Artigos Anteriores

A IMPORTÂNCIA DO MERCADO IMOBILIÁRIO NO EUA

ANO XIV - Nº 007/14 -

CONSTRUÇÃO CIVIL

Um dos índices sempre bastante aguardado, mensalmente, aqui nos EUA, é o que mede o desempenho do mercado imobiliário, da construção civil residencial. A razão: quanto maior o aquecimento do mercado imobiliário, mais este calor se espalha pela cadeia toda. Ou seja, com todos os produtos e serviços que estarão dentro e fora dos imóveis.

SEM RESTRIÇÃO

Bem diferente do que acontece no Brasil, aqui, ao adquirir um imóvel, o americano dispõe de um prazo para pagamento de 30 anos. E o valor do financiamento não é restrito só ao imóvel em si, mas a tudo aquilo que vai fazer parte da casa ou apartamento. Tudo, tapetes, móveis, cozinhas, banheiros, iluminação, etc. O cliente, se desejar, simplesmente compra o imóvel, com certeza, pronto para morar mesmo. A única coisa que vai precisar levar é a própria roupa. E paga todo o conteúdo no mesmo prazo de 30 anos.

TODOS NA MESMA DIREÇÃO

Desta forma, como se vê, os mais diversos setores econômicos estarão sendo mais estimulados quanto maior for o índice de confiança e desempenho da construção civil. O setor financeiro, por sua vez, também participa interessadamente no processo. Principalmente pela certeza de que as leis e o judiciário americano respeitam os contratos. Por serem absolutamente claros e eficientes nesta questão, não oferecem qualquer risco para cada participante da cadeia produtiva.

DESOCUPAÇÃO IMEDIATA

Portanto, tudo é simples e estimulante. Quem não paga o empréstimo é imediatamente levado a desocupar o imóvel. Não há aquela interpretação equivocada e ridícula do ? social ? que nós inventamos aí. Social, para os americanos, é não prejudicar a sociedade. É ser correto com todos. É dar a oportunidade algum outro que, além de precisar daquele imóvel, queira pagar o contrato.

O VERDADEIRO SOCIAL

Corretamente, nada justifica ficar dando oportunidade para inadimplentes. Estes só interrompem a cadeia, o processo. Desde os fornecedores dos mais diversos produtos e serviços ao financiador, que tem nos fundos de pensão a maior fonte dos recursos. Tudo aquilo que é e que representa o legitimo social, diga-se de passagem.

BOOM IMOBILIÁRIO

Uma pesquisa feita pelo Census Bereau aponta que o número de casas construídas para vender cresceu extraordinariamente neste ano. É o maior índice desde 1973, o que prova estar existindo um boom imobiliário nos EUA. Os construtores estão muito otimistas, muito embora nestes momentos a cautela já começa a ser discutida.

Titulo

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • FESTIVAL DE INVERNO
    Entre os dias 1 de julho e 20 de setembro,ocorre o Festival de Inverno de Gramado, que torna-se a capital do inverno e da cultura, com a realização de eventos consagrados como Festival de Cinema e a Feira do Livro, além de novidades como o projeto Gramado Canta e Encanta. Ao todo serão mais de 50 shows musicais.
  • CaixaRS
    A empresa Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda,assina, hoje dia 22, contrato de financiamento com a CaixaRS Fomento Econômico e Social. O repasse, feito através do Fundopem/RS, será aplicado na construção de uma unidade gaúcha para a produção de antibióticos. A assinatura será na sede do Sedai, com as presenças do secretário Luis Roberto Ponte e do presidente da CaixaRS, Dagoberto Lima Godoy.
  • L´EMIGRAZIONE ITALIANA
    Será aberta hoje, 22, a partir das 18hs no Memorial do Rio Grande do Sul, Rua Sete de Setembro, 1020 , a mostra L´emigrazione Italiana, com pinturas de artistas italianos, em comemoração aos 130 anos da imigração italiana no RS. Informações: 3224-7210 ou www.memorial.rs.gov.br

FRASE DO DIA

A perda de tempo é o primeiro e maior pecado do homem.

Max Weber