A EXPO EstudeNoExterior, maior feira latino-americana, de educação e trabalho no exterior, traz à capital hoje, 19, diretores de 22 das melhores instituições de ensino do mundo para apresentar oportunidades de intercâmbio em cursos de idiomas, estágios, High School, graduação, pós-graduação, MBA?s e trabalho remunerado. A feira acontece nos Salões do Hotel Sheraton, das 16 às 21h, somente hoje. Inscrições podem ser feitas no local.

FRASE DO DIA

O único homem que não erra é aquele que nunca faz nada.

Roosevelt