Artigos Anteriores

A ESPERANÇA É UMA QUESTÃO DE ÓTICA

ANO XIV - Nº 007/14 -

CONFISSÃO

Antes de tudo faço uma confissão: o meu grau de confiança e esperança no Brasil neste início de 2014 registra, infelizmente, um déficit considerável se comparado com o sentimento que carregava quando o ano de 2013 dava a sua largada. Levando em conta que ao entrar em 2013 as minhas expectativas já não eram tão positivas, imaginem como estou me sentindo neste momento.

ACORDO FECHADO

O fato é que com o passar do tempo o que mais acontece é o governo decidir tudo de forma absolutamente incompatível com o propósito do crescimento e do desenvolvimento. O que, por óbvio, só pode me levar a crer que o governo Dilma, por ser do PT, precisa cumprir com o programa neo-comunista decidido pelo partido desde a fundação do Foro de São Paulo, bem antes, portanto, de chegar à presidência. Só pode...

LABORATÓRIO

Quem vive no RS, como é o meu caso, e se considera mais ou menos informado, como também acredito ser, sabe perfeitamente que é no Estado gaúcho que vive a ala mais radical do PT, responsável pelas grandes Experiências Neo-comunistas do partido desde a sua criação. Isto ficou provado durante o governo Olívio, quando a Ford foi mandada para a Bahia, lembram?

COMPROMISSO COM A IDEOLOGIA

Como a presidente Dilma passou a maior parte da sua vida no RS, não pode ser visto com surpresa a paixão que ela nutre e sempre nutriu pelo socialismo. Afinal, gente, para quem tem cabeça socialista e viveu praticamente dentro do Estado-sede do Laboratório experimental das práticas do comunismo, precisa ser minimamente compromissada com a ideologia.

COMUNICADO DA MOODY\'S

Ora, diante desta clara e inquestionável realidade, com toda sinceridade pergunto: - Para quem é voltado para assuntos econômicos e tem cabeça liberal, como é o meu caso, pode depositar alguma confiança no Brasil? Impossível, não? Ainda mais depois de ler o comunicado emitido pela Moody\'s - Agencia de Classificação de Risco, que diz o seguinte:- O Brasil está diante de desafios políticos relacionados às dificuldades na aprovação de reformas necessárias para remover obstáculos estruturais, que limitam as perspectivas econômicas de médio prazo.

INVESTMENT GRADE

Como sei, infelizmente, que o governo Dilma não quer, não aceita, não admite e não pretende fazer qualquer uma das reformas estruturais, que na ótica capitalista serviriam para colocar o país no eixo do crescimento e desenvolvimento, é praticamente certo que o importante e necessário Investment Grade, conquistado a duras penas, será perdido.

IRRELEVANTE

Já olhando pela ótica social-comunista, à qual Dilma e o PT perseguem com rigor, o Investment Grade não é relevante e/ou necessário. Por ser algo conferido à países que não seguem a linha ideológica do atraso, nada melhor de que se ver livre da graduação. Depois, como acontece com o governo de Cuba com relação ao embargo dos EUA, a responsabilidade pelo nosso afundamento econômico terá um responsável: a Moody\'s, que nos tirou o Invesment Grade.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • SOBRE O LIVRO DO ROMEU TUMA JR
    Eis o que diz o pensador Percival Puggina sobre o livro de Romeu Tuma Jr (Assassinato de Reputações): - Os que tentam desmerecer o livro, certamente não passaram das primeiras páginas de uma obra tão cansativa e enfadonha quanto importantes são os fatos que denuncia. A obra é muito enfadonha. E são muito importantes suas denúncias. Saber se Lula, o -Barba-, era ou não informante do DOPS é irrelevante. Certamente não será essa acusação que vai deixar constrangido o gabola mais despudorado que a política nacional já produziu. Com a política que temos no Brasil destes vergonhosos anos, seu maior líder não poderia ser outro. Ele não seria o maior líder de um país como o nosso se não fosse assim.
  • DO QUE SE TRATA
    O livro é explosivo porque traz a seguinte denúncia a quem o souber ler: vivemos sob a égide de um Estado policial, constituído mediante o aparelhamento político, ou mesmo partidário, das instituições do Estado. Vivemos sob a égide de um Estado que viola garantias constitucionais dos cidadãos. Vivemos sob a égide de um Estado que, em vez de apurar crimes, investiga alvos escolhidos por motivos políticos. É disso que o livro trata.
  • ALINHADO
    A Argentina (cujo governo também está alinhado com o Foro de São Paulo) iniciou ontem o terceiro congelamento de preços, com aumentos acima de 200% em muitos itens. A medida, adotada pela terceira vez desde o ano passado, busca interromper a trajetória de alta dos preços dos produtos de consumo em massa e conter as expectativas inflacionárias do país. De janeiro a novembro, a inflação acumulada na Argentina chegou a 26,9%, conforme o chamado índice do Congresso, elaborado sobre a base de levantamentos realizados por sete consultorias privadas. Somando dezembro, a inflação de 2013 pode ficar próxima de 30%.A Argentina e a Venezuela (por enquanto) são atualmente os países da América do Sul com a maior taxa de inflação, se distanciando cada vez mais dos vizinhos, que mantém índices de um dígito.
  • PGQP
    Estão abertas as inscrições para o Prêmio Qualidade RS 2014, promovido pelo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP). As organizações interessadas em concorrer na 19ª edição da premiação podem efetuar sua inscrição no site www.portalqualidade.com/pgqp. Pela primeira vez, o Relatório de Gestão será entregue online (em PDF), gerando redução de custo e tempo para as candidatas. O prazo para inscrição termina no dia 14 de fevereiro.

FRASE DO DIA

Viva cada dia como se fosse o último. Um dia você acerta

Barão de Itararé