Artigos Anteriores

A MANIFESTAÇÃO DOS LEITORES

ANO XIV - Nº 007/14 -

AS OPINIÕES SE DIVIDEM

Quando faço críticas aos governos e a falta de enfrentamento dos reais problemas pelas administrações públicas, geralmente recebo manifestações dos leitores e assinantes. E as opiniões se mostram quase sempre divididas, revelando claramente a posição do manifestante. É bastante natural que aqueles que concordam com as minhas opiniões, aplaudam a crítica exposta. Também é natural que aqueles que vivem das vantagens obtidas, e que estão sendo alvos das críticas, vaiem o texto. É assim mesmo, por isso as opiniões se dividem.

OS LEITORES APOIAM AS CRÍTICAS

Porém, com relação às críticas que venho fazendo, nos últimos tempos, ao governo do RS, todas, repito, todas as manifestações dos leitores do PONTOCRITICO.COM têm sido exclusivamente de apoio as mesmas e estão sendo muito aplaudidas. A única exceção, para não fugir à regra, é o governo. Como se vê, além de cometer os equívocos brutais e monstruosos, o governo gaúcho ainda encontra tempo de criticar as minhas opiniões. Isto prova algo importante: o que venho escrevendo e fundamentando está criando transtornos e constrangimentos ao governo pela enorme penetração na opinião pública. Pudera, são mais de 42 mil leitores totalmente desesperados com o que estão presenciando e não conseguindo acreditar no que estão vendo. Um horror, gente.

GOVERNO DOENTE

A prova de que o governo está doente, perdido e incapaz de pensar o Estado é a extensa carta que recebi do Chefe da Casa Civil, Alberto Oliveira, que disponibilizarei amanhã, junto com a resposta, aos leitores, com a devida concordância do próprio Secretário. Junte-se ao referido texto, a entrevista concedida pelo Secretário da Sedai, Luiz Roberto Ponte a ZH de ontem, 16. Aí se percebe o grau de enfermidade do RS e dos nossos governantes. A impressão que restou ao ler e reler as respostas dadas por Ponte é que temos um pretenso Messias no governo. Só as suas convicções parecem suficientes para que entendamos que ele e seus parceiros estão fazendo e propondo tudo certo. Enfim, uma obra prima o pensamento do Secretário da Sedai.

É POSSÍVEL DEMITIR

A mente da sociedade gaúcha e brasileira precisa ser oxigenada e refrescada para que não se deixe levar por algumas besteiras que estamos ouvindo e lendo pelo lado dos governantes. Esta, por exemplo, de ficar repetindo todos os dias, que é impossível demitir funcionários públicos estáveis, para diminuir a folha de salários, é lorota. Caso contrário, a Lei de Responsabilidade Fiscal é uma fraude. Vejam, o que consta na LRF é que não pode ser gasto com folha de salários mais do que 60% das Receitas Líquidas. Quando há o estouro, a ordem é demitir. Existem regras para tanto, mas a possibilidade existe. Falta coragem e observância para enfrentar o problema. Porque não é feito?

O MEDO DE SE EXPOR

Antes mesmo de começar o trabalho da consultoria do INDG ? Inst. Nacional de Des. Gerencial, quando o PGQP deve aceitar, certamente, a proposta feita por Vicente Falconi, já se ouve algumas manifestações contrárias. Aliás isto é que reforça ainda mais a necessidade de fazer o trabalho. Os temerosos têm muitos motivos para evitar a entrada dos técnicos do INDG, pois muita gente vai ser exposta à opinião pública como totalmente desnecessária, incompetente e cara. E o caminho para estes deve ser o olho da rua. Aí a grande razão para o medo. Afinal, cada um precisa saber se é ou não competente. E alguns estudos identificam o tamanho do despreparo e da necessidade de ter gente assim.

ESPERTEZA POLÍTICA

Outra entrevista publicada em ZH de ontem, e não menos esclarecedora, foi a do ministro Tarso Genro. Perguntado sobre a crise financeira do RS, enrolou, enrolou e não disse coisa alguma que pudesse ser útil. Bem dentro do perfil petista gaúcho, onde tudo se mascara e nada é esclarecido. Sobrou, obviamente, o seu oportunismo onde muita gente apaixonada, mesmo não entendendo coisa alguma adorou o que leu.

AVIÃO PRESIDENCIAL

O avião presidencial chegou. E não será devolvido, podem ter certeza. Portanto, as críticas dos descontentes vão virar meros desabafos de inconformados. Nada mais. Cabe, agora, cobrar a contra-partida da Airbus, que segundo o contrato de fornecimento da aeronave, é fazer investimentos no Brasil, cujo valor deve ser o dobro da nota de compra. Vamos gastar energia fazendo a cobrança do acordo, gente. Sem deixar de desejar boas viagens ao presidente e sua equipe de privilegiados no novo avião.

A ENTREVISTA PROMETIDA

O prefeito José Fogaça, através de sua assessoria de comunicação, entrou em contato com o PONTOCRITICO.COM, tão logo divulguei uma possível discriminação ao colunista. E imediatamente marcou para esta semana a entrevista que até agora não saiu. Vamos aguardar para conferir se desta vez ela acontece.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

Quando os que mandam perdem a vergonha, os que obedecem perdem o respeito.

Cardeal De Detz